Fechar

MRR: o que é, como calcular e vantagens da receita recorrente

Descubra 5 dicas para aumentar a MRR e ter um bom crescimento do seu negócio com receita recorrente.

Símbolo de cifrão no centro da imagem com duas setas circulares ao redor representando a receita mensal recorrente, ou MRR, na sigla em inglês.

Negócios digitais encontraram nos serviços por assinatura uma oportunidade para oferecer produtos que sejam do interesse do público em troca de pagamentos recorrentes que cabem no bolso dos clientes.

Não é preciso pensar muito para lembrar de serviços e produtos nesse modelo: streamings, ferramentas online e revistas digitais são alguns deles.

Longe das grandes empresas, esse modelo também aparece em clubes, comunidades, cursos e outras experiências que são vendidas por pequenos empreendedores por pagamentos mensais.

Se esse é o seu caso, saiba que a MRR deve fazer parte do dia a dia do seu negócio e apontará melhor seus ganhos totais.

Vamos te contar o que é a MRR, explicar por que você deve ficar de olho nessa métrica e dar dicas valiosas para aumentar os resultados dela!

O que é MRR?

MRR significa Monthly Recurring Revenue (Receita Recorrente Mensal) e é um cálculo muito importante, principalmente em empresas desenvolvedoras de softwares e modelos de assinatura.

Essa métrica avalia o valor mensal recebido pelo negócio através de suas assinaturas. Para as empresas de Saas, esse número é ainda mais relevante, porque oferece à equipe uma visão geral do desenvolvimento do produto ou serviço, ajudando na tomada de decisões e próximos investimentos.

262

Quais as vantagens de trabalhar com receita recorrente?

Incluir a MRR como métrica principal em um negócio que oferece planos de assinatura traz vantagens a longo prazo.

O cálculo, além de contribuir para entender se o negócio progrediu bem e como devem ser feitos investimentos dentro do ganho atual, também auxilia a prever como será o crescimento da plataforma e as ações que precisam ser tomadas em cada etapa.

Por exemplo: se um serviço de streaming de filmes reduziu os lançamentos do catálogo e percebeu que nos últimos 6 meses isso gerou queda no MRR, é um indicativo para aumentar essa entrega ou trazer outro atrativo, como séries, por exemplo.

O ponto é que essa é uma métrica que sai da zona financeira e se une à área estratégica de um negócio, ampliando a percepção de resultados atuais e futuros.

Como calcular a Receita Mensal Recorrente?

Por mais que o cálculo da MRR seja uma soma do que foi recebido pelas assinaturas em um mês, existem alguns pontos que precisam ser observados antes de se chegar ao número final.

A soma da receita total é mais simples e une todo o valor recebido no mês, tanto valores iguais, quanto de outros planos de assinatura.

Há também como fazer um outro cálculo muito ligado a MRR, a receita média ou ARPU (Average Revenue Per Use).

Para contratos anuais, por exemplo, é possível somar quanto seria recebido e dividir pelo número de clientes. Essa média precisa de mais atenção, já que é preciso adicionar novos assinantes e excluir pessoas que não assinam mais ou trocaram de plano.

Qual a taxa de MRR ideal?

Quando falamos em MRR, pode existir uma impressão de que exista um valor ideal da métrica para as empresas, porém essa taxa oscila de negócio para negócio.

De modo geral, é importante sempre ter um resultado positivo, ter uma receita que seja suficiente para os gastos do negócio e que esteja acima do churn. Essa é uma maneira de continuar crescendo e impedindo prejuízos.

5 dicas para aumentar a MRR do seu negócio

Todo negócio procura aumentar a sua receita e nos serviços por assinatura esse número é essencial para manter o produto ativo. Separamos 5 dicas que vão alavancar a MRR no seu negócio:

Atualize o valor do seu produto

Essa é a oportunidade de reavaliar o valor do seu produto. Atualize para um preço justo que seja condizente com a qualidade do que está sendo oferecido e que atenda seu público.

Observe os últimos resultados e pense como essa nova precificação pode acontecer sem prejudicar o seu cliente ou o número de assinaturas. 

Ofereça um trial em vez de uma versão freemium

O freemium é uma boa opção para atrair pessoas interessadas no seu produto, porém é também um caminho arriscado para os planos por assinatura.

Muitas pessoas que se cadastraram na versão gratuita podem acabar não aderindo a nenhum produto pago, o que se torna um prejuízo no futuro.

Esse público também requer investimentos por parte do negócio e não é nada legal ter um usuário mensal que gera prejuízos ao invés de crescimento financeiro.

Como alternativa, um trial é uma opção mais acertada, já que o usuário tem apenas uma experiência do produto de forma gratuita e em certo ponto precisa pagar pela assinatura.

 

Temos como exemplo serviços de streaming que oferecem 30 dias grátis. O cliente faz o cadastro, adiciona os dados de pagamento e recebe a cobrança depois de um mês. A experiência se torna completa e atrativa o suficiente para que depois o usuário continue usando o serviço.

Disponibilize planos diferentes

Será que você oferece opções que são viáveis para o seu público?

Ao invés de disponibilizar apenas um plano, que tal diversificar e trazer planos com valores e características diferentes?

Essa atitude dá mais liberdade ao cliente, uma vez que ele tem a opção de escolher algo personalizado que atenda às suas necessidades.

Um possível assinante que quer algo mais prático vai se interessar pelo plano mais simples, enquanto um outro cliente que quer uma experiência completa pode se interessar pelo pacote com mais funcionalidades.

Considerando gostos e necessidades distintas, você terá mais pessoas interessadas e aumentará a sua receita mensal recorrente.

Mantenha seus clientes satisfeitos

Clientes satisfeitos e, principalmente, apaixonados pelo seu negócio, garantem uma MRR sempre em aumento.

Fidelizar clientes novos e dar a devida atenção aos antigos, garante um negócio mais seguro e constrói uma base de crescimento para novos clientes que ainda vão chegar.

Por isso, tenha um bom atendimento e suporte, mantenha a comunicação através das redes sociais, e-mail, blog e faça pesquisas com seus clientes sempre que possível.

Tenha uma estratégia de captação de clientes

Os clientes são a chave para uma MRR em crescimento. Em qualquer negócio, uma boa estratégia de marketing digital atrai vendas e aumento na receita.

Conheça mais a fundo seu público, elabore uma persona, trace um planejamento de conteúdo, analise KPIs, explore as plataformas online, invista em captação de leads e trace uma jornada de compra.

Posicionamento de marca, prova social e técnicas como copywriting e SEO também atingem potenciais clientes para o seu produto.

Estude sobre a sua marca, seu mercado e sobre estratégias que serão adotadas e coloque a mão na massa!

Aumente a Receita Recorrente Mensal do seu negócio

Agora que você já conhece a MRR sabe o quão importante ela é para empresas que oferecem planos por assinatura. O cálculo ajuda a visualizar se o negócio está caminhando bem, se a receita é positiva e o quanto ela cresceu de tempos em tempos.

A receita recorrente mensal também é um caminho para traçar estratégias de melhoria ou então compreender quais ações estão gerando mais resultados.

Para aumentar essa métrica, existem algumas dicas fundamentais como: atualizar o valor do produto, criar outros planos de assinatura, trocar a versão freemium pela trial, manter os clientes satisfeitos e caprichar na estratégia para conquistar novos clientes!

Falando em novos clientes, confira o nosso artigo sobre prospecção de clientes e aprenda as principais técnicas para manter o seu MRR em crescimento!