Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Black Week Hotmart

Quer fazer mais vendas? Participe da Black Week Hotmart. Nos últimos anos, os números foram impressionantes: aumento de 200% em vendas em um único dia!

Quero participar
Fechar Como comprar tráfego: um guia para o Produtor e o Afiliado

Como comprar tráfego: um guia para o Produtor e o Afiliado

Conheça as melhores práticas para trabalhar com essa estratégia.

Download gratuito

Vale a pena investir em publicidade nativa?

Vale a pena investir em publicidade nativa?

Conheça 6 tipos de anúncios que você pode fazer e suas vantagens.

Quem quer investir em propaganda online geralmente enfrenta um dilema: interromper a atividade da sua persona para exibir um anúncio pode proporcionar uma experiência desagradável ao usuário.

No entanto, é fundamental divulgar o negócio para chamar a atenção das pessoas para seu produto ou serviço. Nesse contexto, a publicidade nativa é uma opção para solucionar esse problema!

Você conhece essa alternativa? Sabe como ela funciona e se vale a pena investir em publicidade nativa?

Então, continue a leitura do post! Explicaremos quais são as vantagens dessa prática e de que forma utilizá-la para atingir seu público-alvo.

Quais são os objetivos da publicidade nativa?

Os anúncios nativos ou native ads estão entre as alternativas de publicidade online. Trata-se de uma opção interessante, porque ela não interfere na experiência que o usuário da internet tem naquele momento, especialmente quando se trata das redes sociais.

A publicidade nativa é um tipo de anúncio que se parece com o conteúdo natural daquela plataforma. Portanto, se for uma revista online ou um blog, por exemplo, ela terá o mesmo formato e estilo de um artigo daquela publicação. No entanto, aparecerá uma ressalva de que se trata de uma página patrocinada.

Exemplo de um native ads

Caso a publicidade nativa seja veiculada nas redes sociais — o que hoje é muito comum — ela também se parecerá com um post do Facebook ou Instagram.

Exemplo de um native ads

Por isso, o usuário não vê a publicidade nativa como uma peça intrusiva. Ela não interrompe o tipo de experiência que ele espera ter naquela plataforma, pois seu formato e conteúdo estão perfeitamente integrados à proposta do site.

Dessa forma, a publicidade nativa promove uma aproximação sutil, traz visibilidade para a marca e amplia as chances de conversão e vendas.

Mas se ainda está difícil entender a diferença entre publicidade nativa e anúncios tradicionais, vamos usar um exemplo fictício.

Imagine que você está usando seu Instagram.

Primeiro, aparece um anúncio de um nutricionista oferecendo um método de emagrecimento. Trata-se de publicidade convencional.

Porém, conforme você desliza pelo feed, aparece um novo post. Desta vez, outro nutricionista coloca uma imagem chamando sua atenção e, abaixo dela, um texto com três dicas para acelerar seu metabolismo e acelerar a perda de peso.

Esse também é um conteúdo pago, mas dessa vez ele oferece algo valioso, em um formato parecido com o que a página normalmente traz. Esse é um exemplo de publicidade nativa.

Quais são os tipos de native ads?

Existem alguns tipos diferentes de publicidade nativa. Vamos explicar quais são eles. Confira!

In feed

O conteúdo patrocinado aparece no feed normal do site.

Ele tem o mesmo layout e, muitas vezes, a marca produz o post em parceria com o editor, para que ela seja relacionada às histórias geralmente publicadas.

A publicidade nativa in feed é muito popular devido à sua grande eficácia, já que o usuário nem sempre percebe que se trata de uma propaganda.

Exemplo de um native ads

Promoted listing

Esse tipo de native ad é apresentado em sites que não são baseados em conteúdo, como os e-commerces. Porém, os anúncios são apresentados com o mesmo layout e formato dos produtos e serviços oferecidos normalmente naquela página.

Dessa forma, o anúncio não é visto como uma interferência na experiência de navegação e obtém uma excelente taxa de conversão.

Exemplo de um native ads

In-Ad

Para que esse tipo de publicidade aconteça, é necessário que haja uma combinação perfeita entre o editor da página e o anunciante.

O anúncio parece ter o formato padrão, mas o diferencial está na contextualização.

Por exemplo: a propaganda de uma marca de leite condensado aparece na página de uma receita de sobremesa que usa esse ingrediente.

Exemplo de um native ads

Recommendation Widgets

Esse tipo de anúncio aparece em algum tipo de widget, seja no rodapé de uma página, em uma coluna lateral ou em um quadro no meio do texto. Eles fazem uma sugestão para o usuário conferir o conteúdo, como: “você também poderá gostar de” ou “recomendado para você”.

Para esse tipo de publicidade nativa, é importante que o seu anúncio seja exibido em um site com público semelhante. Dessa forma, eles se interessarão naturalmente pelo seu conteúdo e clicarão no link de forma espontânea.

Exemplo de um native ads

Links patrocinados

Existem também os Paid Search Ads, que são os links patrocinados. São anúncios que aparecem quando o usuário faz uma pesquisa por uma determinada palavra-chave em mecanismos de busca, como o Google.

Nesses casos, os anúncios aparecem entre as primeiras opções na página de resultados (SERP).

O usuário não vê a propaganda como uma intrusão em sua experiência porque corresponde à sua necessidade e busca naquele momento.

Exemplo de um native ads

Anúncios pagos

Eles também aparecem na página de resultado de mecanismos de busca como o Google. Porém, nesses casos, os anúncios vêm acima ou abaixo de links orgânicos.

Eles podem ser usados para promover produtos ou negócios e podem ser configurados também para exibição a usuários de acordo com sua localização geográfica.

Exemplo de um native ads

Qual é o melhor tipo de publicidade nativa?

Na verdade, não é possível dizer qual é o melhor tipo de publicidade nativa. Todas elas têm resultados e algumas podem ser mais ou menos efetivas, de acordo com o objetivo da campanha, as características do público-alvo e assim por diante.

Para obter o melhor resultado possível com a publicidade nativa, é fundamental ter o máximo de informação sobre cada estratégia, escolher a mais apropriada para o seu negócio e público, acompanhar os resultados e usar as métricas para otimizar as campanhas e criar anúncios campeões.

Quer começar a fazer anúncios, mas não sabe como fazer isso? Não perca tempo! Baixe agora mesmo nosso ebook Como comprar tráfego: um guia para o Produtor e o Afiliado e aprenda a chamar a atenção do seu público da melhor forma possível!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.