Fechar

O que vender na internet? Confira os produtos mais lucrativos para investir

O comércio eletrônico não para de crescer. Se você quer saber o que vender na internet, leia nosso post e confira nossas dicas.

O que vender na internet - ilustração de um notebook com a tela aberta e um símbolo de carrinho de compras com cifrão dentro da cesta

Não é de hoje que o e-commerce vem sendo protagonista na economia brasileira. A cada ano, mais usuários estão comprando online, principalmente com a chegada da pandemia  de Covid-19.

Agora pense: se há mais pessoas comprando online, isso quer dizer que há muitas oportunidades de vender na internet, concorda? Segundo a MCC-ENET, só no primeiro semestre de 2021, as vendas online sofreram um aumento de 13%, somando aos 24% no faturamento total do e-commerce.

Em números podemos entender melhor a popularidade do comércio online: segundo o E-commerce Brasil, atingimos R$53,4 bilhões em vendas só no primeiro semestre de 2021, enquanto a Black Friday faturou R$4 bilhões na internet.

Portanto, há muitas possibilidades de crescimento nesse setor para quem escolhe trabalhar pela internet. Inclusive, as vantagens são muitas: 

  • tempo livre para se dedicar a outras atividades;
  • trabalhar sem sair de casa;
  • ter horário flexível;
  • baixo investimento inicial;
  • vender para um país ou mundo inteiro;
  • loja aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Porém, com tantas vantagens a pergunta que fica é: o que vender na internet? Preparamos este post para ajudar você, mostrando algumas das melhores opções do mercado.

Continue lendo e confira!

O que vender pela internet em 2022?

De modo geral, é possível vender qualquer item na internet, seja um produto ou serviço. Com tantas opções, pode ser até difícil escolher aquela com maior potencial de vendas e lucro. Porém, é preciso escolher o item que será vendido com base em alguns critérios.

Primeiramente, esse item fará parte do seu dia a dia, portanto você deve ter algum tipo de identificação com o que está comercializando. Além disso, o empreendedor que conhece o próprio produto consegue indicar as melhores soluções para os clientes.

Sabendo disto, que tal conhecer algumas opções para identificar algo do seu gosto? Confira a seguir.

262

1. Moda e acessórios

Muitas vezes, quando falamos sobre vendas online, logo pensamos em cursos online e e-books, não é mesmo? Entendemos que eles não necessitam de investimento grande e também não há estoque e entregas.

No entanto, produtos mais tradicionais também são ótimas opções para quem quer vender pela internet. Isso porque há sempre mercado para moda e acessórios, pois há consumidores de todas as idades, estilos, necessidades e renda procurando por esses itens.

262

Para se destacar, procure segmentar ao máximo o seu produto, pois é dessa forma que você consegue entregar exatamente o que certos tipos de consumidores procuram. Alguns exemplos são:

  • roupas infantis;
  • moda fitness;
  • moda praia;
  • moda plus size;
  • moda íntima;
  • roupas sociais;
  • calçados;
  • bolsas e carteiras;
  • brincos, pulseiras, colares, anéis, piercings;
  • óculos de grau e sol;
  • chapéus e bonés.

2. Cosméticos e perfumaria

Essa área é perfeita para quem sabe ouvir o mercado e seguir tendências. Ultimamente, os consumidores desse nicho estão preocupados com os impactos ambientais, assim como o nicho de roupas.

Por isso, quem oferece produtos ecológicos, sustentáveis e sem teste em animais sai ganhando. Estamos falando de produtos para cabelo, maquiagens orgânicas e veganas.

Então, se você acha inviável produzir, pense em revender as marcas já conhecidas do público, até porque muitos empreendimentos trabalham com revendas.

3. Itens de casa e decoração

Esse nicho faz muito sucesso entre os vendedores, porque o mercado está sempre lançando novas tendências e alguns produtos são pequenos o bastante para serem estocados em casa.

E não pense que somente o público mais velho se interessa por itens de casa e decoração. Os consumidores mais jovens estão conquistando independência financeira e saindo das casas dos pais e, portanto, eles também se interessam por esses produtos.

No geral, a busca por opções acessíveis e práticas são atraentes aos jovens, pois na maioria das vezes seus apartamentos são pequenos e alugados. Por isso, não estão dispostos a investir muito em decoração.

Sendo assim, aposte em objetos funcionais e personalizados capazes de ocuparem pouco espaço, como: 

  • quadros decorativos;
  • vasos de plantas;
  • recipientes para uso geral;
  • utensílios práticos para cozinha;
  • velas decorativas e aromáticas;
  • entre outros.

