Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Dicas e sites para fazer seu portfólio online grátis

Dicas e sites para fazer seu portfólio online grátis

Confira 4 plataformas e sites para criar portfólio e 6 dicas para aprimorá-lo.

O portfólio online é, basicamente, um material que reúne todas as informações e os melhores trabalhos de um profissional.

Ele serve como uma apresentação do seu potencial e é um complemento importante do seu currículo. Afinal, enquanto o currículo é uma descrição textual de competências, o portfólio mostra para os possíveis clientes e empresas exatamente aquilo que o profissional consegue produzir.

Pessoas de diversas profissões podem criar um portfólio online para se destacar no mercado.

Porém, o material é mais vantajoso e essencial para quem trabalha em áreas como redação, design, fotografia e publicidade, por exemplo.

Quem está entrando no mercado digital costuma ter muitas dúvidas sobre esse assunto e acaba ficando meio perdido na hora de montar o arquivo.

Se esse é o seu caso, não deixe de ler este texto, pois vamos mostrar como criar um portfólio online completo e eficiente.

A importância do portfólio

A maioria dos profissionais autônomos usa a internet para se apresentar e divulgar o seu trabalho.

Isso faz com que as pessoas e empresas, que querem contratar alguém, tenham mais dificuldade para analisar todas as opções e encontrar o profissional ideal para o serviço que precisam.

Além disso, como os contratantes vão saber que um profissional encontrado online consegue, realmente, fazer algo com a qualidade e os detalhes que eles precisam?

Nem sempre a formação é garantia de um bom trabalho.

A experiência e os projetos concluídos dizem muito sobre sua capacidade como profissional, especialmente se o seu trabalho exigir habilidades artísticas, criatividade ou desenvoltura na comunicação escrita.

O portfólio online serve, então, para mostrar para os seus possíveis clientes todo o valor que você consegue entregar.

Isso é importante principalmente para os freelancers, que raramente têm contato presencial com os clientes. Por isso, esse recurso é a melhor maneira de encantar os clientes com a qualidade do seu trabalho.

Tipos de portfólio online

Agora que você já sabe a importância de ter um portfólio online, precisa conhecer as ferramentas que podem ser usadas para a sua criação.

Há alguns anos, era comum os profissionais elaborarem portfólios físicos, com todos os seus melhores trabalhos impressos.

Mas, como dissemos anteriormente, não são todas as pessoas que se encontram presencialmente com os clientes, o que torna desnecessário imprimir tantas folhas para guardar o material no armário.

Se sua ideia é atrair clientes no ambiente virtual, o portfólio online é a melhor opção.

No formato digital, é possível criar um arquivo em PDF ou por meio de plataformas online. Vamos especificar a seguir como funciona cada um dessas opções.

PDF

É difícil encontrar alguém que nunca tenha aberto pelo menos um arquivo PDF.

O formato é muito usado em documentos que não podem ser alterados pelo leitor como, por exemplo, e-books, notas fiscais, trabalhos de conclusão de curso e contratos.

Ao criar um portfólio online em programas como o Power Point e salvá-lo como PDF, todas as páginas ficam reunidas em um único documento, o que facilita a visualização dos seus trabalhos.

Além disso, o arquivo pode ser encaminhado por e-mail ou até mesmo por mensagem, já que a maioria dos dispositivos tem os recursos necessários para abrir documentos nesse formato.

Plataformas online

O profissional também pode criar e disponibilizar o seu portfólio em uma plataforma online específica para isso.

As plataformas, além de serem espaços para hospedar os arquivos, servem como uma ponte entre profissionais e clientes, por isso têm sido tão usadas.

Ao se cadastrar, você consegue visualizar os projetos de outras pessoas da área, ter ideias inspiradoras sobre como criar o seu portfólio online e, ainda, elaborar e divulgar o que você faz para várias pessoas ao mesmo tempo.

