Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

O que é e como escolher uma plataforma de cursos online? 7 dicas para escolher a melhor para seu negócio

Entenda tudo sobre essa ferramenta de ensino online e confira dicas para escolher a plataforma de cursos online mais adequada para o seu negócio.

O que é e como escolher uma plataforma de cursos online? 7 dicas para escolher a melhor para seu negócio

Depois de muito planejamento, você finalmente decidiu atuar no mercado de educação a distância compartilhando com mais pessoas os seus conhecimentos e habilidades.

Você fez tudo como manda a cartilha: estudou o mercado, definiu um tema para o seu curso online, planejou as aulas, elaborou materiais e produziu o conteúdo.

Mas e agora? Qual o próximo passo? Como começar a vender o seu curso online para o público de maneira segura e eficiente?

A resposta é simples: com uma plataforma de cursos online.

Esse tipo de ferramenta permite não apenas hospedar o conteúdo das suas aulas virtuais, mas também oferecer uma experiência de aprendizado mais completa, conectando professores e alunos.

Para ajudar você a escolher a plataforma de cursos online mais indicada para as suas necessidades, preparamos este conteúdo. Reunimos todas as informações que você precisa ter para definir a ferramenta ideal para o seu negócio.

Veja só o que você vai aprender:

Índice
O que é uma plataforma de cursos online Como funciona uma plataforma de cursos online Como escolher a melhor plataforma para o seu negócio 5 erros para evitar ao contratar uma plataforma de cursos online 

O que é uma plataforma de cursos online?

Para você entender melhor para que servem essas plataformas, imagine a seguinte situação:

Maria entende muito sobre finanças pessoais e quer compartilhar esse conhecimento com outras pessoas na forma de um produto que ela consiga vender na internet. Ela se prepara, organiza todo o conteúdo que vai compartilhar e cria um curso online que tem tudo para ser um sucesso no seu nicho.

Entretanto, ela não sabe nada (ou muito pouco) sobre tecnologia, design, computação e todos os outros conhecimentos necessários para colocar o curso no ar e garantir que o aluno consiga acessar todo o conteúdo preparado.

É aqui que entra a plataforma de cursos online, uma ferramenta que permite que o empreendedor suba os seus conteúdos — como vídeos, slides e ebooks — e crie um espaço personalizado para vender um curso online e compartilhar seu conhecimento com mais pessoas.

Essas plataformas oferecem tranquilidade para que qualquer pessoa tire suas ideias do papel sem se preocupar com questões técnicas muito complicadas na hora de entregar o conteúdo para o cliente.

As plataformas de cursos online são criadas por empresas especializadas nesse assunto e que disponibilizam todas as ferramentas necessárias para oferecer algo valioso para os alunos. Além disso, elas podem te ajudar a transmitir uma imagem profissional e ganhar credibilidade no mercado.

Se você está começando no mercado digital agora ou se já tem um curso online, é importante entender bem como funcionam as plataformas para saber qual é a melhor opção para você.

Como funciona uma plataforma de cursos digitais?

Existem várias opções de plataformas no mercado e cada modelo funciona de uma maneira diferente.

Algumas têm recursos mais avançados, enquanto outras oferecem apenas os serviços mais básicos. Por isso é importante fazer uma pesquisa detalhada antes de escolher a plataforma para hospedar o seu curso online.

Contudo, quando você compreende o funcionamento geral desse tipo de serviço, fica mais fácil identificar se a opção escolhida tem todas as ferramentas que você precisa.

Basicamente, a plataforma deve automatizar todos os processos relacionados à publicação, distribuição e pagamento do seu produto digital.

