Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Guia do Afiliado: como fazer sua primeira venda

Guia do Afiliado: como fazer sua primeira venda

Descubra todos os passos para participar de um Programa de Afiliados!

Download gratuito

O que é e como funciona um programa de Afiliados?

O que é e como funciona um programa de Afiliados?

Um guia completo para quem quer fazer vendas online.

Você já sabe que a internet mudou as relações do homem com o mundo em todos os âmbitos, inclusive, no profissional. Hoje, vivemos em um tempo de oportunidades.

As novas tecnologias trazem consigo novos canais e diferentes maneiras de engajar o consumidor com serviços e conteúdos cada vez mais fáceis de serem consumidos. E essa é uma excelente notícia para aqueles que desejam aproveitar esse tipo de mudança para fazer negócio.

Foi dessa maneira que os programas de Afiliados surgiram!

Com diferentes técnicas e ferramentas, muitas pessoas aproveitam esse tipo de negócio para trabalhar com aquilo que gostam e ainda ter uma boa margem de lucros, sem que haja necessidade de aquisição de bens ou da realização de qualquer outro investimento.

Esse tipo de empreendedor não precisa criar ou ter um produto para oferta, manter um site próprio ou mesmo realizar operações de vendas.

Para quem trabalha como Afiliado, todas as oportunidades giram exclusivamente em torno da promoção de links, que funcionam como indicações para itens digitais produzidos por outras pessoas.

E tudo é feito de forma gratuita, descomplicada e compensadora.

Se você ainda não está familiarizado com o termo “programa de Afiliados”, o post de hoje vai te contar tudo que você precisa saber sobre este segmento que permeia o universo do empreendedorismo digital.

O que é um programa de Afiliados?

O programa de Afiliados é um sistema que une duas pontas de um processo de vendas: criador/Produtor e vendedor/Afiliado.

Para isso, é necessário uma plataforma online, que disponibiliza os produtos, gera os links de divulgação, entrega as comissões de forma segura, além de várias outras funcionalidades para ajudar tanto o Produtor quanto o Afiliado a alavancarem suas vendas.

Tudo é feito de maneira gratuita, descomplicada e compensadora.

Esse tipo de serviço é visto (e escolhido) por várias pessoas como uma chance de empreender, de alcançar a tão sonhada independência financeira e de ganhar dinheiro sem sair de casa.

Mas, afinal, por que o programa de Afiliados dá tão certo?

Você deve estar se perguntando: qual a chave para o sucesso por trás do programa de Afiliados?

O segredo é o fato desse sistema reunir pessoas com interesses em comum e ajudá-las a faturar de verdade. Afinal, as duas partes envolvidas no sistema recebem dinheiro após a venda.

Basicamente, ele é composto por dois personagens principais, que são:

1. Produtor

O Produtor é aquela pessoa que elabora um produto digital e deseja comercializá-lo.

Ele produz materiais nos mais diversos formatos, como e-books, e-magazines, guias virtuais, videoaulas, palestras, podcasts ou softwares.

Esses itens ainda podem abranger inúmeras áreas – desde assuntos como cultura, saúde e culinária, até temas mais densos como gestão financeira, marketing corporativo e informática.

Os Produtores entendem o perfil do consumidor atual, que deseja comprar produtos virtuais de olho em conceitos como menor custo, rápida entrega e sustentabilidade.

Mas os Produtores não querem apenas produzir, também desejam vender!

Por isso, eles disponibilizam os produtos digitais em uma plataforma, contando com a ajuda dos Afiliados para aumentar o faturamento. Em troca, eles oferecem comissões sob as vendas realizadas e a plataforma garante a segurança das operações.

O programa de Afiliados é uma via de mão dupla que une Produtores e Afiliados em um grande negócio virtual.

Ao final desse trajeto, ambos os lados saem ganhando, já que o lucro de um é também o lucro do outro.

Um bom Programa de Afiliados deve ser amparado por uma empresa que ofereça o serviço de gerenciamento com alto nível de qualidade. E para isso, há plataformas como a Hotmart (para entender melhor como funciona e quais são os benefícios associados a Hotmart, leia nosso post sobre Hotmart Club).

2. Afiliado

O Afiliado é a pessoa que indica produtos criados por terceiros e recebe comissões por cada venda realizada.

Fazendo uma analogia, ele é como um vendedor.

Porém, por se tratar de um mercado digital e que, por isso, o contato com o cliente é apenas virtual, o Afiliado precisa não apenas tentar vender um produto para os clientes que vão a uma loja procurar por aquela mercadoria, mas principalmente passar uma imagem de credibilidade e confiança para conquistá-los.

Ou seja, o Afiliado é uma pessoa com visão inovadora e disposta a usar a internet a seu favor.

Ele fatura promovendo links de produtos digitais disponibilizados em uma plataforma EAD, ou produtos físicos, dependendo de sua área de atuação, e recebendo comissões sobre as vendas realizadas a partir dos links que compartilha.

