Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Black Week Hotmart

Quer fazer mais vendas? Participe da Black Week Hotmart. Nos últimos anos, os números foram impressionantes: aumento de 200% em vendas em um único dia!

Quero participar

Fique por dentro dos nove principais termos da produção audiovisual

Fique por dentro dos nove principais termos da produção audiovisual

Um glossário essencial para quem produz ou quer começar a produzir vídeos.

A internet, os serviços de streaming e a possibilidade de consumir conteúdos on demand fizeram com que a produção audiovisual passasse por um novo boom no Brasil. Os vídeos são um formato altamente compartilhável nas redes sociais, além de serem uma forma rápida, simples e atrativa de repassar uma mensagem.

Com diferentes objetivos, eles podem entreter, passar diferentes informações e até mesmo ajudar um ecommerce a vender mais. Você não precisa saber tudo, mas ganhar esse conhecimento, mesmo que aos poucos, é fundamental para se diferenciar dos demais profissionais e demonstrar autoridade na área.

Além disso, se manter atento às novidades e estudar constantemente o seu nicho de interesse certamente traz vantagens ao networking. Você passa a ter mais facilidade e segurança ao dialogar com outros profissionais, e isso pode abrir novas portas.

Pode ser o vídeo destinado ao Instagram, ao YouTube ou qualquer outra plataforma, tanto faz: é preciso estar por dentro dos principais termos da área para não dar chances à concorrência. Então, para não ficar pra trás, acompanhe este mini glossário que preparamos e conheça os 9 principais deles.

Vamos lá?

Veja quais são os 9 principais termos da produção audiovisual

Se você chegou agora na produção audiovisual, precisa conhecer os principais termos desse mercado. Parte da terminologia da área é em inglês e, além disso, muitos termos técnicos são utilizados.

Outras terminologias são bastante técnicas e é preciso atenção para não confundir uma coisa com a outra. Confira a seguir 9 termos que precisam estar na ponta da língua!

1. Background

A tradução literal do termo significa “fundo”. Assim, no audiovisual, background é comumente utilizado em duas situações distintas: para se referir ao cenário e também na edição de som.

No primeiro caso, o background é tudo aquilo que está ao fundo da imagem. Envolve cenário, produção de objetos. Dependendo do ângulo, do plano e da câmera utilizada, ele pode estar mais próximo ou mais distante.

Já quando se trata de um áudio, ele é justamente o áudio de fundo. Uma trilha sonora ou um ruído natural incluído no roteiro.

2. Casting

O casting é o processo de seleção de um elenco, o que inclui atores, figurantes e quaisquer outras pessoas que vão integrar um vídeo.

O termo está presente desde grandes produções, como novelas e filmes, a filmagens menores, sejam elas publicitárias ou de marketing.

3. Diafragma fotográfico

No audiovisual, o diafragma é responsável por controlar a quantidade de luz que deve entrar em uma câmera. Ele controla a profundidade do campo filmado.

Quanto maior a abertura, mais luz captada e menor o tempo necessário de exposição.

4. Estabilizador

Imagens bem captadas fazem toda a diferença na qualidade de um vídeo. Por conta disso, é fundamental contar com um estabilizador ao iniciar uma produção audiovisual. Eles são os responsáveis por evitar que as imagens fiquem tremidas.

Um tripé pode ser considerado um estabilizador, mas existem outras diferentes opções no mercado, que possibilitam filmagens em movimento de qualidade.

5. Fast cutting

Trata-se de uma modalidade de edição de vídeos. Você já a deve ter visto por aí, uma vez que ela é a queridinha dos Youtubers, uma vez que possibilita repassar várias informações em um curto período de tempo.

A “edição rápida”, que seria a tradução literal do termo, consiste em usar shots consecutivos de pouca duração (3 segundos em média).

6. Luz de enchimento

Também conhecida como luz secundária, trata-se de uma iluminação responsável por corrigir possíveis defeitos de sombra ou contraste trazidos pela luz principal.

Comumente ela é mais suave, trabalhada a meia potência e também é posicionada mais próxima à câmera.

7. Mixagem

Essa é uma das etapas do processo de pós-produção, ou seja, após a captação do vídeo. Em uma ilha de edição, é durante a mixagem que são feitos todos os ajustes no som.

Sejam as trilhas sonoras gravadas em estúdio ou ao vivo, esse processo é o responsável por combiná-las, ajustando volume, timbre etc.

8. Movimento de câmera

Nos primórdios do cinema, os filmes eram uma “arte estática”. A técnica ainda é bastante utilizada, inclusive por Youtubers.

Entretanto, atualmente existem diversas possibilidades de movimento para a câmera, o que pode trazer mais ação a um vídeo.

Os principais movimentos de câmera são:

  • travelling: neste movimento, além da câmera se deslocar, o objeto ou personagem também se movimenta;
  • panorâmica: movimento horizontal da câmera, lento efetuado de um lado para o outro. Pode ser feita com o auxílio de um simples tripé ou monopé;
  • tilt: rata-se de um movimento lento e vertical, que revela um objeto ou personagem de cima para baixo (ou vice-versa).

9. Planos

O enquadramento de um vídeo é a definição de tudo o que aparece ao longo dele. Engloba a definição de ângulos e planos.

Diferentes planos trazem diferentes perspectivas e podem mudar o foco do que está sendo mostrado no vídeo.

Alguns dos principais planos de câmera, são:

  • plano aberto: é o plano mais amplo. Utilizado para apresentar um cenário ou mostrar paisagens, por exemplo;
  • plano médio: no plano médio, a câmera é posicionada a uma distância média do objeto em foco. Ele ocupa praticamente toda a tela do vídeo, mas ainda existem sobras no seu entorno. Bastante usado quando há a necessidade de incluir movimentação em uma cena;
  • plano fechado: também conhecido como close-up, são planos que mostram detalhes, como uma mão ou mais próximos ao rosto;
  • plano americano: bastante famoso, esse plano mostra os personagens da cintura para cima.

Saiba como começar a produzir seu próprio material audiovisual

A produção audiovisual é uma área gigante. Envolve pré e pós-produção, exige equipamentos específicos, conhecimentos em iluminação e som, entre várias outras peculiaridades.

Conhecer os principais termos do ramo traz diversas vantagens e pode fazer a diferença na hora de oferecer os seus serviços. Não se esqueça de continuar estudando e aprimorando seus conhecimentos!

Já se sente pronto para colocar a mão na massa? Então, baixe nosso ebook e confira algumas dicas de como criar um curso online em vídeo 2.0!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.