Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Descubra o que são KPIs e como eles podem te ajudar a medir o desempenho das suas ações de marketing

Descubra o que são KPIs e como eles podem te ajudar a medir o desempenho das suas ações de marketing

Também conhecidos como indicadores chave de desempenho, os KPIs ajudam a mensurar o desempenho de uma estratégia ou processo. Conheça os principais indicadores e como escolher o melhor para o seu negócio.

Como você sabe se uma estratégia, seja ela de vendas ou marketing, está alcançando os resultados esperados? Se você respondeu que acompanha o desempenho das ações, acertou!

Acompanhar de perto as ações ajuda a identificar o que está dando certo ou não, sendo uma das melhores maneiras de determinar o sucesso de uma estratégia. Mas, para que esse acompanhamento seja feito da maneira certa, é preciso definir quais números vão ser acompanhados.

E é aí que entram os KPIs!

Neste post, você vai aprender o que são KPIs, quais os principais indicadores que existem e como escolher os números que mais fazem sentido para a sua estratégia.

Vamos nessa?

Índice
O que são KPIs? Qual a diferença entre métrica e KPI? Quais são os tipos de KPIs? Como escolher seus KPIs?

O que são KPIs?

A sigla KPI vem do inglês Key Performance Indicator, e significa, em tradução para o português, indicador-chave de performance.

Mas o que isso significa de fato para um negócio?

A principal função de um KPI é medir o desempenho de um negócio ou de uma estratégia. Pode ser uma empresa, um site, um time de vendas ou uma campanha de lançamento, por exemplo.

Com o enorme fluxo de informações que temos hoje em dia, existem centenas de indicadores que podem ser medidos. O que vale, portanto, é saber quais KPIs que merecem ser acompanhados.

Para ficar mais claro, você precisa perceber que o KPI é todo dado que ajuda a entender o funcionamento e os resultados de uma estratégia.

Entretanto, apenas um único número sem outros dados para comparação não consegue demonstrar se sua estratégia está de fato funcionando ou não.

Portanto, não gaste seu tempo e nem desperdice sua energia coletando um monte de informações sem saber qual o intuito de cada um delas.

Foque em coletar dados realmente importantes para o desenvolvimento do seu negócio e que, de fato, vão ajudar a administrar seu projeto de maneira profissional e lucrativa.

Qual a diferença entre KPI e métrica?

Apesar da semelhança, não confunda KPIs com métricas.

Métrica é tudo aquilo que pode ser medido, metrificado. Ou seja, são dados que podem ou não ser relevantes no processo de tomada de decisão do seu negócio. Esses dados, por si só, não indicam se uma ação ou estratégia está alcançando os resultados esperados.

(Para entender mais sobre esse tema, leia nosso post com 9 métricas fundamentais para um Produtor digital.)

Agora, quando uma métrica se torna um fator importante para decidir qual ação será tomada, ela passa a ser um KPI.

Em outras palavras, KPIs não são métricas, mas uma métrica pode se tornar um KPI.

Quais são os tipos de KPIs?

Existem vários tipos de KPIs, mas vamos citar aqui somente aqueles que são os mais utilizados em negócios digitais.

Confira a seguir:

Taxa de conversão

Esse KPI faz referência, principalmente, à quantidade de visitantes que sua estratégia consegue levar a tomar uma ação.

Há vários tipos de conversão.

É muito importante, por exemplo, saber quantos visitantes do site baixaram um e-book ou se cadastraram na newsletter de seu blog, pois essa taxa vai ajudar a indicar os conteúdos que devem ser escritos ou passar por mudanças para agradar ainda mais sua audiência.

(Confira nosso post para entender o que é taxa de conversão e como você pode aumentá-la.)

Origem de tráfego (orgânico e pago)

Entender como seu tráfego está distribuído é essencial para um site ou blog fazer sucesso.

Em relação à origem de tráfego, não existe uma métrica perfeita, pois cada blog tem sua particularidade e, independentemente de ser do mesmo nicho ou não, eles podem contar com tráfego vindo de vários ou poucos canais.

Os dados mais relevantes que devem ser levados em consideração nesse caso são os canais com alta taxa de rejeição.

Se os visitantes que vêm do Instagram aumentam a taxa de rejeição de seu site, por exemplo, certifique-se de que os links de seu conteúdo publicado nessa rede coincidem com o texto do artigo publicado no blog.

Você também pode analisar o tráfego de aparelhos móveis proveniente do Facebook, já que a maior parte dessa mídia é consumida nesses dispositivos.

Existem diferentes tipos de tráfego, e os principais são:

Tráfego orgânico:

Representa o tráfego vindo de pesquisas em motores de busca que não é originado de maneira paga.