Ao contrário do arquivo PDF, que precisa ser diretamente encaminhado para as pessoas, nas plataformas online e em sites, clientes e empresas descobrem os profissionais através dos seus portfólios e podem entrar em contato com os seus preferidos.

Existem várias plataformas e sites disponíveis na internet. A seguir, veja alguns dos principais.

Plataformas e sites para criar portfólio online

Behance

O Behance é uma plataforma gratuita pertencente ao grupo Adobe e é uma das mais famosas para criar portfólio online.

Você precisa apenas criar uma conta para começar e incluir pastas de projetos com imagens e textos.

Além disso, o Behance é uma comunidade de inspiração entre profissionais. Você pode visualizar projetos de pessoas do mundo inteiro e compartilhar os seus publicamente.

Essa plataforma é muito utilizada por profissionais da área de comunicação, design, artes e publicidade.

Carbonmade

O Carbonmade é também uma plataforma de criação de portfólio online, mas, diferentemente da última, esta é paga e a plataforma é toda em inglês.

Apesar disso, é muito fácil de usar e você pode, inclusive, adicionar arquivos de vídeo.

Uma outra vantagem é que sua página pode ser personalizada de acordo com seu estilo, usando cores e estruturas diferentes.

Wix

Já o Wix é um construtor de sites simples e gratuito, mas também possui versões premium se você desejar recursos mais avançados.

Com ele, você conta com algumas opções de templates para criar seu próprio site de portfólio e exibir seus trabalhos em um espaço que é só seu.

O único ponto negativo é que, ao contrário das plataformas, você não estará inserido numa comunidade em que poderá ser encontrado por acaso. Você terá que fazer seu site chegar até seu potencial cliente ou recrutador.

WordPress

O WordPress também é um construtor de sites, mas só possui planos pagos, só que os preços são bem acessíveis.

Com ele você tem várias opções de template, diversas funcionalidades e ampla possibilidade de personalização para deixar seu portfólio online com a sua cara.

Portanto, se você busca um toque a mais de profissionalismo, esta é a opção ideal. No entanto, lembre-se que as pessoas não encontrarão seus trabalhos tão facilmente, por isso os esforços com divulgação terão que ser maiores.

Dicas para fazer um portfólio atrativo

Independentemente do tipo de portfólio que você for fazer, é preciso ficar atento a alguns detalhes para que ele fique realmente atrativo e te faça atrair mais clientes ou conseguir o emprego desejado.

1. Fale sobre você

Muitas vezes, o portfólio será a sua única oportunidade de se apresentar para o contratante, principalmente se ele não pedir para enviar o currículo.

Por isso, a primeira parte do seu portfólio deve funcionar como um minicurrículo, para que o cliente conheça a sua trajetória profissional, tenha acesso aos seus contatos e identifique o seu perfil.

Fale sobre você de maneira resumida e objetiva, mostrando as habilidades que adquiriu nas suas experiências de trabalho e acadêmicas, se for o caso.

Relate brevemente os projetos concluídos, os seus maiores clientes, cursos e trabalhos voluntários que realizou e quaisquer outras atuações na área.

Em plataformas especializadas em portfólios, como as que citamos anteriormente, muitas vezes já há um espaço para colocar esse resumo sobre você. Não deixe em branco!

2. Deixe as informações acessíveis

Na era da internet, todo mundo quer ter a chance de verificar as informações encontradas.

Por isso, certifique-se de que todos os dados incluídos no seu portfólio online estejam acessíveis.

As informações de contato precisam estar completas e facilmente compreensíveis.

Lembre-se que os seus clientes podem estar em qualquer lugar do mundo. Então, coloque os seus telefones com os códigos e prefixos, deixe os seus e-mails visíveis no portfólio e coloque os links das redes sociais mais importantes, como Facebook e LinkedIn, onde o contratante pode saber mais sobre você e o que você faz.

Se você tem trabalhos publicados em blogs ou sites, também não se esqueça de adicionar os links.

