Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

O que é ser um empreendedor?

O que é ser um empreendedor?

Conheça as 13 principais características necessárias para ser dono de seu próprio negócio.

Empreendedor é aquela pessoa que enxerga, promove e aproveita as novas oportunidades nos negócios, se arriscando para colocar em prática seus sonhos, planos e ideias.

É comum pensarmos que o empreendedorismo está ligado apenas à criação de novos negócios, mas não é bem assim.

Profissionais que se destacam em seu trabalho por estarem sempre em busca das melhores e mais inovadoras soluções também podem ser considerados empreendedores, mesmo em empresas já consolidadas.

O número de empreendedores no Brasil está crescendo cada vez mais. Isso pode ser percebido a partir das ideias estratégicas, criativas e que buscam entregar cada vez mais valor para o cliente que estão em alta no mercado.

Você acredita que tem uma boa ideia para aplicar, mas está em dúvida se você se encaixa no perfil de empreendedor?

Hoje, vamos mostrar as 13 características principais que definem o que é ser um empreendedor. Confira cada uma delas para ter certeza de que você está no caminho certo:

Índice
  1. Está sempre estudando
  2. Não desiste no primeiro erro
  3. Percebe as oportunidades a seu redor
  4. Tem capacidade de liderar
  5. É comprometido com seu negócio
  6. Trabalha com eficiência e qualidade
  7. Tem boa comunicação
  8. Não tem medo de correr riscos
  9. Sabe estabelecer metas
  10. Consegue trabalhar com independência
  11. Separa a vida pessoal da profissional
  12. Toma iniciativas
  13. Busca sempre resultados

1. Está sempre estudando

Ser um empreendedor exige constante atualização para trazer ideias novas e aperfeiçoar cada vez mais as atividades, serviços e produtos de seu negócio.

Sendo assim, o profissional deve ser curioso e ter vontade de aprender sempre, pois é fundamental estudar muito para compreender o mercado, conhecer as dores e necessidades do público e oferecer a melhor solução para estes problemas.

Principalmente hoje, quando tudo muda e evolui com muita rapidez, é essencial estar preparado para se adaptar e levar novas maneiras de encarar a realidade para dentro dos negócios.

2. Não desiste no primeiro erro

É raro encontrar profissionais que nunca cometeram um erro no trabalho. Se você consegue pensar em alguém, pode ter certeza que ou você não ficou sabendo do erro ou essa pessoa está apenas repetindo o que já existe por aí.

Lembre-se que estamos falando de um profissional que preza pela inovação, criatividade e aperfeiçoamento constante no trabalho, o que é quase impossível de acontecer sem falhas.

O empreendedor deve estar preparado para lidar com os erros e aprender com eles, para conseguir se sair melhor nas próximas tentativas.

Muitas vezes, para realmente aprender o que é ser um empreendedor é preciso tentar muito antes de acertar, principalmente quando você está investindo em algo novo, que não foi testado antes ou ainda não está muito sólido naquela área de atuação.

3. Percebe as oportunidades a seu redor

Muitas pessoas deixam passar oportunidades incríveis por não terem a capacidade de enxergá-las.

No ambiente de trabalho, seja na empresa que você trabalha ou em seu próprio negócio, é fácil se prender às regras e atividades corriqueiras e acabar perdendo a chance de introduzir novas maneiras de pensar, fazer e agir.

A maioria das pessoas, inclusive, não sabe bem o que é ser um empreendedor e, por isso, não identifica em si as características que podem ser usadas para aprimorar seu trabalho e melhorar os resultados.

Um empreendedor de sucesso é aquele que consegue ir além do esperado, perceber as oportunidades e usá-las a seu favor.

Mesmo nas adversidades, ele consegue se destacar por causa de sua mente empreendedora, seu pensamento criativo e resiliente e por sua capacidade de transformar as chances que aparecem em algo real.

4. Tem capacidade de liderar

Não adianta traçar todo o caminho para tirar uma ideia do papel se você não souber transmitir o que pensa para outras pessoas que trabalham com você.

É imprescindível saber liderar uma equipe e guiar um projeto para ser um empreendedor.

Se você abriu seu próprio negócio, vai precisar transmitir os valores, a missão e sua paixão pelo que faz para que os outros funcionários consigam ter o desempenho esperado.

