Como aumentar seu tráfego com Marketing de Conteúdo

Como aumentar seu tráfego com Marketing de Conteúdo

Você sabe o que é Marketing de Conteúdo e como gerar tráfego com essa estratégia? Veja neste post como o Marketing de Conteúdo pode ajudar seu negócio.

Em qualquer negócio baseado na internet, seja ele uma empresa que vende seus serviços online, um blog que deseja ganhar dinheiro com programa de Afiliados ou um site comum de e-commerce, todos têm uma característica comum: eles precisam de tráfego.

Existem diversas estratégias para gerar tráfego e, a partir daí, divulgar seus produtos ou serviços. Basicamente, essas estratégias podem estar focadas em dois tipos de tráfego:

  • Tráfego Pago
  • Tráfego Gratuito/Orgânico

Os dois têm sua aplicação e trazem resultados, porém, cada um tem características únicas.

Com o tráfego pago, é possível conseguir visitas a curtíssimo prazo, de forma quase imediata, usando programas de PPC (pay per click) ou contratação de banners em sites com grandes visitações.

Porém, a não ser que você tenha uma árvore de dinheiro no quintal, você deverá medir exatamente qual o retorno de investimento na publicidade que você comprou e, mesmo otimizando este ROI ao máximo, ainda terá limitações de quanto poderá investir em tráfego pago.

Na outra ponta, temos o tráfego gratuito.

Todo empreendedor de internet sonha com esse tipo tráfego, pois trata-se de exposição de seus produtos e serviços sem nenhum custo com publicidade. Em outras palavras, você é capaz de gerar vendas com muito menos custo.

Mas então, como conseguir tráfego orgânico?

Existem diversas formas de conseguir esse tipo de tráfego, porém, todas elas apontam para um pilar central, que é indispensável para obtermos bons resultados com o tráfego.

Esse pilar chama-se: conteúdo de qualidade.

Se você não produzir conteúdo de qualidade, não conseguirá gerar tráfego gratuito em hipótese alguma, ou se conseguir, terá resultados medíocres e tráfego ruim (sim, existe tráfego ruim!).

E para a estratégia que vamos analisar hoje, essa regra não é diferente.

Como fazer Marketing de Conteúdo

Como você pode perceber, Marketing de Conteúdo é uma estratégia fundamental para quem quer gerar mais tráfego organicamente.

Se você é um empreendedor digital e ainda não usa essa estratégia, precisa começar agora mesmo.

Pensando em te ajudar a dar os passos iniciais ou até mesmo continuar e melhorar suas estratégias orgânicas, trouxemos algumas dicas para você.

Há diversas formas de criar Marketing de Conteúdo, como e-mail marketing, materiais ricos, newsletter, mas decidimos focar em 3 formatos muito comuns e, no final, mostraremos as dicas que se aplicam a todos eles. Vamos lá?

Blog:

Ter um blog é uma das formas mais rápidas de começar a aplicar sua estratégia de gerar tráfego organicamente. Isso porque tudo o que você precisa é ter um nicho específico para atuar e escrever sobre os temas que possam atrair a atenção das pessoas que procuram pelos assuntos que você vai abordar.

Algumas pessoas têm receio de começar um blog por não acharem que sabem escrever bem. Mas saiba que quanto mais você escrever, melhor seus textos ficarão. Há também a possibilidade de contratar um profissional freelancer que escreva para você.

O segredo aqui é só começar. E para te ajudar um pouco mais com isso, vamos te mostrar no que você precisa focar:

