Fechar

Impulsionamento: o que é, vantagens e como fazer tráfego pago

O impulsionamento de publicações é uma ótima maneira de conseguir mais engajamento e alcance. E neste post, você descobre como fazer!

Impulsionamento - ilustração de um foguete decolando no centro da imagem com um símbolo de lâmpada no meio e duas setas apontando para cima de ambos os lados

No marketing digital, é comum ouvirmos falar de impulsionamento. A verdade é que em um cenário competitivo, é preciso utilizar essa estratégia. Inclusive, essa é uma das formas que um negócio tem de marcar presença nas plataformas mais utilizadas pelos usuários.

Nessas plataformas, é possível impulsionar as publicações de maneira segmentada para atrair o público certo. Desse jeito, cria-se brand awareness e ao mesmo tempo é possível captar leads.

No artigo a seguir vamos abordar o conceito de impulsionamento, as vantagens e como fazê-lo com cautela, pois qualquer erro pode ser ruim para a saúde do seu negócio.

Se esse é um assunto que te interessa, leia até o final para ficar por dentro dessa estratégia do marketing digital.

O que é impulsionamento e para que ele serve?

Vamos começar pelo básico: o conceito de impulsionamento. Bom, nada mais é que o aumento do alcance original de uma publicação sua. Sendo assim, ao invés da sua publicação ser mostrada somente para quem te segue, essa estratégia permite que o post seja exibido para mais interessados.

Ou seja, essa é uma forma de potencializar a visualização do que já foi postado. Mesmo com uma boa estratégia e execução de atração de leads por meio do tráfego orgânico, muitas mídias ainda são limitantes, fazendo com que o engajamento seja menor.

O impulsionamento é bem prático para quem deseja compartilhamentos, comentários e reações de um grupo segmentado. Agora, se o objetivo é realizar conversões — ou seja, fazer com que mais pessoas comprem o seu produto — o mais interessante seria planejar uma campanha com anúncios patrocinados.

262

Qual a diferença entre impulsionar um post e criar anúncios?

Os dois são bem diferentes: na campanha, o departamento de marketing define um objetivo para que o post seja um anúncio; já o impulsionamento serve para conseguir alcance de um post que já existe, para que a marca seja vista por mais pessoas.

Portanto, a principal diferença é o objetivo final, pois enquanto um foca em engajamento e alcance, o outro quer conversões. Mesmo assim, ambos devem ser estudados e planejados de forma cuidadosa.

Para quem começou agora, por exemplo, o mais indicado seria impulsionar publicações já existentes, ao invés de fazer anúncios. Até porque um negócio novo precisa muito de brand awareness para que as pessoas passem a conhecer a marca.

Sendo assim, construa uma reputação logo no começo com o impulsionamento e depois planeje anunciar no Instagram e criar uma campanha de anúncios eficiente no Facebook Ads, que tal?

Quais as vantagens do impulsionamento?

Agora que você já sabe o que é o impulsionamento e a diferença entre essa estratégia e a criação de anúncios, chegou a hora de entender alguns benefícios. Entenda porque esse recurso deve ser utilizado para fortalecer a sua marca nas mídias sociais.

Impactar mais usuários

Uma das vantagens é a possibilidade de impactar usuários, como já mencionamos anteriormente. Falamos também que o alcance orgânico de um post é limitado pela rede social e por isso poderia ser potencializado.

Dessa forma, até mesmo quem não segue a sua página pode passar a conhecer o seu negócio e aprender um pouco mais sobre a sua marca.

Segmentar o público

Com esse recurso, é possível segmentar o seu público e trabalhar em ações específicas para atrair sua atenção. É como se o post acertasse o alvo em cheio, ao invés de mostrar o seu conteúdo para pessoas que não possuem o menor interesse no seu produto ou serviço.

Mas por que segmentar o público se torna tão importante? Entenda: só no Brasil, o Facebook e o Instagram tem milhões de usuários. Com tanta gente assim, o objetivo passa ser atingir exatamente o grupo certo de pessoas para conhecer e consumir a sua marca.

As chances são bem pequenas e, por isso, é fundamental segmentar o público. Só assim, você consegue fazer com que os seus posts cheguem para o seu usuário ideal, aquele que precisa do que você tem a oferecer.

Aumentar o engajamento

Talvez um dos maiores desafios no meio digital hoje é manter o público engajado nas páginas de uma marca. Porém, com o impulsionamento, as chances de engajamento e interação aumentam. Até porque, esse é um dos principais objetivos da estratégia.

