Fechar

Como funciona o LinkedIn Ads?

Confira um passo a passo prático para utilizar essa ferramenta ideal para alcançar um público mais qualificado.

Você provavelmente sabe que o LinkedIn, diferente das outras redes sociais, é voltado para o mercado de trabalho. Ou seja, se você tem um perfil nessa rede, não está lá para fazer novas amizades e socializar informalmente com pessoas que já conhece, mas sim para:

  • Fazer contatos profissionais;
  • Procurar ou oferecer uma vaga de emprego;
  • Compartilhar seus conhecimentos com textos mais técnicos;
  • Interagir com outros profissionais e empresas que você admira.

Mas você sabia que, além de toda a interação profissional, também é possível criar anúncios nessa rede para atrair clientes para seu negócio?

Conheça neste post o LinkedIn Ads e aprenda a utilizar essa ferramenta ideal para alcançar um público mais qualificado.

262

O que é LinkedIn Ads?

Assim como o Facebook e o Google, o LinkedIn também tem uma ferramenta para criar e gerenciar campanhas para um público específico, o LinkedIn Ads.

Esse é um recurso fundamental para quem trabalha com B2B (business to business), ou seja, empresas que vendem seus produtos para outras empresas. Mas não pense que essa estratégia é apenas para esse tipo de negócio.

Por exemplo:

Se você é coach e criou um curso online ou escreveu um ebook sobre treinamento e desenvolvimento de pessoas, nada melhor do que anunciar na maior rede profissional, não é mesmo?

Afinal, é muito mais fácil vender esse produto para quem tem interesse em mudar de carreira do que para quem nunca pensou nesse tipo de qualificação.

Com o LinkedIn Ads você consegue segmentar seu público por:

  • Área de estudo;
  • Diploma obtido;
  • Universidade;
  • Cargo;
  • Setor;
  • Tamanho da empresa;
  • Nível de experiência;
  • Localidade;
  • Idiomas.

Isso significa que é possível criar campanhas para um público muito mais qualificado, já que você consegue detalhar bem as características de sua persona.

Como usar o LinkedIn Ads?

1. Acesse o Gerenciador de Campanhas

O primeiro passo é entrar na plataforma de publicidade da rede social, chamada de Gerenciador de Campanhas, e criar a sua conta.

Você terá que incluir o nome da conta, a moeda que será usada e vincular a campanha a uma Company Page. Esse último passo é opcional, mas para alguns formatos de anúncio ele é obrigatório.

Caso você ainda não tenha, basta clicar em “Criar nova LinkedIn Page” e fazer a sua.

As LinkedIn Pages podem ser criadas para pequenas, médias e grandes empresas, e o processo é gratuito e simples.

Além de possibilitar a veiculação de todos os tipos de anúncios na rede social, ter uma página específica para o seu negócio ajuda a transmitir uma imagem mais profissional.

2. Escolha um objetivo

O que você quer que as pessoas façam logo após visualizarem o seu anúncio? A resposta para essa pergunta será o objetivo da sua campanha.

Os objetivos são divididos em 3 categorias, seguindo as etapas do funil de marketing: conhecimento, consideração e conversão.

Dentro dessas categorias, há as seguintes opções: 

  • conhecimento de marca;
  • visitas ao site;
  • engajamento;
  • visualizações de vídeo;
  • geração de leads;
  • conversões do site;
  • candidatos a emprego.

3. Defina o público-alvo

O próximo passo é criar o público-alvo que você quer alcançar com a sua campanha. 

Nesse momento você poderá segmentar selecionando várias características profissionais, como setor, cargo, localização, empresa ou habilidades específicas.

Você também pode personalizar, segmentando por contatos e contas, e usar também a estratégia de retargeting.

4. Escolha o formato dos anúncios

Após definir todas essas informações importantes, chegou a hora de escolher o formato da sua campanha.

Veja a seguir quais são as opções oferecidas atualmente pela plataforma.

1. Sponsored Content

Muito conhecido como native ads, esse é o tipo de anúncio mais comum por dois motivos principais:

  • Ele é publicado diretamente no feed do LinkedIn;
  • É possível colocar links em suas campanhas.

Se seu objetivo é encantar seus clientes em potencial com conteúdo ou divulgar algum evento da sua empresa, o Sponsored Content é ideal para suas campanhas.

Além de configurar o orçamento que você usará e escolher entre pagar por cliques ou impressões, também é possível impulsionar os anúncios na própria página do seu negócio.