  1. Entenda quais são os interesses do seu público e publique textos sobre isso. Não adianta querer falar apenas do que você acredita ser importante, é preciso compreender as necessidades das pessoas que seguem seu blog.
  2. Crie um título chamativo, mas não apelativo. Se você criar um título apelativo ou que não mostre o conteúdo que estará no post, você pode comprometer sua credibilidade.
  3. Foque em produzir um texto de qualidade, bem escrito e com um conteúdo que realmente agregue valor para o leitor. Não tente empurrar um produto ou ficar se auto-promovendo no texto. Foque em fornecer o melhor conteúdo possível e conquiste o leitor.
  4. Escreva algo que realmente valha a pena ser escrito. Um texto com uma informação interessante pode gerar milhares de vezes mais tráfego do que vários posts com conteúdos fraco.
  5. Escreva entre em 1.000 e 1.500 palavras. Menos do que isso pode tornar seu post muito superficial.
  6. Revise seu texto sempre. E quando falamos de revisão, não é apenas a parte gramatical (que deve ser olhada com carinho, pois apesar de ser um texto na internet, é muito importante escrever bem), mas também a revisão de conteúdo.
  7. Sempre que necessário, refaça seus posts antigos e mais acessados para que eles fiquem bem completos.
  8. Crie textos de fácil assimilação. Pense na escaneabilidade do seu post, ou seja, mostre ao leitor sobre o que será seu texto sem que ele precise ler tudo de uma vez. Torne possível o usuário apenas bater o olho em seu post e já compreender sobre o que ele falará. Para isso, utilize intertítulos e tópicos enumerados.
  9. Evite trechos muito longos, para que seu texto não fique cansativo. Sempre que possível, “quebre” frases extensas, mas sem interferir na coerência e coesão das suas informações.
  10. Ilustre seu post com imagens que sejam atraentes e, ao mesmo tempo, representem o conteúdo do texto.
  11. Dê o pontapé inicial na divulgação do seu artigo. Compartilhe com sua audiência nas redes sociais e peça seus amigos para fazerem o mesmo. Isto ajudará seu artigo a ganhar tração.

Vídeos:

O segundo formato sobre o qual falaremos neste post são os vídeos. Eles também são ótimos para gerar tráfego, e tudo o que você precisa é de um canal no YouTube, por exemplo, para postar seus vídeos. (Além do YouTube, há outras maneiras de gerar renda com vídeos, que você pode conhecer clicando aqui.)

Esse tipo de formato é muito popular principalmente por ser uma forma fácil de ser consumida. Afinal, tudo o que o usuário precisa fazer é assistir a um vídeo por um tela, seja ela de um celular, tablet, computador ou outro dispositivo que tenha acesso à internet.

Algumas dicas para gravar vídeos:

  1. Crie um roteiro com todas as informações que você colocará em seu vídeo. Assim, será mais fácil lembrar tudo o que precisa conter em seu material. (Para aprender a criar um roteiro de qualidade, leia nosso guia de como fazer um roteiro para videoaula.)
  2. Envolva seu espectador nos primeiros segundos do vídeo. O maior desafio com esse formato é fazer as pessoas se interessarem desde o início para que elas não saiam do seu vídeo antes dele terminar. Por isso, mostre nos primeiros segundos sobre o que você falará e como seu conteúdo poderá ser útil para o espectador.
  3. Seja o mais claro possível enquanto estiver falando e converse com sua audiência. Estabeleça um diálogo, porque mesmo que as pessoas não possam te responder enquanto você está gravando, elas se sentirão à vontade para deixar dúvidas e sugestões nos seus comentários.
  4. Invista em um bom equipamento de filmagem. No início, é possível gravar com seu celular, porém, é importante você pensar em investir em bons equipamentos para que a qualidade de seus vídeos seja a melhor possível.
  5. Faça uma boa edição do seu vídeo. Quanto mais completo e bem produzido seu vídeo estiver, mais ele prenderá a atenção dos visitantes do seu canal.

Além dessas dicas, há várias outras que podem também te ajudar a criar um bom vídeo.

Ficou interessado no assunto? Não perca este post no nosso blog com todas as informações que você precisa.

Redes sociais:

Hoje em dia, é difícil encontrar alguém que não utilize alguma rede social. Então, por que não utilizá-las em sua estratégia de Marketing de Conteúdo?

As redes sociais são excelentes canais para gerar tráfego com conteúdo relevante pois, nelas, a interação entre você e quem te segue é instantânea. E mesmo que você não invista em publicações impulsionadas (pagas), é possível ter bons resultados.