Os Afiliados também são conhecidos como webmasters, pois estudam constantemente o mercado e formas de melhorar sua performance para vender mais na internet.

Como surgiram os programas de Afiliados?

O Marketing de Afiliados pode parecer moderno, revolucionário, inovador (e realmente é!), mas o fato é que sua história teve início ainda em 1989.

Tudo começou quando o empresário americano William J. Tobim, fundador da PC Flowers e Gifts, percebeu o potencial da divulgação virtual e lançou o Prodigy – que ficou conhecido como o primeiro programa de Marketing de Afiliados da história.

Com o passar dos anos, pequenas iniciativas dentro do mesmo conceito foram surgindo nos Estados Unidos.

Os donos dos primeiros e-commerces perceberam uma grande oportunidade com a rede que interligava pessoas do mundo inteiro. Foi quando houve uma associação entre e-commerces, sites de assuntos diversos e o consumidor final.

Os sites indicavam os produtos por meio de conteúdo, banners e, quando o usuário clicava naquele conteúdo, era direcionado a um site de compras.

A cada venda realizada, o dono do site intermediador ganhava uma comissão pela indicação.

Em julho de 1996, a Amazon revolucionou o mercado ao lançar um Programa de Afiliados em escala global para divulgar seus produtos. E mais para a frente, na década de 2000, o Marketing de Afiliados tornou-se uma realidade ao redor do mundo, inclusive no Brasil.

O sucesso dos programas de Afiliados deve-se, em parte, a essa história sólida de mais de duas décadas.

Ao longo dos anos, ele se consolidou como um modelo economicamente viável e livre de riscos.

Os empreendedores que participam de programas como esses possuem a segurança de ingressar em algo legalmente aprovado no Brasil e no mundo.

Hoje, há um amplo mercado para os programas de Afiliados e isso pode ser visto especialmente no que se refere à comercialização de produtos digitais.

Com isso, independentemente da sua escolha, se é ser um Produtor Digital ou Afiliado, pode ter certeza que o programa de Afiliados é o caminho ideal para trabalhar pela internet.

Como funciona um programa de Afiliados?

Se você chegou aqui, já deve ter entendido que o principal no programa de Afiliados é unir pessoas que criam produtos digitais com quem quer vender esses conteúdos.

Para isso, é necessário um link de Afiliado, que é a forma como o sistema consegue entender quem foi o responsável por cada venda realizada.

Vamos explicar melhor:

Uma vez que você se torna um Afiliado, a ferramenta do programa de Afiliados no qual você se cadastrou fornece links exclusivos para você divulgar os produtos.

Esses links são codificados de forma que, toda vez que você realizar uma nova venda, será possível identificar que a conversão foi concluída por meio de seu conteúdo e, assim, você recebe a devida comissão.

Mas não é só isso!

Além dos links, o programa de Afiliados também oferece ferramentas fundamentais para facilitar a vida de quem trabalha pela internet, por exemplo:

  • Meio de pagamento exclusivo: é essencial ter um meio de pagamento exclusivo para produtos digitais. Assim, o Afiliado consegue ter a segurança de que receberá suas comissões, mesmo que faça vendas pelo mundo inteiro, sem precisar se preocupar com meios de pagamentos específicos para cada país;
  • Diversificação de pagamentos: nem todo cliente tem um cartão de crédito para efetuar uma compra. Por isso, um bom programa de Afiliados deve oferecer formas diferentes de pagamento, como boleto, parcelamento e até compra em mais de um cartão;
  • Possibilidade de oferecer bônus: para Afiliados que também são criadores de conteúdo, poder oferecer um bônus com conteúdos interessantes para quem comprar um determinado produto pode ser fundamental para fazer mais vendas;
  • Cupons de desconto: quem não gosta de um desconto, não é mesmo? Poder oferecer um cupom para seus clientes é mais uma maneira de conquistá-los, por isso, certifique que o programa que você escolher possibilite esse tipo de ação;
  • Facilidade para conversar com o Produtor: é muito importante estabelecer uma comunicação clara com o Produtor Digital. Assim, sempre que você tiver alguma dúvida, pode tirá-la diretamente com o responsável por aquele produto;
  • Proteção de dados: apesar das pessoas terem mais confiança em deixar seus dados pessoais em sites, ainda é muito importante garantir a segurança desses dados. Por isso, afilie-se a uma plataforma segura e confiável.

O programa de Afiliados realmente funciona?

Essa pergunta poderia ser substituída por:

É realmente possível ganhar dinheiro participando de um programa de Afiliados?

Sim! Muitas pessoas ao redor do mundo vivem da renda gerada em programas de Afiliados, fazendo da afiliação de produtos uma profissão.

Há também quem trabalhe como Afiliado para gerar renda extra, o que pode ser tão útil quanto construir uma carreira como empreendedor digital. Tudo depende do seu objetivo.