Para fazer esse tipo de anúncio no LinkedIn Ads é necessário ter uma Company Page. Afinal, o Sponsored Content é utilizado para que a mensagem da sua marca chegue para o público que você deseja atrair.

Na página de sua empresa, os anúncios criados no Sponsored Content aparecem assim:

Imagem do linkedin ads

Imagem do linkedin ads

2. Text Ads

Se você quer gerar tráfego para seu site, o Text Ads é o tipo de anúncio que você precisa fazer.

Diferente do Sponsored Content, que aparece no feed do LinkedIn, o Text Ads aparece no canto direito de sua página, com uma imagem e um texto pequeno.

Assim que você seleciona esse anúncio no LinkedIn Ads, será necessário informar:

  • Endereço do site para o qual os usuários serão direcionados quando clicarem em seu anúncio;
  • Um título de até 25 caracteres, um texto com até 75 caracteres e uma imagem para a campanha;
  • A forma de visualização: quadrado, horizontal ou longo.

Imagem do linkedin ads

Uma vantagem do Text Ads é que você só pagará pelos anúncios que funcionarem, seja por clique, seja por impressão.

3. Sponsored InMail

O Sponsored InMail é ideal para enviar mensagens personalizadas para seu público. Isso porque, em vez de veicular seus anúncios no feed, eles são entregues diretamente na caixa de entrada das pessoas e apenas quando elas estão online.

Se você já sabe a importância do e-mail marketing e usa essa estratégia para nutrir sua audiência, com certeza conseguirá utilizar o Sponsored InMail.

É possível fazer testes A/B e, assim, entender quais são as mensagens que mais agradam o seu público.

Na hora de criar seu anúncio, não se esqueça de selecionar o caminho que sua audiência deve percorrer:

  1. Direcionar pessoas ao site ou conteúdo;
  2. Captar leads com os formulários de geração de leads do LinkedIn.

Imagem do linkedin ads

Além desses 3 tipos de anúncios mais usuais, o LinkedIn Ads disponibiliza também:

Vídeo Ads: Anúncios divulgados em formato de vídeos (são criados a partir do Sponsored Content).

Anúncios em Carrossel: Também feitos pelo Sponsored Content, é possível contar uma história com imagens em carrossel.

Mídia Programática: Você segmenta seu público por intenção ou identidade e compra a mídia programática. Assim, seus anúncios são mostrados no Display Ads por um preço fixo.

4. Dynamic Ads

Esse formato de anúncio é ideal para criar conhecimento de marca e atrair mais usuários para a sua Company Page.

Com os Dynamic Ads você consegue personalizar a experiência do seu público, automatizar campanhas individuais usando o preenchimento automático e personalizar também os anúncios, considerando os seus objetivos de marketing.

Caso o seu objetivo seja construir e fortalecer a autoridade de marca, essa é uma excelente maneira de atrair usuários certos, ou seja, os que realmente terão interesse em consumir e engajar com seus conteúdos.

5. Defina o lance e o orçamento da campanha

Esse é o momento de colocar a mão no bolso e definir quanto você vai investir financeiramente na sua campanha.

Defina bem o orçamento inicial para conseguir criar uma campanha que faça sentido para o seu negócio e também para que você possa acompanhar os seus custos. 

O LinkedIn leva alguns fatores em consideração para precificar os anúncios — você verá os detalhes posteriormente neste conteúdo.

6. Configure o conteúdo da campanha

Na hora de configurar o conteúdo da sua campanha, você precisa considerar o tipo de anúncio escolhido.

Algumas práticas servem para todos os formatos e devem ser seguidas para aumentar as chances de atrair o público-alvo. Mas cada um dos tipos tem também as suas particularidades. 

Caso tenha selecionado Sponsored Content, por exemplo, é necessário seguir algumas melhores práticas, como incorporar imagens maiores e fazer um texto descritivo mais conciso.

Nos Text Ads você consegue selecionar tamanhos e proporções diferentes e é recomendado que utilize também alguns recursos visuais e um CTA bem atrativo.

7. Introduza as informações de pagamento

O último passo é inserir as informações necessárias para o pagamento dos seus anúncios.

Nessa etapa, você deverá informar e salvar os dados do seu cartão de crédito ou débito para que seus dados sejam analisados e avaliados antes de, finalmente, a sua campanha ser lançada.

Quanto custa anunciar no LinkedIn?

Para anunciar no LinkedIn Ads, você começa dando um lance na sua campanha. 

Esse lance compete com os que foram feitos por outros anunciantes que têm interesse em atingir o mesmo público-alvo.

