Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar Hotmart Start

¡Hotmart ha llegado a México y queremos encontrarnos contigo en un momento increíble!

México ¡Me interesa!

O que é Search Console e como usá-lo?

O que é Search Console e como usá-lo?

Entenda melhor a origem do tráfego de sua página!

Trabalhar online traz diversas vantagens para o profissional e, por isso, tem sido a opção de um número cada vez maior de pessoas.

Além de proporcionar mais liberdade, flexibilidade e mobilidade, quem trabalha na internet pode contar com o apoio de ferramentas que ajudam a otimizar, automatizar e melhorar o desempenho de seu negócio.

No texto de hoje, vamos falar de uma dessas ferramentas, o Google Search Console. Continue lendo para saber tudo o que você precisa sobre esse serviço e aprender a usá-lo para otimizar sua produção de conteúdo!

O que é Search Console?

Search Console é um serviço gratuito oferecido pelo Google que permite que os usuários  saibam como suas páginas são vistas pelos robôs da empresa.

Anteriormente, denominada Google Webmaster Tools, a ferramenta Search Console tem esse nome atualmente para afastar a ideia de que seu uso é apenas para webmasters e incluir os demais usuários, como profissionais de marketing, empreendedores, designers, entre outros.

Para que serve o Search Console?

O Search Console ajuda os usuários a perceberem as otimizações necessárias para que sua página consiga mais visibilidade e melhore seu ranqueamento nos resultados das buscas orgânicas.

Como o Google trabalha com o objetivo de melhorar a experiência dos usuários, a disponibilização gratuita dessa ferramenta serve como orientação para as pessoas criarem páginas de qualidade e relevantes para suas respectivas audiências.

Vantagens de usar Search Console

O Search Console é uma ferramenta conhecida e utilizada por pessoas que mantêm um blog, uma página para seu negócio ou trabalham com estratégias de marketing.

Além de ser um serviço gratuito, apresenta algumas vantagens que fazem com que essa seja uma excelente opção para quem busca aprimorar constantemente sua página web.

A ferramenta possibilita o monitoramento e otimização de suas ações de SEO, a identificação e correção de erros, e o recebimento de alertas sobre aspectos que precisam ser revisados na página para que o desempenho dela seja melhor.

Como usar o Search Console

A seguir, compartilhamos o passo a passo para começar a utilizar essa ferramenta.

  1. Para usar a ferramenta Search Console, você deve ter uma conta no Google;  
  2. Após fazer o login, entre no Google Search Console, digite o URL de sua página e clique em Adicione uma propriedade;
  3. Em seguida, o Google solicita que você escolha um dos métodos disponíveis para confirmar que você é realmente o proprietário da página. As opções são divididas em duas abas: Método recomendado e Métodos alternativos;
  4. Ao optar pelo método recomendado, você deve fazer o upload de um arquivo HTML para seu site. Basta clicar no HTML gerada pelo Search Console e enviá-lo para a raiz de sua página;
  5. Depois é só acessar o link que será disponibilizado, conferir se está tudo certo e clicar no botão Verifique no final da página;
  6. Se você já usa o Google Analytics, há outro método simples de verificar a propriedade de sua página no Search Console. Entre na aba Métodos alternativos e selecione a opção Usar sua conta do Google Analytics. Ressaltamos apenas que, para que o Google consiga sincronizar as contas, é necessário que você use o mesmo e-mail para as duas ferramentas;
  7. Após a verificação, volte para a página inicial da ferramenta e clique na página que você deseja gerenciar;
  8. No menu da lateral esquerda estão todas as funcionalidades do Search Console que te ajudarão a compreender melhor a indexação de sua página, o tráfego, a qualidade dos links e os problemas encontrados pelo Google.

Ferramentas do Google Search Console

Para conseguir otimizar sua página, é fundamental que, além de instalar e configurar o Search Console, você conheça bem suas funcionalidades.

Saber os detalhes de cada opção do menu ajuda na leitura de sua página e possibilita que você identifique exatamente o que precisa ser alterado para aumentar o ranqueamento e melhorar a qualidade de seu site.