Tráfego direto:

É o tráfego direto para seu site, como quando o endereço de seu domínio é digitado na barra de endereços, ou através dos favoritos.

Tráfego pago:

É o tráfego que veio através de anúncios patrocinados em plataformas como Facebook e Google Adwords.

Se seus dados apontam fortemente para uma única fonte de tráfego, por exemplo, 90% de todo seu tráfego vem de pesquisa orgânica, isso pode sinalizar que você não está distribuindo seu tráfego corretamente ou que seu investimento em anúncios não está funcionando.

Você deve diversificar suas fontes de tráfego para não correr o risco de ficar dependente de apenas um canal.

O mais indicado é possuir redes sociais bem difundidas, conteúdo de qualidade e otimizado para motores de busca e parcerias com sites de seu nicho, por exemplo.

Aquisição de leads

A velocidade com que uma empresa consegue gerar leads é certamente o melhor exemplo de KPIs para seu sucesso no futuro.

Como há uma previsibilidade no processo de venda, a quantidade de leads que entram no topo do funil vai ajudar a determinar o resultado das vendas.

Assinantes do blog e da newsletter

A quantidade de assinantes do blog ou da newsletter é um dos KPIs essenciais para a estratégia de marketing digital de uma empresa.

Com esse indicador, é possível obter diversas informações importantes, como a quantidade de visitantes que se tornam assinantes e possíveis clientes.

Com os números da taxa de sucesso e rejeição em mãos, você pode tomar atitudes para melhorar os resultados.

Page views

Esse KPI consiste da quantidade de visualizações de sua página e do tempo de permanência dos usuários nela.

Se muitos visitantes estão acessando seu site e saindo rapidamente, significa, por exemplo, que a página que eles tentaram acessar está com algum problema ou o design e a copy não são atraentes.

Agora, caso o tempo de permanência seja maior, seus títulos são interessantes, seu design é atraente e tudo está funcionando bem.

Claro que esse KPI vai muito além disso, e, portanto, é importante para negócios digitais.

Interações sociais

Faz referência as curtidas, compartilhamentos e comentários em suas postagens e conteúdos.

Mas tome cuidado com as métricas da vaidade!

Leve em consideração apenas os indicadores mais relevantes para seu negócio (que é o que o torna um KPI).

Comentários e compartilhamentos são importantes e demonstram que seus leads e clientes estão engajados. Curtidas também têm sua importância, principalmente quando o objetivo de uma campanha é alcançar muitas pessoas.

Porém, nem sempre esse tipo de interação traz resultados realmente palpáveis e que ajudam financeiramente um negócio.

Conteúdos mais lidos

Esse tipo de KPI é relevante tanto para a manutenção do conteúdo quanto para a criação de novos ou a reestruturação do que já está publicado.

Ao criar novos artigos, busque tirar proveito dos pontos que deram certo no anterior ou fazer diferente o que não funcionou antes.

KPIs possibilitam que fórmulas de sucesso sejam replicadas e, inclusive, criadas.

Visitantes novos e recorrentes

KPI que permite separar visitantes que começaram a acessar seu site recentemente e visitantes que já acessam constantemente seu site.

Com esses dados é possível fazer um trabalho específico com cada um deles.

Melhores landing pages

Assim como o KPI de conteúdos mais lidos, com esse indicador, você pode replicar fórmulas de sucesso e melhorar suas landing pages existentes para que elas sejam ainda mais assertivas.

Como escolher seus KPIs?

A escolha dos KPIs mais importantes depende de uma análise do mercado no qual você atua e da situação em que sua empresa está inserida em cada momento.

Afinal, pode ser que um indicador seja importante agora, porém, daqui alguns meses, ele já não faça mais sentido para seu negócio.

Uma startup, por exemplo, pode dar preferência às métricas de aquisição de leads, já que estão crescendo rapidamente. Já uma empresa consolidada no mercado poderá estar mais atenta à taxa de conversão.

Por isso, os principais KPIs de uma empresa podem mudar de acordo com o momento do negócio e com a forma como você escolheu se posicionar frente ao mercado.

Além dessa análise interna, é essencial que a empresa faça também uma análise externa, para saber o que empresas com características semelhantes têm buscado e otimizado dentro desses indicadores.

Independentemente disso, você precisa entender que saber aplicar os KPIs em seu negócio é algo extremamente importante e está diretamente ligado ao sucesso de sua empresa.

Por esse motivo, defina quais são necessários no momento que sua empresa está vivendo e utilize-os sem moderação.

Agora que você já entendeu o que são KPIs e viu os principais para um negócio digital, aproveite para ver todas nossas dicas que ensinam como utilizar a análise de dados para expandir seu negócio.


Este post foi originalmente publicado em abril de 2018 e atualizado para conter informações mais completas e precisas.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.