Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Qual o futuro da educação? O CEO da Hotmart, João Pedro Resende, explica!

Qual o futuro da educação? Como superar os obstáculos do ensino tradicional? Confira as respostas de JP Resende durante o Hotmart MASTERS.

Qual o futuro da educação? O CEO da Hotmart, João Pedro Resende, explica!

Como o setor de ensino está sendo impactado pelas novas tecnologias? Quais as inovações e tendências que podemos esperar para esse mercado para os próximos anos? Qual o futuro da educação?

A resposta, segundo João Pedro Resende, CEO e cofundador da Hotmart, está no ensino online, descentralizado e horizontal!

Com mais de 10 anos de experiência em desenvolvimento de tecnologia para a educação, JP conversou com o público que esteve presente na última edição do Hotmart MASTERS.

Mas o que é o Hotmart MASTERS? É um evento global, online e 100% gratuito, com palestras dos maiores nomes do mercado digital.

E você confere a apresentação do JP Resende sobre o futuro da educação em mais um vídeo da série Jornada Hotmart MASTERS no vídeo abaixo. Ou, se preferir, pode continuar lendo este post!

Educação online: superando o abismo da adoção tecnológica

JP Resende começou sua palestra no Hotmart MASTERS explicando um conceito bastante conhecido entre os que trabalham com tecnologia: a curva de adoção de inovação.

Segundo ela, sempre que uma tecnologia é desenvolvida, ela precisa primeiro ser aprovada pelos early adopters, que são as pessoas abertas à experimentação de novidades, e pelos entusiastas.

Porém, para que essa nova tecnologia chegue até o público geral e seja adotada em massa, é preciso que ela passe por um processo de maturidade, também conhecido como “o abismo”.

gráfico mostrando o abismo existente entre os early adpters e o público em geral

A curva de adoção de inovação mostra que muitos produtos e soluções acabam não superando o abismo entre os early adopters e o público em geral.

O problema, como aponta JP Resende, é que a grande maioria das novas tecnologias acaba não superando esse abismo e deixa de alcançar o público geral. Como resultado, essas ideais caem no esquecimento, já que não foram capazes de atingir o mainstream.

Porém, o CEO da Hotmart aponta que uma tendência de inovação educacional foi capaz de superar o abismo e romper a barreira que a separava do público geral: os cursos online.

Essa tecnologia está permitindo que pessoas de qualquer lugar do mundo ensinem e aprendam uma nova habilidade ou profissão sem sair de casa.

JP explica que a educação a distância (EAD) permite superar várias das limitações do modelo tradicional de ensino, como alto custo, tempo de formação longo, limitação geográfica e obsolescência mais veloz.

O ensino online, além de ajudar a revolucionar o futuro da educação, ainda acelera transformações sociais, ajudando no desenvolvimento pessoal e também na recolocação profissional dos alunos.

As 5 limitações da educação tradicional

Mas quais são as limitações que o modelo tradicional de educação, focado no ensino presencial e analógico? O CEO da Hotmart aponta 5 obstáculos desse método que ainda dificultam a inovação na educação.

1. Custo e tempo de formação

A educação tradicional, baseada no ensino presencial, como escolas e universidades, é cara e ineficiente.

Os estudantes investem uma quantia elevada no início dos estudos e levam, dependendo da modalidade do curso, em média quatro anos para se formarem.

Ao mesmo tempo, professores e instituições de ensino precisam investir caro na infraestrutura das salas de aula, como aluguel de espaço, mesas, cadeiras etc.

Com isso, a capacidade de escalar o ensino e aproveitar a oportunidade para aprimorar e qualificar ainda mais pessoas fica prejudicada.

O ensino online, por sua vez, elimina grande parte desses custos e ainda permite acelerar a jornada de aprendizado dos estudantes.

2. Mesmo método, sequência e ritmo para todos

JP Resende compara o ensino tradicional à linha de produção de uma fábrica, já que todos os estudantes são obrigados a aprenderem os mesmos conteúdos por meio de uma metodologia em comum e em um mesmo ritmo.

Isso, segundo o CEO da Hotmart, desrespeita a individualidade dos estudantes, impedindo que eles desenvolvam suas habilidades plenamente.

A educação online, por outro lado, não apenas respeita o ritmo de cada aluno, mas se adapta às suas necessidades.

3. Profissionais sem espaço no mercado

E mesmo após todo o esforço e dedicação para concluir o curso de graduação, o estudante enfrenta um novo desafio: a falta de oportunidades no mercado.

Para JP, o ensino tradicional ainda está deslocado das demandas do mercado de trabalho. Com isso, os estudantes se veem sem oportunidades no mercado de trabalho e a qualificação dos profissionais se torna responsabilidade das empresas.

4. Limitação geográfica e física

O modelo tradicional de ensino é pautado na presença, em um mesmo lugar e horário, de professores e alunos para que as aulas possam acontecer.

Essa exigência cria uma série de problemas relacionados ao deslocamento, especialmente em grandes centros urbanos, onde congestionamentos são comuns.

Além disso, a rotina de estudos menos flexível afeta negativamente os alunos e professores, que perdem em produtividade, concentração e motivação.

O ensino online rompe com essas limitações, já que oferece a alunos e estudantes a possibilidade de terem aulas em horários mais flexíveis e que se encaixam melhor em suas rotinas.

5. Obsolescência cada vez mais rápida

Por fim, JP Resende pontua que, por causa das transformações digitais e tecnológicas, os profissionais estão ficando obsoletos cada vez mais rápido. E o modelo tradicional de ensino não é capaz de acompanhar essas mudanças.

O resultado é o que os estudantes já se formam obsoletos, sem as competências que o mercado exige e com mais chances de de permanecerem desempregados.

Educação online e descentralizada: o futuro do ensino profissionalizante

A solução para superar todos esses obstáculos e ajudar as pessoas a se desenvolverem pessoal e profissionalmente é a educação online.

Mas JP Resende aponta que isso não significa abandonar o modelo tradicional de educação ou desconsiderar os seus aspectos positivos.

Para o CEO da Hotmart, o futuro da educação está em um modelo capaz unir o que há de bom no ensino presencial e no ensino online.

Para isso, ele elenca algumas características da educação do século XXI:

  • Descentralizada: a educação online precisa ser mais descentralizada e assíncrona, dando a oportunidade para que cada aluno aprenda em seu próprio ritmo e sem limitações geográficas;
  • Em comunidade: a educação do futuro será pautada na construção de comunidades, onde alunos e professores se ajudem e construam juntos o conhecimento, de maneira colaborativa;
  • De baixo para cima: as tecnologias de ensino online permitem que mais pessoas sejam capazes de ensinar e compartilhar conhecimento, além de dar aos professores acesso a ferramentas e didática de mais qualidade.

Conheça as tendências da educação do futuro no Hotmart MASTERS

O futuro da educação está apenas começando e os cursos online são apenas uma das tecnologias que estão revolucionando esse mercado.

Que tal ficar por dentro das novidades e inovações no mundo do ensino e assistir a palestras de grandes especialistas do setor?

Então faça já a sua inscrição no Hotmart MASTERS. De 26, 27 e 28 de maio de 2021, aprenda com grandes nomes do empreendedorismo e da educação no evento online, global e gratuito da Hotmart. É só clicar no banner abaixo.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.