Fechar

Marketing 4.0: o que é e como fazer a transição em seu negócio

A evolução do Marketing chegou! Conheça o Marketing 4.0 e descubra como ele pode transformar o seu negócio.

marketing 4.0

É difícil imaginar o mundo sem a internet. O ambiente digital é tão presente na sociedade, que passamos a ter alguns comportamentos que só existem em função desse ambiente. Um deles é a forma que compramos produtos e serviços.

Esses hábitos online e as formas de comprar e vender que foram adquiridas, interferem diretamente nas estratégias de marketing utilizadas pelas empresas. E, consequentemente, essas técnicas publicitárias estão em constante evolução.

Por isso, o artigo a seguir vai mostrar como o marketing sofreu mudanças ao longo do tempo, quais são os impactos dessas transições para as empresas e como você pode começar a implementar o modelo de marketing 4.0 na sua empresa.

O que é Marketing 4.0?

 Ao longo dos anos, o marketing foi se reinventando. Principalmente, porque a tecnologia foi sendo aprimorada e isso fez com que novas maneiras de se pensar marketing surgissem.

O Marketing 4.0 é mais uma das fases desse progresso, muito influenciado pela era digital. O termo representa a junção do marketing tradicional (TV, rádio e impressos) com a grande ascensão do marketing digital (ambiente web).

Esse conceito foi implementado pelo professor estadunidense Philip Kotler, um estudioso na área que percebeu as mudanças que essa transformação digital trouxe para as empresas, de modo geral, e identificou a necessidade de pontuar essa nova fase, o marketing 4.0. 

Quem é Philip Kotler?

Philip Kotler, o “inventor” do Marketing 4.0, nasceu em 27 de maio de 1931 e atua como professor universitário nos EUA. Ele concluiu seu mestrado na Universidade de Chicago e seu Ph.D. no Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT), ambos em Economia. 

Também fez pós-doutorado em Matemática em Harvard e em Ciências Comportamentais na Universidade de Chicago.

Hoje, é considerado o “guru” do marketing digital e compartilhou os seus ensinamentos em diversos livros de marketing, como: 

  • Marketing 4.0 – Do tradicional ao digital;
  • Administração de Marketing;
  • Os 10 pecados mortais do marketing: causas, sintomas e soluções;
  • Princípios de Marketing;
  • Marketing para o Século XXI – Como Criar, Conquistar e Dominar Mercados;
  • Marketing 3.0: As forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano;
  • Marketing Essencial: Conceitos, Estratégias e Casos;
  • Marketing De A A Z – 80 Conceitos Que Todo Profissional Precisa Saber;
  • Minhas aventuras em marketing;
  • Marketing 5.0: Technology for Humanity.

Essas são algumas de suas obras, mas é possível encontrar dezenas de outros livros escritos por esse mestre do marketing, em diferentes épocas.

Como o Marketing evoluiu?

O marketing sofreu várias alterações ao longo dos anos, ou seja, até chegar nesse estágio de marketing 4.0, ele passou pelas fases 1.0, 2.0 e 3.0. Portanto, vamos entender como foi essa evolução.

Marketing 1.0

Neste período, o marketing era bastante voltado para as características do produto. Com isso, as campanhas publicitárias tinham uma abordagem bastante descritiva, para mostrar o máximo das funções e benefícios do que estava sendo divulgado. 

Outra observação é que, neste início, não existia muita concorrência entre as marcas. Por isso, a comunicação era mais massiva, mais genérica e sem muito recorte de público.

Marketing 2.0

Logo depois, na chamada segunda fase do marketing as marcas começaram a perceber a importância da segmentação de mercado. Porque a concorrência começou a ser uma questão importante.

Com mais opções no mercado, o consumidor também passou a ficar mais exigente, por isso, além de mostrar o produto e se preocupar com os seus atributos, as empresas começaram a construir sua identidade para se diferenciar das demais e se destacar entre elas.

Marketing 3.0

No terceiro estágio do marketing, a maneira de se criar uma estratégia de marketing está mais conectada à singularidade de cada pessoa, ou seja, as marcas buscam pela personificação de suas campanhas.

Ao invés de apenas segmentar um grupo de pessoas e determinar um público alvo, o importante aqui é entender um por um. Principalmente porque as pessoas têm suas individualidades e gostam de se identificar pessoalmente com aquilo que consomem.

Portanto, o marketing 3.0 tem como objetivo fazer essa conexão, assumindo valores e propósitos típicos das pessoas.

Marketing 4.0

Finalmente, o marketing 4.0, o conceito mais atual de toda essa trajetória. 

