Facebook Pixel

Como precificar seu produto? Aprenda agora as estratégias!

Como precificar seu produto? Aprenda agora as estratégias!

Saber precificar produtos é fundamental para realizar boas vendas e chamar a atenção dos clientes. Aprenda como calcular o preço de venda dos seus negócios.

Criar um produto ou serviço e gerenciá-lo virtualmente é um processo que fica cada dia mais profissional e voltado para o empreendedorismo. Por essa razão, saber precificar produtos corretamente é uma das estratégias que você pode usar para ter um diferencial em sua marca e sair na frente de seus concorrentes.

Sabemos que muitas pessoas procuram por bons serviços, mas isso nem sempre é tudo o que elas desejam. Materiais de qualidade, com bons preços e condições de pagamento diversificadas, chamam muito a atenção dos compradores.

Então, saber como precificar produtos é também uma estratégia de marketing. Afinal, o valor que você atribui para seus serviços pode ser uma ótima maneira de atrair novos clientes e até mesmo fidelizar aqueles que você já tem.

Por isso, fizemos este post para te ajudar a entender como você pode calcular melhor o preço de venda dos seus produtos e serviços.

Neste texto, você encontrará informações sobre:

Índice
Como precificar seus produtos Qual é a melhor estratégia de precificação Ticket alto Ticket baixo Quando usar cada estratégia Como saber se você escolheu uma boa estratégia

Boa leitura!

Como precificar produtos

Saber determinar o preço de seus produtos ou serviços significa entender a relação entre os valores investidos desde a produção até as estratégias de marketing que foram utilizadas. Ou seja, você tem que analisar todas as variáveis que utilizou para criar seu produto.

O preço do seu produto deve ser sempre condizente com o que ele oferece.

Mas, além disso, você precisa também calcular o preço levando em consideração a percepção de valor que a persona tem em relação ao seu artigo que será vendido.

E você sabe como pode descobrir isso?

Você precisa pesquisar e entender as dores e problemas reais das pessoas. Assim, quando você criar seu produto, conseguirá produzir algo que agregue valor para o comprador.

Isso fará com que você perceba qual é a importância que seu público dá ao produto que você criou baseado no benefício que ele proporcionará aos compradores. Ou seja, a precificação tem relação direta com o custo e o benefício do que você tem a oferecer.

Além disso, outro fator que deve ser considerado ao precificar produtos é a demanda por aquilo que você faz. A escassez ou a abundância de um produto no mercado é um fator primordial que determina valores diferentes para um bem ou serviço.

Quando algo é muito procurado e também muito produzido, há diversas concorrências. Assim, as pessoas têm mais opções para escolher e, por isso, muitas se interessam por produtos mais acessíveis economicamente.

Já quando uma mercadoria é muito procurada, mas não há várias opções no mercado, o valor de venda pode ser mais alto. A escassez de um produto faz com ele que seja mais valorizado.

Então, precificar produtos é saber como atribuir corretamente um valor econômico para o que você produziu, levando em consideração todas essas variáveis.

Qual é a melhor estratégia de precificação

Antes mesmo de escolher uma estratégia para precificar seus produtos, você precisa entender que calcular o preço de venda tem sempre o mesmo propósito: aumentar o volume de vendas e obter lucro com o que foi produzido.

Uma vez que você conseguiu calcular todas as variáveis que influenciam a atribuição de preço ao seu produto, você já pode pensar em ticket alto ou baixo.

Mas você sabe o que é isso?

Ticket alto

Quando falamos de ticket alto, nos referimos a produtos com um alto valor de comercialização, ou seja, aqueles que são considerados “caros” se comparados a mercadorias semelhantes no mercado.

Isso pode parecer uma estratégia ruim para quem quer vender muito. Porém, precificar produtos com ticket alto não é sempre uma má ideia. Além disso, a precificação depende do tipo de mercadoria que você está vendendo.

Quando você tem um produto que ainda não existe no mercado ou que não tem muita concorrência, é interessante lançá-lo com um preço mais elevado. Você pode justificar sua escolha de preço pela inovação da mercadoria.