Se você trabalha para outras pessoas, ao levar uma ideia empreendedora para dentro da empresa, também vai precisar saber liderar.

Você deve ter as habilidades certas para mostrar o potencial do que está propondo e ajudar na implantação das mudanças necessárias.

É difícil fazer com que as outras pessoas comprem sua ideia e vejam as vantagens que ela pode trazer para o negócio se você não tiver essa capacidade de liderança.

5. É comprometido com seu negócio

Essa característica deve estar presente em todos os profissionais que almejam o sucesso, mas nos empreendedores ela é ainda mais importante.

O empreendedor é seu próprio chefe. Isso significa, na maioria das vezes, fazer seu próprio horário, organizar as atividades e gerir todos os funcionários, principalmente no início, quando a equipe costuma ser mais enxuta.

Se você não se comprometer de verdade com seu negócio, não tem como ele dar certo.

Tenha em mente que uma das características que define o que é ser um empreendedor é a capacidade de viver aquele propósito praticamente 24 horas por dia e todos os dias.

É claro que ninguém é de ferro. Por isso, é fundamental separar um tempo para outras atividades. Mas saiba que o empreendedor precisa estar preparado para se dedicar ao máximo a seu negócio se deseja alcançar seus objetivos.

6. Trabalha com eficiência e qualidade

Aqui também estamos falando de algo que não deve ser prioridade apenas de quem empreende.

Contudo, se você está apostando todas suas fichas em um negócio próprio, vai precisar trabalhar da melhor maneira possível para obter o resultado esperado.

É importante lembrar que você será o responsável por guiar todas as outras pessoas envolvidas em seu empreendimento para que sua ideia dê certo. Então, você precisa dar o exemplo de eficiência e qualidade no trabalho.

O empreendedor deve desempenhar suas funções com excelência e estar sempre em busca de aprimoramento, tanto pessoal quanto profissional. Somente assim ele garante o sucesso do negócio e transmite uma imagem profissional para os outros.

7. Tem boa comunicação

Quem decide pelo ramo do empreendedorismo precisa saber se expressar muito bem. Tanto um negócio tradicional quanto um digital exigem o uso adequado da língua, clareza, empatia e paciência.

Ter uma boa comunicação é importante para conversar com os colaboradores e conseguir informar as regras, dar orientações, inspirar e transmitir os valores que seu negócio prioriza.

Além disso, o empreendedor precisa atrair parceiros, fazer networking e divulgar seu negócio, o que não dá para ser feito sem boas habilidades de comunicação, seja oral ou escrita.

Somente com a conversa com outras pessoas é que o profissional consegue explicar os objetivos de seu negócio e convencê-las do potencial que ele apresenta.

8. Não tem medo de correr riscos

Ao falarmos de empreendedorismo, estamos nos referindo a um processo que envolve inovação e mudança, o que exige muita coragem e disposição para enfrentar novos desafios.

O bom empreendedor é aquele que está pronto para correr riscos. Mas é claro que isso não pode acontecer de maneira irresponsável e não planejada.

Você precisa ter a capacidade de calcular bem os riscos que seu negócio pode enfrentar, para optar pelos que podem trazer os melhores ganhos.

Assim, ao se arriscar, você saberá exatamente o que pode acontecer caso sua ideia dê errado e estará pronto para corrigir as falhas.

Além disso, uma pessoa que se dispõe a encarar riscos no ambiente de negócios tem mais chances de testar algo novo e alcançar um mercado pouco explorado, aumentando a clientela e se destacando como autoridade em sua área.

9. Sabe estabelecer metas

Vamos pensar no seguinte exemplo:

Você abriu uma loja de roupas há 1 ano e, no fechamento do último mês, resolveu verificar se o negócio está sendo lucrativo e o que você pode esperar para o ano seguinte.

Se você não tiver estipulado nenhuma meta anteriormente, será difícil compreender em que ponto você conseguiu se superar, onde falhou e o que precisa ser feito para que seu negócio continue crescendo ou, pelo menos, se mantenha estável futuramente.