O LinkedIn define o custo para vencer esse leilão considerando os lances que foram dados e a relevância do público-alvo selecionado. 

Se o seu público-alvo é um dos mais visados da rede social, é provável que os custos sejam mais elevados.

Caso o seu negócio seja de um nicho bem específico e menos comum, aumentam as chances de os custos serem mais baixos, o que significa que você precisará investir menos na sua campanha.

Os valores também variam de acordo com a sua estratégia de lance, ou seja, o formato selecionado e o objetivo.

A relevância do seu anúncio também é analisada. Esse fator se baseia nas taxas de cliques, reações, comentários e compartilhamentos das suas publicações.

Por que anunciar no LinkedIn?

Depois de entender como funciona cada tipo de anúncio do LinkedIn Ads, você deve estar se perguntando se é mesmo interessante usar essa rede social para criar campanhas.

Separamos as principais vantagens dessa ferramenta:

1. Leads mais qualificados

Você já deve ter reparado que o LinkedIn é muito utilizado por tomadores de decisão das empresas, certo?

Além de ser uma rede social onde você consegue encontrar leads qualificados, você ainda consegue segmentar os seus anúncios por cargo ou até por habilidades, o que aumenta as chances de chegar a quem você realmente precisa.

Se o seu produto ou serviço é ideal para líderes da área de Recursos Humanos, por exemplo, você pode selecionar como público-alvo apenas gestores de RH e, assim, aumentar a eficiência dos anúncios.

2. Acelera a jornada de compra

Qualificar leads é um processo que exige tempo e investimento para educar os usuários e guiá-los corretamente por todas as etapas até que estejam prontos para, enfim, se tornarem seus clientes.

Ao usar o LinkedIn Ads e ter acesso a leads mais qualificados, você pode usar uma abordagem mais direta e, assim, acelerar a jornada de compra.

3. Ajuda a fortalecer a marca no segmento

Como o LinkedIn é uma rede social focada exclusivamente no meio profissional, ela é um excelente meio para você fortalecer o seu negócio no seu segmento de atuação. 

Ao investir em anúncios, você atrai os usuários para a sua página, começa a ser reconhecido pelo que faz e pode se tornar uma referência no setor. 

Isso é bom tanto para atrair clientes quanto para fazer networking, conseguir parcerias e começar a ser mais conhecido no mercado.

4. Menor concorrência

O LinkedIn Ads permite uma segmentação muito detalhada, mas muitas marcas ainda não anunciam na plataforma.

Por isso, em comparação com as outras redes, como Instagram e Facebook, há chances de a sua concorrência ser menor, o que aumenta a possibilidade de alcançar ainda mais pessoas.

Essa é uma ótima vantagem para quem está na dúvida se realmente vale a pena incluir os anúncios no LinkedIn na sua estratégia de marketing. Afinal, quanto menos concorrência, maiores são as suas chances de atrair a atenção do público-alvo!

Mas isso não significa que você pode investir menos no conteúdo. Tenha atenção para fazer anúncios realmente atrativos, conquistar os usuários e sair na frente da concorrência.

5. Acompanhamento de conversões

Se você já anuncia em outras plataformas, sabe como é importante acompanhar e medir a taxa de conversão dos seus anúncios, certo?

A ferramenta de acompanhamento de conversões do LinkedIn permite que você visualize quais ações foram tomadas pelas pessoas que visualizaram os seus anúncios. 

Você também terá acesso a um perfil bem completo sobre as pessoas que estão convertendo. 

Essas informações podem e devem ser usadas para aperfeiçoar a sua segmentação, otimizar os conteúdos das campanhas e garantir resultados ainda melhores.

Quer divulgar seu produto?

Sabemos que nem todas as pessoas usam o LinkedIn e muito menos fazem campanhas nesta rede social.

Porém, como você viu aqui, é possível utilizar o LinkedIn Ads e divulgar seu negócio para um público que pode ser que você nem imaginava atingir.

É verdade que os valores investidos em anúncios no LinkedIn são um pouco mais altos do que aqueles utilizados em campanhas do Facebook e do Google. Mas como o público do LinkedIn é mais preparado, essa pode ser uma boa estratégia para atingir uma audiência qualificada.

É claro que, além do LinkedIn Ads, existem outras maneiras para divulgar seu negócio. Se você quer conhecê-las mais, não deixe de ler nosso post com 11 estratégias de marketing para atrair mais clientes.


Este post foi originalmente escrito em outubro de 2018 e atualizado para conter informações mais completas e precisas.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.