Mas assim como qualquer outra profissão, ganhar dinheiro como Afiliado depende dos seus esforços, principalmente se você está começando agora.

Porém, há algumas vantagens para quem já é Afiliado, e vamos listá-las para você.

10 vantagens de participar de um programa de Afiliados

Programa de Afiliados: infográfico com um resumo das 10 principais vantagens de se tornar um Afiliado

Há razões de sobra para o ingresso em um programa de Afiliados. A principal delas é a oportunidade real de ganhar dinheiro de forma simples e independente.

Ao publicar um único anúncio, o Afiliado poderá atingir milhares de consumidores e terá inúmeras chances de que a indicação se converta em vendas. E todas as vezes que isso ocorrer, ele receberá uma porcentagem do valor vendido.

Ou seja, o sucesso depende apenas de esforço próprio: quanto mais a pessoa trabalhar, maiores serão as chances de lucrar.

Mas as vantagens desse programa não param por aí.

Na verdade, o sistema conta com muitos fatores atraentes para quem deseja começar a lucrar online.

Quer descobrir quais são eles?

1 – Não correr risco de perder investimentos

Muitas pessoas aplicam suas economias na construção de um e-commerce para realizar o sonho de ganhar dinheiro pela internet.

O problema, no entanto, é que boa parte das lojas virtuais fracassam por falta de planejamento e experiência do dono.

Já o programa de Afiliados é uma alternativa financeiramente segura.

O cadastro é gratuito, sendo que não há necessidade de qualquer investimento inicial.

2 – Poder trabalhar sem precisar de um produto próprio

Não é necessário ter um produto próprio para começar a ganhar dinheiro na internet.

Por meio do programa de Afiliados, você divulgará links para indicação de material produzido por outras pessoas e receberá comissões pelas vendas concretizadas.

Isso significa que você terá lucro sem precisar se preocupar em adquirir e entregar o material vendido. Ou seja, você consegue focar seus esforços nos métodos de divulgação, o que pode te ajudar a vender mais como Afiliado.

3 – Ser seu próprio patrão

Ao entrar para o programa de Afiliados, você começará um novo negócio.

Se você conseguir gerar bons resultados atuando como Afiliado, será possível usufruir de várias vantagens: ser seu próprio patrão, trabalhar de casa e tomar as decisões que julgar mais acertadas.

Também será possível administrar seu tempo da forma que preferir, sem ninguém para supervisionar os horários ou interferir em seu trabalho.

4 – Ter amplas possibilidades de divulgação

Como Afiliado, você terá inúmeras possibilidades de produtos para divulgar.

São centenas de itens virtuais, de formatos diferentes, divididos em dezenas de nichos (mais para frente, falaremos sobre como escolher seu nicho de mercado).

Será fácil escolher aqueles que dialogam melhor com sua audiência e, consequentemente, possuem maior potencial de vendas e lucros.

E mesmo que você não tenha uma audiência ainda, é sempre possível pensar em outras estratégias de divulgação, como anúncios pagos (que também explicaremos neste post ainda), ampliando assim os meios de divulgação.

5 – Não ter que lidar diretamente com o consumidor

Toda a comunicação com o consumidor – como o atendimento para dúvidas e a assistência posterior à entrega – é de responsabilidade do Produtor.

Além disso, o processamento das vendas e dos pagamentos fica a cargo da plataforma.

O Afiliado deve apenas promover o link e, portanto, fica livre de maiores preocupações.

6 – Não precisar de um site ou muito conhecimento técnico

Para começar a promover links de produtos digitais, não é necessário ter um site próprio. Você pode utilizar outras ferramentas, como, por exemplo, as redes sociais e o e-mail marketing.

Também não é necessário ser expert em informática para realizar o trabalho.

É claro que se você já tiver alguma experiência com essa tecnologia, seu trabalho como Afiliado será mais completo e você terá mais facilidade.

Porém, qualquer pessoa com conhecimentos básicos em internet pode entrar para o programa de Afiliados e, com o tempo, se especializar e aprender mais sobre isso.

7 – Escolher a margem de lucro

Cada Produtor define uma margem de lucro para o material que disponibiliza na plataforma. Elas podem variar, chegando a até 80% do valor do produto digital.

Cabe ao Afiliado avaliar (a partir das estatísticas de vendas e qualidade do item) qual link é mais compensador.

O que isso significa na prática?

Você é quem escolhe a margem de lucro com a qual quer trabalhar.

8 – Ter controle integral das indicações

Como saber se seu trabalho está gerando bons frutos?

Depois de entrar para o programa de Afiliados, você terá acesso à plataforma e poderá controlar o desempenho de suas indicações.

O sistema mostrará quantas vendas foram concretizadas a partir dos links que você promoveu, situação que garante um bom planejamento financeiro e previsão de recebimentos.

9 – Contar com garantia de pagamento

Uma das principais vantagens do programa de Afiliados é que os pagamentos são gerenciados pela plataforma.