  1. Mantenha suas redes sociais atualizadas diariamente e com conteúdos relevantes.
  2. Compartilhe os links de seus posts no blog e vídeos em seu canal para que as pessoas que te seguem saibam que você tem outras fontes de distribuição de conteúdo.
  3. Não tente vender seu produto/serviço o tempo inteiro. Nas redes sociais, os usuários podem interagir mais com sua marca. É por isso que você precisa usar esses canais para melhorar o relacionamento da sua marca com seu público. Entregue materiais que tragam valor para quem está te seguindo. A regra 80/20 é válida nesse caso: entregue 80% de conteúdo relevante e reserve 20% para falar de sua marca.
  4. Tome cuidado com erros comuns nas redes sociais, como polêmicas, compartilhamento de informações pessoais ou de outras pessoas, segurança de dados, e outros cuidados que você pode saber mais no nosso post sobre 9 atitudes que você deve evitar nas redes sociais.

Dicas gerais:

Agora que você já viu 3 formatos diferentes para criar seu Marketing de Conteúdo, vamos te mostrar o que se aplica a todos eles para que você consiga gerar cada vez mais tráfego para seu negócio.

  1. Ao pensarmos em blogs e vídeos, otimize todo seu conteúdo para SEO (Search Engine Optimization). É muito importante aplicar todas as técnicas e práticas de otimização para mecanismos de busca para que seus posts e vídeos apareçam organicamente nas primeiras posições dos buscadores, como Google e Bing. Porém, essa regra não se aplica às redes sociais, já que não é possível pensar em rankeamento de um post no Facebook ou no Instagram.
  2. Seja consistente nas suas publicações. Independentemente se você tem um blog, canal no YouTube, perfil no Instagram, newsletter, é muito importante publicar constantemente. Mesmo que, a princípio, você não crie conteúdo diariamente, estabeleça um calendário editorial e lembre-se de cumpri-lo. Quando você é consistente, seu público cria o hábito de sempre procurar seus conteúdos nos dias que eles são publicados.
  3. Revise seu conteúdo sempre. Mesmo os conteúdos que se encontram nas primeiras posições dos buscadores precisam ser atualizados, ainda mais se você estiver em um nicho muito concorrido. É muito importante manter seu material sempre atualizado e com as informações o mais completas possível.
  4. Faça parcerias com outras pessoas que também estão empreendendo na internet. Entre em contato com pessoas que disponibilizam conteúdos relacionados ao tema do seu e ofereça posts para publicação, conhecidos também como guest posts. Essa estratégia também é boa para fortalecer seu domínio, já que você terá links em outras páginas além da sua.
  5. Aprenda a lidar com feedbacks positivos e negativos. Responda todos os comentários que forem feitos em seus materiais e mostre-se receptivo aos feedbacks que você recebe. Filtre aqueles que acrescentarem algo novo para seu negócio, mas não se esquive dos comentários pouco construtivos. Responda-os da maneira mais tranquila possível para evitar conflitos.
  6. Analise o que sua concorrência tem feito e tente criar um conteúdo sempre melhor e mais completo. Escrever mais do mesmo não trará novos conhecimentos para os usuários que visitarem seus canais de comunicação.
  7. Aprenda a analisar suas métricas. Medir tudo o que você tem feito e perceber o que traz resultados e o que pode mudar para gerar mais tráfego é essencial para que sua estratégia de Marketing de Conteúdo continue a funcionar.

Vantagens de fazer Marketing de Conteúdo

Além da principal vantagem de conseguir aumentar seu tráfego e, com isso, o número de clientes, há várias outras vantagens para você começar a fazer Marketing de Conteúdo. Decidimos abordar 5 dessas vantagens para que você possa perceber o quanto é importante utilizar essa estratégia em seu negócio.

1. Reconhecimento como referência em um assunto

Se você começa a escrever conteúdos de qualidade sobre os assuntos relacionados ao seu nicho e passa a publicá-los, à medida que os leitores vão sendo expostos ao material que você criou, é natural que eles passem a reconhecer o autor como uma referência naquele assunto.