Gerar leads

Impulsionar posts para o grupo certo de pessoas pode gerar oportunidades de negócio, não acha? Para que isso aconteça é preciso planejar bem, impulsionar os posts certos e segmentar corretamente.

Mesmo que nem todas as pessoas sejam impactadas pela sua publicação, é possível que muitas ainda vão se interessar. Quando as pessoas passam a conhecer a sua marca, elas têm chances reais de virarem leads e começarem a transitar no funil de vendas até a decisão de compra.

Mas lembre-se: o foco aqui não é converter uma venda, mas sim gerar leads e nutri-los com mais conteúdos educativos sobre alguma dor do usuário, assim como o seu negócio e o seu produto.

Fortalecer a presença da marca

Um dos objetivos do recurso é bem atraente para qualquer marca: fortalecer a presença digital. Isso porque para vender em um ambiente tão competitivo quanto o de hoje, é preciso ser visto, correto?

Até porque o mundo está cada vez mais conectado, e todos os seus concorrentes estão procurando um meio de se destacarem nas redes sociais, que é onde o usuário passa a maior parte do tempo, de acordo com as estatísticas de 2021 do WeAreSocial, mostrando que passamos, em média, 10 horas por dia online.

Por isso, o impulsionamento está aí para ajudar você a construir relevância, credibilidade e relacionamento com os usuários, se tornar referência e destacar-se da concorrência. 

Como impulsionar um post?

Se você chegou até aqui é porque pensa em aplicar essa estratégia no seu negócio, acertamos? De qualquer forma, chegou a hora de colocar em prática e entender como funciona o impulsionamento de uma publicação nas redes sociais.

O primeiro passo é definir qual é a publicação mais relevante para o seu objetivo, já que você pode potencializar um post por vez. Portanto, pense qual conteúdo pode impactar o seu público-alvo.

Depois disso, no Facebook, vá até o canto inferior direito e encontre a opção para impulsionar o seu post. No Instagram, o processo é parecido: basta acessar a sua página e localizar o post que deseja impulsionar e clicar em promover.

Em seguida, defina o objetivo que você deseja alcançar para a sua página. Dessa forma, fica mais simples definir os usuários que vão visualizar o seu post. As opções são:

  • Pessoas selecionadas através de direcionamento: especificação dos tipos de pessoas que vão visualizar o post por localização, idade, gênero e interesses.
  • Pessoas que curtiram a sua página: dessa forma, o post fica disponível para quem já curtiu a sua página.
  • Amigos das pessoas que curtiram a sua página: tanto quem curte, quanto os amigos dessas pessoas serão impactados com os seus posts.
  • Pessoas na sua área: essa especificação tem base na localização do negócio podendo definir a distância, em quilômetro, em que o post será divulgado.
  • Públicos personalizados: é uma opção de direcionamento de anúncios para encontrar públicos que já demonstram interesse pelo seu negócio.

Agora é hora de estabelecer o gasto e o tempo para divulgar o post. Saiba que impulsionar publicações exige investimento e por isso você deve se planejar bem.

Há algumas variáveis para que o cálculo seja feito, como informações baseadas no público escolhido, orçamento total e tempo que a campanha estará ativa. O próprio Facebook oferece um simulador para você ter ideia do tamanho do alcance que você pode gerar com x valor.

Captura de tela de orçamento e duração de campanha de impulsionamento de post no Facebook

Antes de publicar, você terá uma prévia de como a publicação ficará. No Facebook, é possível ver como ficará no Feed de notícias, nas versões desktop e mobile. Para o Instagram as prévias são de stories e feed.

Lembre-se de que é preciso acompanhar o desempenho para saber se os objetivos impostos foram alcançados. Dessa forma, é possível entender o que funcionou melhor, o que impactou e onde você errou.

262

Aumente o alcance do seu negócio com o impulsionamento 

Bom, se você quer aumentar o engajamento, impactar os usuários e gerar leads, então o impulsionamento de posts é o caminho certo. Basta planejar, escolher os posts certos, investir e segmentar corretamente.

Em tempos digitais, é preciso estar sempre atento às estratégias que podem ajudar o seu negócio. Um dos recursos, por exemplo, é o tráfego pago, que diz respeito à criação de campanhas de anúncios. Quer aprender mais sobre o assunto? Leia o nosso post e fique por dentro!