As comissões são computadas automaticamente após as vendas, o que elimina o risco de o Produtor não realizar o pagamento.

Nesse sistema, a remuneração do Afiliado fica garantida integralmente.

10 – Poder ampliar o negócio no futuro

Outra vantagem essencial do programa de Afiliados é a possibilidade de crescimento.

A maioria das pessoas começa a divulgar de forma tímida, utilizando redes sociais e blogs com domínio gratuito. Mas, à medida que os pagamentos forem entrando, você pode separar uma parcela dos recursos para a ampliação de seu negócio.

Perguntamos aos nosso Produtores, no FIRE Festival 2018, por que eles recomendam trabalhar com Afiliados. Confira as respostas:

Quem pode se tornar um Afiliado?

Assim como no caso de Produtores Digitais, qualquer pessoa pode se tornar um Afiliado de sucesso.

Com o mercado digital cada vez mais em expansão, é possível encontrar uma infinidade de produtos, e você poderá escolher dentre aqueles que têm mais afinidade.

Além disso, é possível encontrar muitos materiais sobre afiliação e técnicas de marketing para utilizar na divulgação.

Dicas práticas para ser um Afiliado de sucesso

Não existe uma regra para quem quer ser Afiliado, afinal, toda estratégia de vendas vai depender muito das técnicas que você domina, do público que já tem e da audiência que ainda quer atingir.

Porém, existem algumas boas práticas que você pode seguir para descomplicar sua vida como Afiliado.

1. Foque em uma área de atuação

Em um programa de Afiliados, você perceberá que é possível divulgar produtos das áreas mais variadas possíveis.

Essa é com certeza uma estratégia que funciona para muitas pessoas. Porém, com certeza é muito mais fácil falar de algo que você já conhece ou aprofundar melhor em apenas um assunto.

Por isso, se você estiver começando agora, tente escolher uma área, por exemplo, marcenaria, e elabore conteúdos para atrair o público deste nicho.

Com essa estratégia, você consegue abordar o máximo possível de temas relacionados ao mercado que quer atingir e, com isso, acaba sendo uma referência em seu mercado.

2. Escolha produtos com potencial de vendas

De nada adianta promover um produto se ele não é muito procurado.

Por isso, na hora de escolher o produto que você irá vender, faça uma pesquisa para entender se ele tem uma boa aceitação no mercado.

Além disso, tente sempre escolher produtos que já tenham uma página de vendas bem elaborada e atraente, e certifique-se de que o produto tem um conteúdo relevante para quem comprará.

3. Analise as comissões

Nem sempre um produto com uma comissão alta será ideal para você divulgar. Afinal, pode ser que a aceitação desse produto não seja tão boa no mercado, o que fará com que você também não tenha lucros.

Na hora de analisar as comissões que você irá receber, simule vendas com números realistas para verificar quanto cada venda deve lhe render mensalmente.

4. Atualize-se constantemente

Praticamente todos os dias, temos novidades na internet. Por esse motivo, é necessário que você também esteja atualizado.

Pode ser que uma estratégia que você usava ontem não seja mais tão interessante hoje, assim como é possível que você descubra algo inovador que ainda não está fazendo.

Para se destacar como Afiliado, você não pode deixar nada passar. Então, fique ligado às novidades e estude constantemente para melhorar.

5. Invista tempo em seu negócio

Pode ser que, no início, o programa de Afiliados seja apenas uma forma de você ter renda extra.

Porém, assim que você começar a dedicar mais tempo para manter suas estratégias atualizadas, ter uma frequência maior de divulgação de produtos, você perceberá a necessidade de dedicar mais tempo ao seu negócio.

Para te ajudar a entender quanto tempo você precisa dedicar à afiliação de produtos, trace uma meta para entender onde você quer chegar e estabeleça horários específicos para cuidar de seu negócio diariamente.

Quais são os tipos de Afiliados?

Depois de muito estudar e trabalhar o mercado de Afiliados, constatamos um padrão entre os 4 perfis mais comuns deste profissional:

1. Afiliado autoridade

Ele é especialista sobre determinado assunto e utiliza sua autoridade naquele nicho para indicar produtos que possam ser úteis para as pessoas que acompanham seu trabalho.

É comum que blogueiros que já tenham um volume interessante em suas páginas ou aqueles que construíram uma base de e-mails tornem-se Afiliados autoridade, mas nada impede alguém de começar do zero e tornar-se um especialista em determinado mercado.

2. Afiliado apresentador

O apresentador utiliza sua imagem e credibilidade para divulgar os produtos aos quais é Afiliado.

Geralmente, ele tem forte presença em redes sociais e muitos seguidores que o acompanham diariamente.

O Afiliado apresentador se parece muito com o autoridade. A diferença é que você não precisa ser referência em apenas um assunto e pode utilizar sua imagem para divulgar produtos diferentes.

Isso porque o apresentador divulga aquilo que utiliza, ou seja, são produtos que você provavelmente já testou e que acha interessante compartilhar com sua audiência.