Ou seja, o seu sistema precisa ser capaz de:

  • Armazenar o curso online no formato em que foi criado (videoaulas, e-books, podcasts, entre outros);
  • Entregar o conteúdo para o cliente com qualidade, sem falhas ou interrupções;
  • Garantir segurança e comodidade na hora da compra, tanto para o empreendedor quanto para o aluno;
  • Oferecer um canal de comunicação entre o Produtor (pessoa que cria o curso online) e o cliente, para dúvidas, sugestões e informações adicionais;
  • Conectar o Produtor às melhores estratégias de vendas, como os programas de Afiliados.

Quer saber como criar um curso online? Então, confira nosso material gratuito com dicas para fazer videoaulas incríveis. É só tocar no botão abaixo:

Como escolher a melhor plataforma de cursos online?

Para que tudo isso que falamos no tópico anterior funcione corretamente, a plataforma escolhida precisa ter algumas características.

1. Adaptada a smartphones e tablets

Nós já passamos da época em que as pessoas acessavam a internet apenas pelo computador. Hoje, o mais comum é que os usuários consumam todo tipo de conteúdo em seus celulares e tablets, devido à mobilidade e praticidade oferecidas.

Assim, eles conseguem assistir a vídeos, ler textos e ouvir conteúdos entre uma atividade e outra, no trânsito ou até mesmo enquanto realizam alguma outra tarefa.

Ao entrar no mercado digital, você precisa compreender essa demanda e estar pronto para atendê-la.

Por isso, é importante investir em cursos online mobile friendly, ou seja, que se adaptam a qualquer tipo de tela e podem ser acessados nos diversos dispositivos móveis.

Quando o empreendedor investe em uma página com design responsivo, ele possibilita que o aluno acesse o seu curso online quando e de onde estiver, sem que isso prejudique a sua experiência ou afete a qualidade do material.

2. Totalmente customizável

Falamos anteriormente que o mercado de educação a distância está em crescimento, certo?

Sendo assim, a concorrência está alta e os empreendedores precisam se esforçar para entregar conteúdos ricos e, mais do que isso, oferecer vantagens para os seus alunos.

Uma plataforma de cursos online personalizável garante que o seu curso vai ter uma aparência que representa a sua marca, além de permitir que você se comunique com os seus alunos exatamente como deseja.

Essas customizações se referem às cores e detalhes do layout, organização do conteúdo dentro da página, inclusão de espaços para comunicação, como fóruns e chats, botões de compartilhamento, possibilidade de marcar os módulos concluídos, entre outros fatores.

Busque uma plataforma que possibilite que você construa uma identidade visual e personalize a página de acordo com o público que pretende atingir.

3. Ambiente de aprendizagem virtual

Como você viu, a plataforma de cursos online deve ser mais do que apenas uma página para você colocar as suas aulas. Ela precisa ter funcionalidades que facilitem o gerenciamento das informações e a relação entre professores e alunos.

Esse serviço, conhecido como Ambiente de Aprendizagem Virtual (AVA), é o que possibilita que todo o ensino aconteça virtualmente, sem que ninguém tenha que se deslocar para assistir ou lecionar as aulas.

O objetivo é replicar o ambiente de uma sala de aula no meio online, sem que isso afete a qualidade da educação.

O AVA deve permitir também que as avaliações sejam realizadas totalmente online, em dias e horários definidos anteriormente ou dentro de um período previamente estipulado pelo professor.

Além disso, toda a comunicação deve ser feita dentro da plataforma, garantindo que os alunos conversem entre si e consigam acessar o professor para fazer perguntas ou compartilhar informações.

4. Segurança total de dados

Por mais que as pessoas estejam habituadas a usar a internet, ainda há muita desconfiança na hora de fornecer dados pessoais e efetuar pagamentos.

Por isso, você precisa ter o cuidado de escolher uma plataforma online que transmita segurança e seja antifraude.

As pessoas precisam compreender, logo de início, que você se preocupa com elas e, por isso, investiu em formas de pagamento confiáveis, com boas políticas de reembolso e o máximo de praticidade na hora de finalizar a compra.