Escolher a estratégia de lançamento de produtos com um valor alto é uma boa opção inicial. Você pode introduzir a mercadoria com seu preço máximo e reduzir gradativamente conforme a demanda. Então, o ticket alto só seria sustentado enquanto seu produto fosse uma novidade no mercado.

Porém, há desvantagens em escolher essa estratégia. Dependendo do valor que você atribuir a sua mercadoria, pode ser que as pessoas não tenham interesse em adquiri-la. Por isso, é muito importante alinhar o preço as expectativas dos consumidores.

Ticket baixo

Um produto com ticket baixo é aquele que é introduzido no mercado com um preço menor do que a média de mercadorias semelhantes oferecidas por concorrentes.

Ao escolher essa estratégia, você consegue chamar a atenção de uma grande parcela do mercado consumidor que procura pelo que você oferece. E quando as pessoas percebem a qualidade dos seus produtos, você consegue fidelizá-las imediatamente.

Por lançar seu produto com o ticket baixo, é possível que você faça reajustes gradativamente quando for necessário.

Disponibilizar produtos com preços baixos é uma ótima estratégia para mercadorias que são comuns e que estão em um mercado muito competitivo. Você terá a vantagem econômica e pode, assim, vender em maior quantidade.

Porém, se o preço for muito mais baixo do que o de seus concorrentes, você pode passar uma imagem errada do que está vendendo. Alguns compradores podem depreciar seu produto e pensar que há algo de errado nele.

Quando usar cada estratégia

Tanto o ticket alto quanto o baixo são ótimas estratégias para precificar produtos, então, escolher a que você utilizará depende do seu objetivo para cada produto criado.

Se o seu objetivo é entrar em um nicho de mercado mais competitivo, com um produto que pode ser facilmente encontrado, o ticket baixo te ajuda a capturar rapidamente consumidores que desejam mercadorias de qualidade, mas com preços baixos.

Porém, se você pretende criar um produto inovador que é raramente disponibilizado, escolher o ticket alto faz com que você tenha um lucro maior, mesmo se a quantidade de vendas iniciais não for tão alta assim.

O importante quando você for calcular o valor para atribuir aos seus produtos é saber que você precisa precificar de modo a sempre proporcionar lucro para quem produz ou comercializa suas mercadorias.

De todas as variáveis que você tem desde a criação até a venda de um produto, o preço é aquela que é a mais flexível. Isso significa que, independentemente da estratégia que você escolher, pode mudar a precificação caso ache necessário.

Sempre tenha como base um fator fundamental: o preço que você definir deve ser alto o suficiente para gerar lucro para quem produz, mas não pode ser tão alto a ponto de desestimular a compra. E deve ser baixo o bastante para atrair seus compradores, mas não muito baixo para que as pessoas pensem que seu produto não tem uma boa qualidade.

Como saber se você escolheu uma boa estratégia

Como você já percebeu, definir uma estratégia para precificar produtos não é algo fixo. Mas para saber se você precisa mudar o preço, é necessário medir o retorno financeiro que você obteve com o seu produto.

Uma boa estratégia de marketing é aquela que consegue mensurar tudo o que fez e, a partir dos resultados, aprimora suas técnicas para melhorar ainda mais o que tem feito.

Uma das métricas mais importantes associadas ao marketing é o ROI (retorno sobre investimento). É muito importante saber se a venda do seu produto trouxe retorno depois de todo investimento que você fez para criá-lo.

De uma maneira simplificada, o ROI é a métrica que mostra quanto você ganhou para cada real que investiu em seu produto.

Assim, se o seu ROI estiver alto, significa que você está tendo retorno, e isso pode ser um indicador de que sua estratégia de precificação foi boa.

Saber precificar produtos é uma estratégia importante para quem quer empreender no mercado digital. Por isso, quando for estipular um valor para seus produtos, faça isso com atenção e sempre pensando no que você quer atingir.

Gostou do nosso post? Deixe seu comentário com dúvidas ou sugestões sobre as estratégias para precificar produtos.

Hotmart