3. Divulgue seus melhores trabalhos

Se você está no início da carreira, pode ser necessário adicionar praticamente todos os seus trabalhos para dar volume para o seu portfólio online.

Conforme sua experiência for aumentando, separe apenas os melhores trabalhos, ou seja, aqueles que têm maior chance de encantar seu cliente ou a empresa para qual você quer entrar.

O importante é chamar a atenção e fazer com que as pessoas percebam a qualidade do que você faz.

4. Organize seu portfólio

Se a primeira impressão é a que fica, você não pode transmitir uma imagem desorganizada e confusa em seu portfólio, não é mesmo?

É essencial deixar todas as informações bem organizadas e em uma ordem lógica, para que as pessoas consigam encontrar tudo o que procuram com facilidade.

Na maioria das vezes, o contratante analisa vários portfólios para encontrar o profissional ideal. Se ele se deparar com um material difícil de compreender, as chances de eliminar essa pessoa antes mesmo de conhecer o seu trabalho são enormes.

Por isso, escolha um padrão e use-o em todo o conteúdo do seu portfólio online.

5. Crie peças fantasmas

Se você está começando agora e ainda não tem nenhum trabalho para colocar no portfólio, não se desespere!

É possível criar um portfólio online interessante, mesmo sem ter sido contratado anteriormente. Senão, como os iniciantes conseguiriam entrar para o mercado?

Para isso, existem as peças fantasmas, ou seja, trabalhos realizados para clientes que não são reais.

Pode parecer estranho à primeira vista, mas essa é uma prática comum entre os profissionais.

Nesse caso, você pode criar peças para um cliente totalmente fictício ou para marcas que realmente existem e que sejam, preferencialmente, conhecidas no mercado.

Se você está na faculdade, vale caprichar nos trabalhos acadêmicos e incluí-los em seu portfólio.

Crie o material como se tivesse sido contratado e, no caso das marcas famosas, use todo o seu potencial para criar algo de nível igual ou superior ao que elas fazem usualmente.

6. Seja original

Parece óbvio falar de originalidade aqui, já que estamos falando de um portfólio online individual.

No entanto, infelizmente ainda existem muitos profissionais que adicionam trabalhos de outras pessoas ou modificam apenas pequenos detalhes e apresentam como se fossem seus.

Para se destacar e montar um portfólio online realmente interessante, use apenas os seus próprios trabalhos e escolha aqueles que apresentam o que você consegue fazer.

Se você criou algo incrível junto com algum colega, pense se seria capaz de reproduzir algo parecido sozinho.

Se a resposta for não, evite colocar essa peça no seu portfólio para não correr o risco de receber demandas que não consegue atender.

Além disso, coloque os trabalhos que apresentam bem os seus diferenciais em relação aos concorrentes, para demonstrar que seu trabalho é único e valioso.

Se você tem uma especialidade e sabe que se destaca em um determinado tipo de trabalho, mostre isso no seu portfólio, pois pode ser o detalhe que vai fazer a diferença na hora da contratação.

Invista em sua carreira

Deu para perceber que o portfólio online é uma ferramenta essencial para sua carreira, não é mesmo?

Então, se você está buscando novas oportunidades e precisa se destacar dos concorrentes, siga todas as nossas dicas para criar um material atrativo.

Quem trabalha como freelancer, principalmente, deve saber tudo sobre o assunto, pois o portfólio online é a sua chance de se apresentar, mostrar os seus pontos fortes e conseguir cada vez mais trabalhos.

Você ainda não é freelancer, mas é uma daquelas pessoas que sonha em trabalhar por conta própria?

Nem sempre é fácil tomar essa decisão e mudar totalmente a carreira, especialmente se você não souber se tem o perfil certo para aquela profissão.

Para tirar as suas dúvidas, acesse nosso post e descubra se vale a pena trabalhar como freelancer online.


Este post foi originalmente publicado em setembro de 2018 e foi atualizado para conter informações mais completas e precisas com a colaboração da redatora Nayara Souza.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.