3. Afiliado cientista

Esse Afiliado estuda constantemente sobre técnicas avançadas de marketing e aplica-as em seu negócio com anúncios, posts e outras estratégias para escalar seu negócio digital.

Ele é analítico e sabe medir seus resultados para aperfeiçoar as conversões.

Muito dedicado e atento às novidades do mercado, o Afiliado cientista está constantemente aprendendo, analisando e buscando novas alternativas para que seus conteúdos cheguem cada vez para mais pessoas.

4. Afiliado revendedor

O revendedor é especialista em fazer vendas no boca a boca.

Apesar de não conseguir escalar muito, ele sabe exatamente quais produtos indicar para as pessoas do seu círculo de convivência.

Enquanto você ainda não se torna uma autoridade ou cientista, é interessante começar testando suas técnicas como Afiliado revendedor.

No começo, é possível que você queira sair testando tudo para ver o que dá certo. É claro que você pode fazer isso e é até uma boa maneira de aprender, mas tome cuidado com alguns erros que podem prejudicar sua imagem como Afiliado, como:

  1. Escolher o produto errado para o público que você quer atingir;
  2. Não utilizar uma boa estratégia de divulgação;
  3. Ser um spammer, ou seja, enviar links o tempo inteiro para pessoas que você conhece, mas que não tenham interesse no produto que você está divulgando;
  4. Não monitorar sua concorrência;
  5. Investir muito dinheiro em anúncios sem saber o que está fazendo.

Quais habilidades um Afiliado deve ter?

Mesmo que você decida trabalhar como Afiliado em seu tempo extra, é preciso ter algumas habilidades para conseguir fazer vendas. Vamos contar algumas delas para você já começar a colocar em prática:

  • Ter disciplina: ser Afiliado é também um trabalho e, para colher bons resultados, é preciso ter disciplina para sempre manter o mínimo de consistência em sua estratégias. Estipule um calendário com ações que você possa executar para alavancar seu negócio pouco a pouco e seja fiel ao seu plano.
  • Gostar de estudar: quanto mais você souber sobre seu mercado, mais profissional você se tornará. Por isso, atente-se às novidades e estude as técnicas de divulgação que você ainda desconhece.
  • Saber comunicar-se: para gerar audiência, é preciso comunicar-se bem com seu público, e isso significa saber escrever de forma clara, seja para anúncios, redes sociais ou blogs. Se você pretende gravar vídeos, também terá que treinar sua oratória. Além de falar com o público, bons Afiliados sempre buscam fazer networking com outros profissionais do mercado, assim, podem trocar experiências, aprimorar suas técnicas e escalar ainda mais seus ganhos.
  • Ser persistente: essa dica vale principalmente para aqueles que desejam ter grandes resultados e não só fazer uma venda ou outra. O imediatismo é um dos fatores que fazem as pessoas desistirem tão facilmente de suas metas e sonhos. Trace um plano para seu negócio e cumpra-o mesmo quando ainda não houver nenhum lucro.
  • Ser criterioso: é claro que você pode escolher vários produtos diferentes para divulgar. Porém, um bom Afiliado sabe selecionar o produto tendo como base não apenas a comissão recebida, mas principalmente a qualidade do produto e sua relevância para seus clientes.
  • Acompanhar os resultados: para saber se você está tendo sucesso como Afiliado é muito importante saber acompanhar todos seus resultados. Por isso, invista tempo explorando os dados do Google Analytics e outras ferramentas para entender quais são as ações que você tem feito que estão gerando bons resultados.
  • Ser inovador: de nada adianta começar um negócio se você continuar fazendo as mesmas coisas que as outras pessoas já fazem. Por isso, além de estudar, tente ser diferente para se destacar de sua concorrência.

Como se tornar um Afiliado de sucesso

O sucesso é algo que todos perseguem hoje em dia. A verdade, no entanto, é que nem todos conseguem alcançar seus objetivos.

Isso ocorre porque sonhos só se realizam a partir de ações. Isso mesmo! Dinheiro não cai do céu, não é fruto da sorte ou do acaso. É preciso trabalhar duro para consegui-lo.

A boa notícia é que todo esforço tem consequências, portanto, trabalhando com dedicação, é possível vencer.

Se você quer se tornar um Afiliado de sucesso, é necessário encarar suas atividades diárias como uma empresa.

Isso significa que, para obter altos índices de conversão de indicações em vendas e bons resultados financeiros, você precisará utilizar algumas técnicas de gestão empresarial.

São estratégias de quatro áreas básicas da administração:

  1. Planejamento, 
  2. Marketing, 
  3. Finanças,
  4. Controles.

Parece complicado? Fique tranquilo! Tudo é bem mais fácil do que você imagina!

Conheça os detalhes a seguir:

Planejamento: escreva seu próprio destino

Planejamento é fundamental para qualquer negócio! Então, se você quer ser um Afiliado de sucesso, deve planejar suas ações.