Suas metas não precisam ser rígidas e imutáveis, principalmente no início, quando ainda se tem pouco conhecimento do mercado. No entanto, é fundamental trabalhar com elas para saber aonde você quer chegar e conseguir traçar os caminhos mais assertivos.

10. Consegue trabalhar com independência

O empreendedor precisa ser autoconfiante para conseguir fazer um bom trabalho e encarar todos os desafios do empreendedorismo.

Quando o profissional trabalha em uma empresa grande, com vários colegas, equipes e chefia, é mais fácil ter noção de quais são suas tarefas, obrigações e limites. Além disso, o reconhecimento pelo bom trabalho é mais visível, assim com os feedbacks negativos.

Ao abrir um negócio próprio, o empreendedor precisa ter uma postura mais independente e proativa, pois ele será o responsável por tomar as decisões e fazer tudo fluir bem.

Por isso é tão importante acreditar no que você faz, para transmitir segurança para os outros envolvidos e ter a certeza de que está fazendo o seu melhor.

11. Separa a vida pessoal da profissional

Falamos anteriormente que uma das características que define o que é ser um empreendedor é a capacidade de se dedicar ao máximo a seu negócio.

Entretanto, para que a vida profissional seja realmente produtiva e positiva, é essencial que você saiba separá-la de sua vida pessoal.

Isso nem sempre é fácil, já que a maioria dos empreendedores acaba trabalhando nos finais de semana e à noite. Mas tenha certeza de que é necessário se organizar o melhor possível para dar conta de tudo, sem prejudicar sua qualidade de vida.

Uma dica é investir em planners, agendas ou aplicativos para ajudar a controlar o tempo e reservar espaço para todas as atividades do dia.

Fazer atividades de lazer, encontrar familiares e amigos e deixar os negócios de lado para vivenciar outras experiências são formas de descansar e renovar as energias para voltar ao trabalho.

Outra maneira de evitar confusões é separando também as finanças. Manter o dinheiro pessoal junto com os rendimentos dos negócios dificulta o controle do que entra e sai, o que pode levar a prejuízos ou dores de cabeça mais tarde.

12. Toma iniciativas

Ser um empreendedor é saber que os resultados positivos não caem do céu.

A pessoa que resolve se aventurar no empreendedorismo precisa saber tomar iniciativas para transformar suas ideias em algo concreto e lucrativo. Afinal, o mercado tem dado cada vez mais preferência para as marcas que se arriscam, trazem novidades e apresentam soluções ousadas e modernas.

Para dar conta de tudo isso, você precisa ter proatividade e ser assertivo em suas decisões.

Apenas uma grande ideia não serve como chave para o sucesso de um negócio. É preciso correr atrás dos objetivos e aproveitar as oportunidades que aparecem.

13. Busca sempre resultados

Muitas pessoas têm receio de trabalhar com números, mas para empreender, é imprescindível ficar de olho nos resultados.

Saber ler e interpretar as métricas de seu negócio é a maneira mais confiável de analisar quais são as ações que estão dando certo e o que precisa de mais investimento ou alterações.

Vamos supor que você trabalhe com aulas online e precisa saber qual formato de conteúdo seu público prefere: vídeos ou podcasts.

Você pode fazer um teste, lançando duas aulas gratuitas na internet, para ver o que terá mais engajamento.

Após fazer isso, você precisará verificar e comparar os resultados para saber o que teve maior adesão, que tipo de público cada formato atraiu e outras informações relevantes.

Sem um olhar crítico para os resultados, é difícil ter uma visão detalhada e real de seu negócio e de como ele está sendo aceito no mercado.

Comece a empreender

Existem várias maneiras de ser um empreendedor, mas, atualmente, é o empreendedorismo digital que está atraindo a atenção da maioria das pessoas.

A ideia é basicamente a mesma: criar um negócio para vender produtos ou serviços. No entanto, no mercado digital, isso acontece através da internet, sem a necessidade de um espaço físico.

Você provavelmente acessa blogs, acompanha canais de YouTube, já fez algum curso online ou adquiriu algo em e-commerces, certo?

Esses são alguns exemplos de empreendedorismo digital, mas as possibilidades são diversas!

Ficou interessado, mas não sabe por onde começar? Para saber mais sobre o assunto, leia nosso post completo com o passo a passo para criar um negócio na internet.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.