A seguir, apresentamos todo o conteúdo que você encontrará no painel da ferramenta e te ajudamos a compreender as informações que cada uma delas te oferece.

Dashboard

Dashboard é a home do Search Console, ou seja, a primeira página que aparece quando você clica no site que deseja gerenciar. Nela, você encontrará as informações mais importantes sobre sua página.

O dashboard funciona como um atalho para tudo aquilo que o Google considerou ser mais relevante ao vasculhar sua página. Os erros encontrados, por exemplo, aparecerão nessa página, para que você tenha acesso imediato ao que precisa de maior atenção.

No entanto, todas as informações constantes no dashboard você consegue acessar e verificar mais detalhadamente nos menus específicos do painel.

Messages

A seção Messages que aparece no painel serve para que o Google se comunique diretamente com você. Por meio dela, você recebe alertas sobre erros encontrados e dicas sobre como otimizar sua página.

Aspecto da pesquisa – Search Appearance

Essa ferramenta do Search Console permite que você visualize como sua página aparece nos resultados de busca.

Ao clicar no botão de Informações, aparecem todos os elementos que podem ser modificados para que seu site fique mais atrativo para os usuários, tais como o título, snippet, URL, sitelinks etc.

Nas subseções dessa funcionalidade é possível visualizar e analisar também os seguintes itens:

Dados estruturados – Structured Data

Nessa seção do Search Console, você consegue verificar como (e se) o Google está conseguindo extrair os dados estruturados de sua página.

De forma bem resumida, dados estruturados são marcações que ficam por trás do design e texto de uma página, para destacar tags, links e descrições.

Esses dados são usados como parâmetros em buscas pelos robozinhos do Google, para definir se aquele conteúdo é relevante ou não.

Marcador de dados – Data Highlighter

Com essa ferramenta, você mostra para o Google como é seu site.

Ao marcar em sua página onde está cada parte de seu conteúdo, você entrega para os robôs a lógica por trás das diversas páginas de seu site, para que eles comecem a fazer esse procedimento automaticamente.

Melhorias de HTML – HTML Improvements

Essa ferramenta te informa sobre os erros e problemas que o Google constatou ao acessar sua página.

Links para o site – Sitelinks

Os sitelinks servem para ajudar os usuários a navegarem por sua página. Nessa seção, você consegue definir apenas os endereços para os quais você não gostaria de encaminhar os visitantes de seu site.

Tráfego de Pesquisa – Search Traffic

Como o próprio nome já diz, as diversas funcionalidades dessa seção mostram como está o tráfego de seu site e o que pode ser feito para melhorar seu ranqueamento.

Search analytics

Nessa ferramenta, você pode selecionar uma palavra-chave ou uma página específica de seu site para analisar a quantidade de acessos ou de vezes que ela foi indicada como resultado.

É possível verificar também a média de posicionamento de uma página durante as buscas, o desempenho de suas páginas no Google, descobrir os países onde seu site está sendo mais acessado, entre outros fatores.

Links para seu site – Links to your site

Aqui, você confere os links que levam os usuários para suas páginas. Além disso, você consegue verificar aspectos mais específicos como, por exemplo, as palavras-chave que estão sendo usadas para direcionar as pessoas e quais são as páginas que recebem mais links.

Resumindo, essa ferramenta é ideal para você observar como seu site está sendo visto pelas pessoas e avaliar oportunidades de melhoria.

Links internos – Internal links

Nessa seção, a avaliação é feita com base nos links que estão dentro de seu site e apontam para outras páginas de seu domínio.

Ao criar uma base de links internos, você garante que o Google navegue por todo o site e perceba como os conteúdos estão naturalmente relacionados e são igualmente relevantes.

Ações manuais – Manual Actions

Se seu site estiver gerando spam ou se você for hackeado, ao acessar essa subseção, você consegue ficar sabendo o que aconteceu e qual foi a solução que o Google adotou para resolver o problema.

Segmentação internacional – International Targeting

Ao selecionar aqui a língua e o país desejado, você especifica para o Google, exatamente,  quem são os usuários que você pretende alcançar com seu site.

Principalmente se você usa um domínio geral, sem o .br, por exemplo, é interessante usar essa funcionalidade para atrair o público certo.