Um bom começo é traçar um cronograma de trabalho, definindo quanto tempo você dedicará à promoção dos links diariamente.

Também é aconselhável estabelecer tarefas específicas, como escrever artigos em um blog. Essa estratégia manterá o foco e não permitirá que o Afiliado acabe se tornando improdutivo.

Tenha em mente que planejar vai muito além da elaboração de uma agenda. Você também precisa traçar metas financeiras, que o ajudarão a nortear seu trabalho.

Primeiro, defina as margens de ganhos que deseja obter a curto, médio e longo prazos. Depois, verifique quais são as ações que você deverá adotar para alcançar todos esses objetivos.

Coloque tudo no papel e organize-se para que realmente consiga concretizar seus objetivos. Esse é o segredo para crescer.

Marketing: saiba promover

Se você quer obter resultados expressivos no programa de Afiliados, deve ter consciência de que a promoção de links é marketing puro. Então, é essencial usar as ferramentas corretas na hora de divulgar.

Abaixo, listamos 7 dicas de ouro para quem quer acertar na hora de promover links.

1. Tenha um site próprio

Essa estratégia demandará certo investimento, mas tenha certeza de que valerá a pena.

As estatísticas mostram que as conversões são mais altas quando as indicações são originadas de páginas próprias. Por isso, é aconselhável criar um site específico para cada nicho de atuação.

Nós sabemos que criar um site não é uma tarefa fácil, principalmente se você não tem muita familiaridade com desenvolvimento web. Porém, saiba que essa não é uma tarefa impossível e existem vários tutoriais gratuitos que podem te ajudar.

Porém, se mesmo assim você não conseguir, é possível usar os próprios conteúdos dos Produtores para divulgar seus links.

Aqui na Hotmart, por exemplo, as páginas alternativas dinâmicas ajudam o Afiliado a transformar qualquer conteúdo dos sites autorizados pelo Produtor em links de Afiliados.

2. Diversifique os canais

É muito importante usar múltiplos canais para a comunicação com o consumidor.

Além do site, você deve lançar mão das redes sociais e fóruns virtuais.

Os Afiliados de sucesso também investem na elaboração de e-mails marketing e na confecção de propaganda física (que funciona muito bem em casos específicos).

E lembre-se: quaisquer que sejam suas escolhas, a qualidade é fundamental.

Os consumidores de hoje querem acessar páginas e anúncios visualmente atraentes, com boa qualidade técnica e sem erros de português.

Para uma estratégia no Instagram, por exemplo, preocupe-se em:

  • Ter um perfil profissional;
  • Publicar conteúdo relevante para sua audiência;
  • Encontrar uma frequência ideal de postagens;
  • Interagir com seu público;
  • Entender qual é o produto correto para vender nessa rede social.

3. Escolha um nicho específico

Ao começar a promover, você terá que focar em um nicho do mercado, sendo que quanto mais específico, melhor.

Mas como escolher seu nicho?

Poucas empresas conseguem abordar diversos nichos, como é o caso dos e-commerces Amazon e Submarino, que vendem diversos produtos para um público muito amplo e diversificado.

Já um nutricionista que se dedica a cuidar da alimentação de crianças com doença celíaca, lida com um público muito específico.

Entenda: para otimizar os resultados, o indicado é que seu site ou blog não misture dicas para praticantes de musculação com mensagens para os amantes de animais, por exemplo.

Mesmo que ambos os públicos possam ter interesses em comum, o melhor é que você escolha um perfil de consumidor específico e dedique-se a ele para conquistar uma audiência de boa qualidade.

As vantagens de se trabalhar com segmentação é que você pode ser mais preciso em suas estratégias para divulgar sua marca.

Além de considerar os assuntos sobre os quais você mais gosta de falar, é importante listar aqueles mais promissores no mercado de produtos digitais e alinhá-los com os materiais que você pode produzir para atrair mais leads e, consequentemente, compradores.

As empresas com programa de Afiliados disponibilizam os produtos hospedados na plataforma para que os Afiliados possam selecionar aqueles que irão divulgar.

É comum que haja um ranking com os mais vendidos, ou ainda aqueles que têm maior índice de satisfação dos compradores, como acontece na Hotmart.

Depois de fazer essa análise, recorra a algumas ferramentas de pesquisa por termos, como o Google Trends, Keyword Planner do Google Adwords e o Keyword Tool, e verifique o volume de busca por temas relacionados ao nicho do produto escolhido.

4. Escolha produtos interessantes para sua audiência

Agora que você já definiu o perfil do público, precisa saber escolher os produtos certos para promover.

O segredo é buscar itens de maior relevância para o cliente, ou seja, produtos digitais realmente úteis para seu nicho.

Quer um exemplo?

Vamos imaginar que você tenha um blog com dicas de maquiagem. Nesse caso, deverá indicar links para guias e tutoriais de beleza (afinal, é isso que o público busca ao entrar nesse tipo de página, certo?).