Como citado anteriormente, essa é a fase mais influenciada pelo contexto digital e embora a fase 3 do marketing também esteja contida neste ambiente, nos últimos anos, percebe-se uma crescente muito maior desse cenário.

Muitas estratégias foram aprimoradas e implementadas em função das possibilidades que a internet traz, como: produção de conteúdo nas redes sociais e blog corporativo, integração de diferentes plataformas digitais e não digitais, inúmeros formatos de divulgação etc. 

Todas essas características configuram essa nova fase do marketing, que precisou ser considerada como mais um avanço desse setor.

Qual o impacto do Marketing 4.0 nos negócios digitais?

Inevitavelmente, todo o universo do marketing 4.0 interfere drasticamente no plano publicitário de qualquer empresa. 

Porque, para se adaptar a essa nova realidade, não é necessário ter apenas um site corporativo e algumas redes sociais no ar. Agora, é preciso pensar em uma construção de marca muito alinhada a todos os elementos e possibilidades do ambiente digital.

Os desafios com relação à concorrência também aumentaram, porque a internet abriu portas para diversos negócios que antes não existiam. Com isso, o leque de opções para os consumidores é ainda maior.

Outra consequência desse momento é que o consumidor tornou-se menos passivo. Pois as pessoas também têm mais poder de fala e oportunidade de mostrar a sua opinião, com isso as marcas precisam estar atentas às “respostas” de seus consumidores.

Como aplicar o Marketing 4.0 em seu negócio? 

Agora você já sabe o que é marketing 4.0 e percebeu que nenhum negócio poderá fugir dessa realidade, certo?

Então, é hora de iniciar os seus planos para implementar essa estratégia na sua empresa. Vamos listar, a seguir, quais são as considerações que você não pode deixar de fora nesse processo:

Aposte nas relações horizontais

Para construir uma relação horizontal é importante mostrar-se acessível para isso. Muitas marcas ainda se apresentam de maneira distante do seu cliente, e esse modelo de comunicação tem sido cada vez menos efetivo.

Por isso, vale a pena pensar em uma brand persona, por exemplo, para que o seu negócio converse com o seu público de maneira mais pessoal e mais próxima.

Ouça a opinião dos consumidores

Pensando em uma postura mais horizontal, é de se esperar que a marca ouça mais os feedbacks recebidos pelos seus clientes. 

Essa é uma prática muito valiosa para qualquer estratégia de marketing, pois quando você ouve as dores do seu consumidor, você coleta dados importantíssimos para tornar a sua solução cada vez mais adequada e, assim, aumenta inclusive a probabilidade de fidelizar clientes.

Integre o online com o offline

Ainda que estejamos imersos em um mundo muito digital, isso não significa que as estratégias offline tenham acabado. Na verdade, a ideia desse novo marketing é fazer com que essas duas frentes estejam integradas e caminhem juntas para potencializar os seus resultados.

Aposte em uma estratégia omnichannel

O conceito de omnichannel é, de modo geral, uma estratégia que inclui diversos canais de comunicação, com o objetivo de entregar uma melhor experiência de compra e estreitar o relacionamento com os clientes.

Logo, é importante entender quais são os canais de comunicação mais adequados para sua empresa e criar uma rede de comunicação aproveitando-os ao máximo.

Acompanhe os resultados para aprimorar as estratégias

Uma coisa que não pode faltar neste processo é a análise de resultados. Quando se trata desse tipo de estratégia é fundamental considerar os indicadores de marketing, que vão trazer direcionamentos e insights importantes para prosseguir ou até mesmo mudar os planos.

O importante é acompanhar os resultados, entender a jornada do cliente e agir de acordo com essas percepções.  

Conteúdo é a chave!

Outro elemento fundamental no marketing 4.0 é a criação de conteúdo relevante. E vale ressaltar que o conteúdo precisa fazer sentido para a sua persona

Porque, por mais que você crie um conteúdo muito bom, se ele não entrega valor para o seu público, ele não vai ser eficiente e não vai atrair as pessoas certas.

Sem dúvidas, é fundamental que todo tipo de negócio ingresse no ambiente digital e agregue o marketing 4.0 a sua realidade. Além de ser um ambiente repleto de oportunidades, ele tende a estar cada vez mais inserido na vida das pessoas.

Portanto, é muito importante estar atento à sua produção de conteúdo, uma vez que ela será como um motor para a divulgação online do seu negócio.

Pensando nisso, não deixe de ler nosso artigo completo sobre Marketing de Conteúdo. Com ele, você vai aprender a produzir um material ideal para o seu público e elaborar conteúdos que realmente fazem sentido para o seu negócio.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.