Facilidade de uso em dispositivos móveis – Mobile Usability

Ao clicar nessa ferramenta, você visualiza os erros graves que sua página apresenta ao ser aberta em um dispositivo móvel.

Como o número de pessoas que consomem conteúdos em tablets e celulares é cada vez maior, é interessante verificar, regularmente, como seu site chega ao usuário, e corrigir os problemas.

Índice do Google – Google Index

Essa parte do menu apresenta as informações sobre a indexação de sua página e quais são as palavras-chave que se destacam.

Status do índice – Index Status

Aqui, você consegue visualizar como está sendo o desempenho do Google em indexar suas páginas, ou seja, quais e quantas delas estão sendo listadas para aparecer para os usuários durante uma busca.

Palavras-chave do conteúdo – Content Keywords

Essa é a lista das palavras-chave que mais aparecem em seu site, com base no que o Google lê ao acessar suas páginas.

Recursos bloqueados – Blocked Resources

Se, ao entrar em seu site, o Google não conseguir visualizar determinados recursos, tais como imagens, CSS ou arquivos JavaScript, isso será reportado nessa seção do Search Console.

Os recursos bloqueados podem afetar a indexação de sua página e, consequentemente, sua classificação na página de resultados.

Remover URLs – Remove URLs

Essa é uma funcionalidade para ser usada quando você quiser que algum conteúdo de seu site não seja indexado pelo Google, ou seja, não seja mostrado para os usuários como resultado de suas buscas.

Rastreamento – Crawl

Essa última seção serve para que o Google te informe sobre quaisquer problemas encontrados durante o rastreamento de sua página.

Erros de rastreamento – Crawl Errors

Aqui são mostrados os avisos sobre os erros identificados pelo Google ao rastrear sua página.

Nessa seção, você consegue ver erros de servidor, de página não encontrada (404), bloqueada ou se está ocorrendo algum redirecionamento inadequado.

Estatísticas de rastreamento – Crawl Stats

As estatísticas mostradas aqui se referem ao tempo que os robôs do Google gastaram para carregar e rastrear seu site e a média diária de páginas rastreadas.

Quanto melhor for o desempenho de seu site nesses quesitos, maior será a quantidade de páginas indexadas pelo Google.

Buscar como o Google – Fetch as Google

Essa ferramenta permite que você enxergue sua página exatamente como o Google.

Ao inserir a URL que você pretende analisar, o Search Console mostra como aquele determinado endereço aparece, o que te ajuda a perceber possíveis erros ou detalhes indesejados e corrigi-los.

Aqui, você pode selecionar se deseja ver sua página em desktop ou mobile, por exemplo.

Testar robots.txt – Test robots.txt

Inserir o arquivo robots.txt na raiz de seu site serve para orientar o Google sobre o que você não quer que seja mostrado para os usuários durante as buscas.

Nessa seção, você consegue testar se o arquivo está funcionando como você gostaria e se está bloqueando somente o conteúdo indicado.

Sitemaps

Essa é a ferramenta do Google Search Console para você analisar o mapa de seu site, melhorar o que for necessário e, assim, agilizar a indexação das páginas.

Parâmetros de URL – URL Parameters

Essa opção do painel é um pouco mais avançada.

O próprio Search Console indica que o usuário utilize somente se tiver certeza de como os parâmetros funcionam, já que usá-los incorretamente pode retirar páginas das buscas do Google.

Problemas de segurança – Security Issues

Caso seu site seja infectado por malwares ou invadido, é aqui que você vai encontrar as notificações e detalhes para que tome as providências necessárias o quanto antes.

Outros recursos – Other resources

Nessa última opção do painel, você encontra outras ferramentas do Google que podem ser usadas para otimizar seu site e ter melhores resultados de SEO.

Após conhecer todas essas funcionalidades, deu para entender como é vantajoso usar o Search Console na estratégia de seu negócio, certo?

Saiba que, além dessa ferramenta, existem várias outras que também podem te ajudar a melhorar sua página e começar a ganhar mais dinheiro com a internet. Uma das opções é o Google Adsense, e você pode aprender tudo sobre a ferramenta nesse conteúdo exclusivo.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.