5. Escolha produtos de qualidade para divulgar

Na hora de escolher os produtos digitais que você divulgará, também é essencial atenção à qualidade.

Verifique se o material está bem elaborado, se é visualmente atraente, se as informações estão atualizadas e se não possui erros de ortografia ou digitação.

Verifique também se a página do Produtor possui todas essas características. Elas são importantes porque ajudam a vender mais. Consequentemente, suas indicações terão mais chances de sucesso também.

6. Considere trabalhar com anúncios pagos

Muitas pessoas desconsideram trabalhar com anúncios pagos. Mas o Afiliado de sucesso sabe que não se trata de custo e sim de investimento.

Essa estratégia lhe garantirá um aumento substancial de público, o que também representará aumento das conversões.

Os links que você promover ganharão mais cliques, as vendas aumentarão e seus lucros também.

Porém, não pense que comprar tráfego significa apenas investir dinheiro em anúncios e esperar a mágica acontecer.

É necessário muito estudo para entender quanto você pode pagar em cada anúncio, qual é o tipo de linguagem e imagens que você deve utilizar, além de como analisar seus resultados para saber o que está dando certo e o que ainda pode melhorar.

7. Produza conteúdo e atualize suas páginas sempre

A produção de conteúdo é um dos maiores segredos de sites, blogs e perfis de redes sociais. É isso que garante audiência de qualidade e fiel.

O importante é elaborar textos e posts atraentes, com conteúdo realmente interessante e útil para seu público.

As postagens atrairão os consumidores para as páginas nas quais eles poderão ter acesso aos links com indicação dos produtos digitais.

Se você não está acostumado a escrever, pode ser que demore um pouco mais para criar seus conteúdos.

Para te ajudar, tente fazer uma pesquisa de palavras-chave antes e, a partir dela, pense em temas sobre os quais você pode escrever.

Depois disso, crie um calendário editorial com datas fixas para as publicações desses textos. Isso vai te ajudar a ter um compromisso para escrever os textos.

E mesmo que eles não fiquem tão bons assim, não deixe de postar. Esse é um passo inicial que você precisa dar e, com o passar do tempo, você pode (e deve!) voltar ao texto publicado para deixá-lo ainda melhor.

Finanças: ganhe e aplique seu dinheiro corretamente

A gestão financeira é um dos maiores desafios de empreendedores de pequeno porte. Poucos possuem conhecimento técnico para administrar corretamente os recursos.

Se esse é seu caso, não se preocupe. Há dois pontos básicos aos quais você deverá se atentar dentro do programa de Afiliados: como ganhar e como aplicar seu dinheiro.

Como ganhar dinheiro

Os Afiliados ganham um percentual das vendas realizadas a partir dos links que escolhem promover. Esse percentual é definido por meio de uma comissão informada pelo Produtor.

Portanto, se você quer ter bons resultados financeiros, deve atentar-se a esse quesito na hora de escolher produtos digitais para divulgar.

Mas fique atento! Nem sempre o produto de maior comissão é o que lhe renderá melhores lucros.

Você deverá verificar também se o item possui bom histórico de vendas e se é realmente relevante para sua audiência.

Como aplicar seu dinheiro

Um dos erros mais comuns entre pequenos empreendedores é gastar todo o dinheiro que entra, sem se preocupar em garantir o crescimento do negócio.

É muito importante que você estabeleça uma faixa dos ganhos para investir.

Você poderá utilizar esses recursos, por exemplo, para construir um site próprio ou contratar um designer para elaboração de artes e novas publicidades.

Também é importante manter uma reserva para meses de pouco movimento, já que as vendas sempre estão sujeitas às sazonalidades do mercado e oscilações do cenário econômico.

Controles: monitore seu desempenho

Os três itens acima – Planejamento, Marketing e Finanças – precisam de Controle. É esse item que dirá se suas estratégias, em cada uma das áreas mencionadas, estão dando certo ou não.

Mas, afinal, como realizar o monitoramento?

Basta que você utilize as métricas certas.

Existem vários tipos delas e algumas podem dar ao empreendedor respostas semelhantes. Então, o segredo é saber o que e de que forma medir.

O essencial para um Afiliado é verificar se suas ações de divulgação estão funcionando.

Levante a média de conversão de cada um dos anúncios e analise os pontos fracos e fortes da sua estratégia de marketing.

Invista nas estratégias que estiverem dando certo e aprimore aquelas que precisarem de resultados mais expressivos.

Caso você considere que o desempenho geral está muito abaixo do esperado, pode ser necessário realizar mudanças mais abrangentes.

Quer alguns exemplos?

Faça alterações na segmentação do público, procure novos produtos digitais para divulgar e invista na criação de um novo layout (mais atraente) para suas páginas.

Outra questão essencial no quesito controle é o acesso aos relatórios da plataforma. Eles fornecerão informações valiosíssimas sobre o desempenho do trabalho.