Essa característica, além de ser importante para você se destacar no mercado e ganhar a confiança dos usuários, é uma obrigação de todo empreendedor que lida com o dinheiro e com informações sigilosas dos seus clientes.

Então, na hora de escolher uma plataforma para seu curso online, certifique-se de que ela segue os parâmetros exigidos pelo GDPR (General Data Protection Regulation ou Regulamento Geral de Proteção de Dados, em português) e pela LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

5. Liberdade para usar diferentes formatos de conteúdo

Na hora de escolher o formato do conteúdo dos seus cursos, é provável que você tenha optado por aquele que considera melhor e mais compatível com as suas habilidades e com as preferências do seu público.

Porém, nada impede que você produza alguns materiais em outros formatos para diversificar as aulas e oferecer possibilidades diferenciadas para seus alunos.

Quem foca em videoaulas, por exemplo, pode criar um e-book para abordar um tema específico com mais detalhes ou disponibilizar a aula também em um arquivo de áudio, para que os alunos otimizem o tempo de estudo escutando o conteúdo durante outras atividades.

O problema é que nem todas as plataformas permitem essa liberdade de criação. Então, fique de olho para escolher uma opção na qual isso seja possível.

6. Suporte para o Produtor, Afiliado e Comprador

O processo de venda de um curso online envolve três personagens fundamentais:

  • Produtor, que usa o seu conhecimento para criar os produtos digitais;
  • Afiliado, que é o especialista em vendas que vai divulgar o curso em troca de comissões;
  • Comprador, que, nesse caso, é o aluno que vai assistir às suas aulas.

A plataforma de cursos online ideal é aquela que faz a intermediação entre essas pessoas, oferecendo todo o suporte necessário para que todas tenham a melhor experiência possível.

O Produtor precisa ter facilidade na hora de fazer o upload das aulas e gerenciar todas as informações dos seus alunos.

Já o Afiliado precisa reconhecer as vantagens das comissões oferecidas e ter acesso a tudo o que precisa para divulgar o produto com assertividade.

Por fim, o cliente precisa se sentir bem atendido e ter as suas dores solucionadas, ou seja, ele precisa se sentir satisfeito com o que foi entregue.

7. Gratuidade para usar

Você vai encontrar plataformas pagas e gratuitas. Então, depois de analisar se o serviço que você escolheu tem todas as características que mostramos, esse é o momento de pensar nos seus recursos financeiros.

A maioria dos empreendedores que começam a produzir um curso online não têm muito dinheiro para investir ou não querem se arriscar financeiramente em um negócio novo.

Por isso, uma plataforma gratuita pode ser a melhor escolha.

Ao optar por uma que não cobra nada para hospedar o curso, o Produtor pode se preocupar praticamente apenas com os gastos para a produção do conteúdo, o que é um ótimo incentivo para quem está começando.

Um exemplo de plataforma para cursos online gratuita é a Hotmart, que recebe apenas comissões por venda, ou seja, você só vai precisar pagar uma tarifa quando já estiver recebendo pelo seu trabalho.

5 erros para evitar ao contratar uma plataforma de cursos online 

Contratar uma boa plataforma para hospedar o seu conteúdo é essencial para que o seu curso online tenha sucesso e que os alunos tenham uma boa experiência de aprendizado.

Mas, além dos requisitos que a ferramenta precisa, também é importante prestar atenção em alguns erros que podem prejudicar o desempenho do seu curso online e, consequentemente, o seu negócio.

Confira abaixo tudo o que NÃO fazer ao escolher uma plataforma de cursos online:

1. Não entender as necessidades do seu curso

Antes de contratar uma plataforma para hospedar os seus conteúdos, é importante analisar quais as funcionalidades e recursos básicos que você está procurando.

Por exemplo, se o seu curso online possui diversas videoaulas, não faz sentido contratar uma plataforma que não oferece suporte a conteúdos em vídeo.

