Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Descubra por que o seu negócio precisa ter um podcast corporativo

Descubra por que o seu negócio precisa ter um podcast corporativo

Os podcasts invadiram o ambiente corporativo! Aprenda tudo sobre esse tipo de programa.

Você com certeza não saberá dizer um tipo de mídia que tenha crescido de maneira tão grande quanto o Podcast. Acertamos?

E não é pra menos. O streaming de áudio tem se tornado vício na internet mundial e aqui no Brasil é cada vez mais recorrente, sejam os amadores ou mais profissionais, feito por canais de Youtube, páginas de Facebook e Instagram.

As empresas também têm voltado seus olhos para essa mídia, criando o que chamamos de podcast corporativo. 

Tratam-se de podcasts criados por empresas e negócios para se comunicarem tanto com o público interno quanto com os consumidores finais.

E neste post, você vai saber tudo sobre o podcast corporativo e entender como ele pode ajudar o seu negócio a conquistar o público e fortalecer parcerias.

O que é um podcast corporativo 

O nome não deixa muitas dúvidas, mas talvez ele ainda não seja muito utilizado por aqui no Brasil.

O conteúdo, neste caso, faz parte da estratégia e marketing de um negócio, seja de produção própria ou patrocinado.

Como todo podcast, um assunto é discutido em um programa, com convidados ou somente um especialista falando sobre o tema, que deve se relacionar ao negócio. Isso permite que a marca se torne referência. Além, lógico, de se aproximar mais do seu público-alvo.

Um podcast convencional não necessariamente tem essa pretensão. Ainda que quem produza com regularidade esse conteúdo se torne um porta-voz ou referência em um nicho de mercado, não costuma ter o objetivo de atrair clientes como acontece no caso do podcast corporativo.

Por que o seu negócio precisa de um podcast corporativo?

Não faltam motivos para que o seu negócio comece agora mesmo um podcast pra chamar de seu.

É barato, fácil de fazer e, melhor ainda, fácil de consumir. Mas não é só isso.

Confira alguns dos motivos pelos quais a sua marca precisa produzir um podcast corporativo:

Custo-benefício

Como você acabou de ler, o podcast corporativo é barato de produzir.

Claro, para ter um áudio bom, é preciso ter equipamentos de qualidade. Mesmo assim, o custo de produção é infinitamente menor se comparado à produção de um vídeo, por exemplo.

A divulgação também não é muito onerosa e, com uma estratégia de marketing digital certeira, você consegue chegar fácil ao ouvinte, seja pelos agregadores de podcasts ou por sites especializados.

Conteúdo flexível

Quando você assiste a um vídeo? Onde? De que maneira – online ou off-line?

O podcast é uma mídia maleável quanto a todas essas questões. O ouvinte pode escutá-lo quando quiser, sem necessariamente parar o que está fazendo para consumir o conteúdo. 

Dá para escutar trabalhando, no carro, no ônibus ou em casa, ao final do dia. E baixar os arquivos é fácil, já que eles são relativamente leves.

Por isso, a quantidade de pessoas escutando podcasts tem aumentado muito, justamente por ser fácil de ser consumido.

Ouvintes mais engajados

Quem ouve podcast, ama podcast.

Esse fato mostra que a audiência é mais qualificada e engajada que a de outros tipos de conteúdo.

Algumas pesquisas indicam, ainda, que boa parte desse público gosta de escutar podcasts por mais tempo que o normal.

Por isso, um podcast corporativo, é uma boa ferramenta para divulgar a sua marca para um nicho específico e ainda estabelecer um relacionamento mais próximo com ele.

Mais presença online para o seu negócio

A internet está cheia de oportunidades para a sua marca conquistar espaço. E o podcast para empresas é um desses meios.

Com o alto poder de adesão do público, as organizações encontram no streaming de áudio um campo repleto de boas oportunidades.

É sempre bom lembrar que o público é muito variado, que consome os mais diversos formatos. Por isso, quanto mais sua empresa se diversificar, maiores as chances de alcançar outras audiências.

Formatos de podcast corporativo 

Conhecer essa mídia e saber os motivos pelos quais sua empresa deve utilizá-la são fundamentais. Mas, quais são as possibilidades que ela oferece?

Além de ser uma opção entre muitas outras, o podcast corporativo é bastante versátil e apresenta diversos formatos. 

Algum deles pode se encaixar melhor no perfil do seu negócio e no seu objetivo. Confira:

1. Entrevista 

Esse tradicional formato jornalístico é usado quando há um apresentador e um especialista conversando sobre um tema determinado.

Aqui, não há mistério. O apresentador faz uma série de perguntas, estimulando o entrevistado a falar sobre o tema do programa.

Aproveite esse formato de podcast para convidar as maiores referências e especialistas do mercado. Isso mostra para o público que você está atento às tendências.