Você poderá visualizar, por exemplo, o número de cliques dos seus links, o volume de indicações convertidas em vendas e o resumo financeiro de suas comissões.

O importante é trabalhar e monitorar sempre. Esse é o melhor caminho para vencer!

Como funciona a relação Produtor x Afiliado?

O Produtor é responsável por toda a formulação do produto digital, bem como a definição de preço e a comissão paga ao Afiliado.

Alguns programas de Afiliados dão a opção ao Produtor de deixar a afiliação aberta ou fechada.

Na aberta, qualquer pessoa pode se afiliar e, na fechada, o Produtor aprova ou não seus Afiliados.

Além disso, como já mencionamos, o Produtor será responsável por toda a relação com o cliente, desde a entrega do material (neste caso, algumas plataformas realizam esse processo de forma automatizada para o Produtor) até o suporte em caso de dúvidas.

Onde os Afiliados podem divulgar os produtos?

Uma vez que você escolheu os produtos aos quais irá se afiliar, é hora de definir suas primeiras estratégias de divulgação.

Veja, a seguir, quais são as opções mais utilizadas em estratégias de marketing:

Redes sociais

Facebook, Instagram, Youtube, Twitter e tantas outras redes sociais que fazem sucesso atualmente são uma arma poderosa para divulgar seus links de Afiliado.

Mas entenda que a função dessas redes é sempre engajar o público com conteúdo interessante.

Fazer propagandas sem contexto ou material relevante é uma estratégia amadora e é muito provável que não lhe traga resultados.

O ideal é construir perfis fortes nessas redes e alimentá-las com material interessante para, então, poder falar de seu produto.

Blog 

Você pode utilizar conteúdos bem escritos sobre o mercado do produto que você pretende divulgar e, assim, atrair o público que mais se assemelha aos seus compradores ideais.

Se seu produto fala sobre “autoestima da mulher”, por exemplo, é muito interessante fazer um post contando “Os fatores mais comuns que causam depressão em mulheres” ou talvez “5 sinais que confirmam que você tem baixa autoestima”.

Mas para que seu conteúdo fique bem posicionado nos mecanismos de busca, não basta apenas ter um bom texto, é necessário investir em técnicas de SEO. Isso vai te ajudar a conseguir tráfego orgânico (não pago) e um público qualificado, que tenha mais afinidade com o produto promovido.

Algumas dicas de SEO para Afiliados são:

  • Invista em conteúdos completos, organizados e exclusivos;
  • Dê um bom título para seu texto e lembre-se que isto será a primeira coisa que o usuário verá assim que realizar uma busca por uma palavra-chave;
  • Escreva um texto que seja fácil de ser lido, ou seja, que seja escaneável (use intertítulos, subtópicos, bullets, infográficos, vídeos e gifs;
  • Melhore constantemente a velocidade de seu site e tenha uma página que seja mobile friendly;
  • Descreva todas as imagens de seus textos acrescentando essa descrição no alt text de cada imagem;
  • Crie URLs que sejam enxutas e fáceis do usuário lembrar;
  • Trabalhem bem os links internos em cada texto para que o visitante de seu blog continue navegando por seus conteúdos.

Google Adwords

Com o Google Adwords, você pode fazer anúncios segmentados para o público que quer atingir e pagará por cada clique que receber em seu link, mesmo que este clique não realize uma compra.

Você pode anunciar na página de busca do Google, em blogs e sites com banners e também no Youtube.

E-mail marketing

Estude maneiras de elaborar funis de venda que consigam atingir as pessoas que lhe forneceram o endereço eletrônico da maneira certa e no momento certo.

Dessa forma, você poderá conversar com seu público de forma personalizada e aumentar as chances de conversão.

Acredite: o e-mail marketing ainda é uma ótima maneira de se comunicar com seus clientes.

Pronto para fazer sua primeira venda online?

Depois de todo este guia sobre o programa de Afiliados, acreditamos que você já conseguiu perceber que esta é uma carreira que você pode seguir.

É claro que aqui falamos tudo de uma forma geral. Mas como você deve ter visto, há vários conteúdo até mesmo aqui dentro do blog da Hotmart que podem te ajudar a ter sucesso no mercado digital.

Resumidamente, para fazer sua primeira venda como Afiliado você precisa:

  1. Participar de um programa de Afiliados;
  2. Escolher um nicho para atuar;
  3. Escolher um produto para divulgar;
  4. Planejar suas estratégias de divulgação;
  5. Divulgar seu link de Afiliado;
  6. Analisar os resultados;
  7. Repensar em suas estratégias melhorando o que funcionou e eliminando aquilo que não deu certo.

E então, preparado para começar?

Se você escolheu a Hotmart como sua plataforma, cadastre-se grátis e dê vida ao seu negócio digital!

Programa de afiliados - comece hoje!

Este post foi originalmente escrito em 10 de agosto de 2016 e atualizado para conter informações mais precisas e completas.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.