4. Artigos e produtos fitness 

A população está se preocupando cada vez mais com a saúde e bem-estar, basta ver a quantidade de aulas de exercício físico com milhões de visualizações no YouTube.

Pensando nisso, uma boa opção é investir na venda de artigos e produtos fitness. Isto é, suplementos alimentares, equipamentos para atividades físicas, moda fitness, marmitas saudáveis e muito mais.

5. Produtos digitais 

Se você não deseja manter estoque e não quer investir muito para começar, por que não escolher produtos digitais, como cursos, e-books, mentorias, consultorias e trabalho de afiliados? Você pode transformar o seu conhecimento e expertise em produto digital.

Hoje, há uma grande aceitação por esses produtos no mercado. Um e-book, por exemplo, é excelente para quem quer revisitar algo que já leu, pois só é necessário baixá-lo uma única vez.

Já na consultoria, é possível ajudar pessoas com os mais diversos interesses. Isso porque há a consultoria em vendas, marketing, finanças, gestão empresarial e recursos humanos. Basta escolher o tema que mais domina e encontrar o seu público.

Quanto aos cursos, saiba que cada vez mais usuários estão interessados na educação a distância. Ela oferece novas possibilidades tanto para alunos quanto para educadores. Sendo assim, se você é professor, você pode criar um curso online para vender na internet.

Entretanto, não pense que só quem cria produtos digitais pode comercializar online. Com o programa de afiliados, é possível vender algo feito por outras pessoas. Nesse caso, você vira promotor dos itens feitos por terceiros e ganha comissões para cada venda realizada.

4 dicas para ter um negócio online de sucesso

Depois de conhecer as suas opções para vender na internet, é hora de entender como ter um negócio de sucesso. Até porque, não basta somente escolher o que vender; é preciso compreender como gerar vendas e lucros.

1. Escolha um nicho de mercado

Atuar online significa enfrentar uma grande concorrência. Por isso, aposte na especialização de nicho. Escolha um e aprenda a ser referência no mercado. Isso significa fazer benchmarking, estudar o produto e todos os processos envolvidos com a comercialização dele.

Acima de tudo, escolha o nicho que você se identifique mais, como já mencionamos no começo do post. Dessa forma, atuar no nicho escolhido será mais prazeroso.

262

2. Não se esqueça do planejamento estratégico

Criar uma estratégia para vender mais pode ser crucial para a saúde do seu negócio. Não se esqueça de planejar todos os passos do consumidor interessado no seu produto. Além disso, crie estratégias para atrair quem não o conhece e não sabe que precisa da sua solução.

O planejamento estratégico envolve ter uma loja virtual bem estruturada — priorizando a experiência do cliente — diversificar os canais de atendimento, criar um funil de vendas para acompanhar a jornada dos clientes do primeiro contato até a compra, fidelização e muito mais.

3. Faça a gestão financeira do seu negócio

Além do planejamento estratégico, é preciso prestar bastante atenção na gestão financeira do negócio. Se for preciso, estude sobre fluxo de caixa, estoque, logística, viabilidade de descontos nos produtos, receita, gastos fixos e variáveis.

Dessa forma, será possível entender a real necessidade do seu negócio, além de ter mais assertividade para tomar decisões e realizar investimentos. 

4. Aposte em Marketing Digital

O marketing digital ajuda negócios de todos os tamanhos, até mesmo os autônomos. Inclusive, para quem não possui os mesmos recursos e contatos de um empreendimento de grande porte, o marketing digital se torna uma ferramenta poderosa.

Com ele é possível descobrir onde o seu público-alvo está, criar canais de comunicação, atrair clientes por meio do conteúdo textual e visual, construir presença nas redes sociais, fidelizar e transformar clientes em promotores da marca, e muito mais.

Conheça o mercado de Afiliação!

Até aqui você identificou as maiores vantagens de vender na internet, certo? Isto é, a flexibilidade e independência que um negócio próprio oferece é bem atraente para quem está começando ou até mesmo para quem deseja mudar de nicho.

Agora, se você realmente não deseja criar o seu próprio produto digital, aposte no trabalho de afiliados. Essa é uma ótima maneira de colocar o pé dentro do mercado online. Falamos brevemente sobre o assunto ao longo do texto, mas se quiser saber mais é só clicar no link acima para ficar por dentro de tudo!