2. Painel 

Já esse formato é aquele que podemos de chamar de mais tradicional da podosfera. 

Consiste em um grande bate-papo entre um apresentador e convidados, como se fosse uma mesa-redonda.

O interessante é que, assumindo essa característica, o podcast corporativo apresenta diversos pontos de vistas diferentes, o que gera debate e, consequentemente, o engajamento do público, que se vê motivado graças à troca de ideias. 

3. Informativo 

Já esse modelo é o que se aproxima mais com os programas de rádio – o que, inevitavelmente, causa comparações com seu “irmão mais velho”. 

Como o próprio nome diz, é uma espécie de noticiário, em que são expostos fatos relativos ao universo da marca.

O desafio é manter o conteúdo relevante pelo maior tempo possível, já que notícias podem ficar desatualizadas rapidamente.

Ao mesmo tempo, essa é uma oportunidade de explorar assuntos relacionados ao seu negócio e testar abordagens diferentes.

4. Individual 

Já o podcast individual é muito usado por empreendedores que carregam a sua própria marca. Neste caso, uma pessoa explora um assunto a partir do seu próprio ponto de vista.

Para negócios maiores, esse modelo de podcast corporativo é a oportunidade de mostrar a variedade de especialistas que fazem parte do time da marca, aumentando ainda mais o interesse da audiência.

Esse modelo é também o mais fácil de produzir, já que é necessário apenas uma pessoa, o que torna a edição mais simples.

Como fazer um podcast para o seu negócio

Mesmo com toda a facilidade e simplicidade, a produção do contéudo de um podcast corporativo necessita de alguns cuidados para manter a qualidade.

E o primeiro grande desafio é a escolha dos convidados e de apresentador, da periodicidade e, claro, dos agregadores onde o programa será divulgado. 

A seguir, você confere um passo a passo com o que é preciso para criar um podcast para o seu negócio:

Planejamento

Nesse aspecto, você estipula metas: número de acessos, quantidade de downloads, aumento de seguidores etc.

Defina esses KPIs de maneira bem objetiva, sempre pensando, também, em sua estratégia de marketing digital.

Tenha uma persona 

Personas são fundamentais para qualquer estratégia de comunicação e não seria diferente para a produção de um podcast corporativo.

É a partir das características dela que você pensará melhor no roteiro do seu programa e no tom de voz da conversa.

Essa persona pode até ser diferente da persona do seu negócio, mas não destoe muito!

Crie uma identidade visual

É claro que você pode aproveitar a identidade visual da sua marca, mas a ideia é que o podcast tenha uma identidade própria para que o ouvinte identifique o produto de cara, como se fosse uma “embalagem”. 

Esse aspecto também passa por elaborar um nome criativo. 

Tenha uma pauta

A pauta do seu programa precisa se relacionar ao universo da empresa e aos interesses da sua audiência que você quer atingir. 

Selecione temas, pesquise a respeito e faça um texto atraente e que esteja de acordo com seus objetivos. Se houver convidados, repasse o assunto antecipadamente para eles, até mesmo para que eles se organizem com antecedência. 

Lembre-se do roteiro

Não importa se seu programa terá apenas uma pessoa ou mais: o roteiro te ajudará a organizar melhor as ideias, facilitará a edição e controlará o tempo do programa.

Aliás, a duração também deve ser pensada com cautela e estar de acordo com a audiência que você quer atingir: algumas pessoas gostam de programas longos e outras não.

Tenha isso em mente ao planejar seu podcast.

Faça edições incríveis

Antes de editar seu podcast, é importante gravar o programa utilizando equipamentos de qualidade, como microfones condensadores, e em locais pouco barulhentos, de preferência com isolamento acústico.

Assim, a edição do seu “cast” servirá apenas para amenizar eventuais erros de gravação e fazer o programa ser mais atraente e dinâmico.

Alguns softwares de edição de áudio ajudam a nivelar vozes, diminuir ruídos e a cortar partes ou que sejam desinteressantes ou que quebram muito o ritmo do podcast. 

Ah! E não se esqueça de inserir trilhas, efeitos sonoros e vinhetas. Elas ajudam a tornar o conteúdo mais agradável e até mesmo a identificar o seu conteúdo. 

Faça o seu podcast corporativo aparecer no Google!

O podcast corporativo permite divulgar a sua marca, alcançar novos públicos e agregar valor aos seus produtos e serviços. 

Esse tipo de conteúdo pode ser uma ótima ferramenta para o seu negócio, desde que bem planejado e feito com cuidado.

Mas não adianta nada criar um podcast incrível se ninguém conseguir encontrá-lo, não é mesmo?

Por isso, não deixe de conferir como otimizar seu podcast corporativo para os mecanismos de busca e fazer ele aparecer nas primeiras posições do Google!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.