Ao mesmo tempo, se durante o seu curso você quiser disponibilizar materiais complementares, como folhas de exercícios, ebooks ou áudios, a plataforma de cursos online precisa suportar esses formatos e disponibilizar um espaço onde os alunos possam acessar esses conteúdos.

2. Ignorar a reputação da empresa

Outro erro que muitos Produtores iniciantes cometem é ignorar a reputação da ferramenta e também da empresa que a desenvolveu.

Quando você hospeda um conteúdo em uma plataforma EAD, o seu nome e o seu negócio estarão atrelados ao nome da plataforma escolhida. Sendo assim, se essa ferramenta tiver uma baixa reputação ou uma imagem negativa no mercado, é possível que o seu conteúdo não seja bem recebido pelo público.

Por isso, antes de contratar uma plataforma, pesquise a reputação da plataforma e da empresa que a desenvolveu. Você pode procurar pelos comentários dos usuários nas redes sociais, sites especializados e em ferramentas como o Reclame Aqui.

3. Não se preocupar com integrações

Quem já tem um pouco mais de experiência no mercado digital sabe que não basta apenas publicar o curso online. É preciso divulgá-lo para o maior número possível de alunos em potencial usando estratégias de tráfego orgânico e pago, redes sociais e email marketing.

Por isso, é imprescindível que a plataforma escolhida ofereça integrações com outros serviços para acompanhar de perto o desempenho das estratégias de marketing do seu negócio digital.

Se você pretende criar anúncios no Facebook, por exemplo, a ferramenta precisa oferecer suporte ao Pixel do Facebook para você medir e otimizar os resultados das suas campanhas na rede social.

4. Utilizar ferramentas instáveis

Muitas pessoas resolvem hospedar seus cursos na plataforma com as menores tarifas do mercado, deixando de avaliar se as ferramentas e serviços que ela oferece são instáveis e confiáveis.

Embora a intenção seja economizar, essa não é a melhor postura na hora de escolher uma plataforma de cursos online.

Caso a plataforma apresente falhas de acesso ao conteúdo, como players de vídeo apresentando erros e lentidão durante a navegação, por exemplo, isso pode prejudicar a experiência dos alunos e a imagem do seu negócio.

Mesmo que uma plataforma cobre um pouco mais por cada venda realizada, se as ferramentas e serviços forem estáveis e confiáveis, o custo-benefício para o seu negócio será muito maior.

5. Escolher uma plataforma sem área de membros

Por fim, outro erro bastante comum cometido por quem busca uma plataforma de cursos online é escolher uma ferramenta que não conta com uma área de membros.

A área de membros é uma área reservada aos alunos, onde eles podem acessar conteúdos complementares, participar de fóruns de discussão, publicar dúvidas e comentários, entrar em contato com o professor, entre outras funções.

Para o Produtor de conteúdo, a área de membros permite acompanhar o aprendizado de cada aluno, gerenciar a liberação dos módulos do curso e acompanhar a geração de leads.

Ou seja, contar com uma plataforma com um sistema de membros abre muitas portas para quem deseja empreender no mercado de educação a distância. Se você é um empreendedor iniciante ou está à procura de um novo espaço para hospedar o seu curso, considere isso quando escolher o melhor serviço.

Escolha a melhor plataforma de cursos online para o seu negócio

Percebeu como é importante escolher uma boa plataforma online para hospedar o seu material e já sabe exatamente o que deve buscar nesse tipo de serviço?

Uma boa plataforma de cursos online deve contar com as ferramentas adequadas para o seu modelo de negócios, ser confiável, personalizável e possuir uma área de membros onde você poderá acompanhar de perto o desenvolvimento dos seus alunos.

Se você está pensando em começar a trabalhar com cursos online e quer conhecer um pouco mais sobre plataformas, confira neste post tudo sobre o Hotmart Club, a plataforma EAD da Hotmart.


Este post foi originalmente escrito em agosto de 2018 e atualizado para conter informações mais completas e precisas.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.