Autoridade e credibilidade levam tempo para serem construídas e são fatores cruciais na hora de um comprador decidir se comprará de você e da sua empresa, ou se procurará o que ele precisa em outro lugar. Nesse ponto, o Marketing de Conteúdo torna-se ainda mais vantajoso como estratégia de divulgação.

2. Nutrição de leads

Você já ouviu falar sobre nutrição de leads?

Essa é uma maneira de manter um relacionamento entre você e seus clientes em potencial, até que eles se sintam preparados para efetuar uma compra em seu site. Basicamente, nutrir leads consiste em enviar conteúdos pertinentes para o estágio do funil de compras que a pessoa se encontra para que ela consiga perceber que o seu produto/serviço é o melhor para resolver os problemas dela.

Essa estratégia é muito comum com e-mails, porém, você pode também nutrir seus leads com Marketing de Conteúdo. Todas as vezes que você escreve um post em seu blog, as pessoas passam a conhecer mais sobre você e seu negócio.

Você consegue entregar conteúdos valiosos para seus leads, que encontram valor naquilo que você está oferecendo.

Mas fique atento: não faça do seu Marketing de Conteúdo uma oferta constante dos seus produtos ou serviços. Ofereça informações valiosas, que podem realmente trazer novas informações para os leitores dos seus textos.

(Para saber mais sobre nutrição de leads, acesse nosso post clicando aqui.)

3. Interação com seu público

Marketing de Conteúdo é uma ótima maneira de manter uma interação entre sua marca e seus clientes em potencial, principalmente se você tiver um blog com publicações constantes. Isso porque seu blog é um canal que os usuários podem utilizar para enviar comentários do que estão gostando ou não, sugestões sobre o que eles querem saber mais, compartilhar seu post com outras pessoas (o que ajuda a aumentar seu tráfego no blog e, posteriormente, no seu site), entre outros tipos de interação.

O principal é você estar sempre atento aos comentários feitos em seus posts para poder respondê-los sempre. Isso mostra como você está preocupado em manter um bom relacionamento com que procura pelos seus conteúdos.

4. Redução do CAC

CAC (custo de aquisição de clientes) é a métrica que te permite saber quanto sua empresa gasta com cada novo consumidor gerado pela sua estratégia de marketing (leia mais sobre métricas que você precisa ficar de olho no neste post aqui).

Se o seu CAC é alto, significa que você está gastando muito para aumentar seu tráfego. Então, é uma grande vantagem investir em Marketing de Conteúdo, pois isso ajudará a trazer novos clientes em potencial para a sua página de forma orgânica.

O importante nessa estratégia é você conseguir aplicar bem as técnicas de SEO para ranquear seus posts, assim, os usuários chegarão facilmente em seus posts.

5. Educação da sua audiência

Quanto mais você investe em Marketing de Conteúdo, mais você consegue entregar conteúdos que mostram para as pessoas os tipos de problemas que seu produto ou serviço pode solucionar. Com isso, você melhora a experiência dos usuários com seu negócio e ainda educa sua audiência, que conseguirá entender melhor os problemas que enfrenta e saberá onde encontrar as soluções.

Quanto mais as pessoas entendem sobre os assuntos que você aborda em seus posts, mais engajadas elas ficam em querer aprender o que você tem a ensinar.

Conclusão

Marketing de Conteúdo é uma boa estratégia para gerar tráfego orgânico e construir sua reputação no nicho para o qual você empreende. Trata-se de uma estratégia de médio/longo prazo, que não traz resultados de forma instantânea. Porém, uma vez que você aplica essa estratégia em seu negócio, aquela peça de conteúdo poderá continuar gerando visitas para você pelos próximos meses e até anos.

É importante sempre manter o foco em produzir um conteúdo de qualidade e que agregue valor para o usuário. Isso é indispensável para que ele vire um lead, um cliente ou até indique seu conteúdo para outras pessoas e, assim, você terá um efeito viral.

Você já está preparado para começar a investir em Marketing de Conteúdo? Aprenda agora também 4 maneiras de ganhar dinheiro com blog!

Este post foi originalmente escrito em março de 2011 e atualizado para conter informações mais precisas e atuais.