Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

SEO para mobile: como otimizar seu site para smartphones

SEO para mobile: como otimizar seu site para smartphones

O número de smartphones não para de crescer e, por causa disso, o SEO para mobile é cada dia mais necessário. Aprenda a otimizar seus conteúdos para dispositivos móveis!

Se você acompanha as principais notícias sobre o mundo da tecnologia, já deve saber que os smartphones e tablets são responsáveis por uma grande parcela do tráfego de internet. Isso significa que é cada vez mais importante otimizar seus conteúdos para esses dispositivos com o SEO para mobile.

Pense bem: o número de smartphones já é maior que o número de brasileiros

A internet móvel é cada vez mais acessível e agora é possível consumir conteúdos no celular em qualquer lugar. Nesse sentido, os algoritmos dos mecanismos de busca já privilegiam sites adaptados para a mobile.

Portanto, se você não pensa sua estratégia de produção de conteúdo também para esse nicho, está perdendo tráfego e grandes oportunidades de negócios.

Neste artigo, você vai entender o que é SEO para mobile, por que ele é importante e como otimizar seus conteúdos para oferecer a melhor experiência aos usuários de smartphones.

O que é SEO para mobile?

Também conhecido como mobile SEO, trata-se de uma série de otimizações em sites e conteúdos online para dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Essas otimizações fazem com que esses conteúdos apareçam nas pesquisas do Google (ou outro buscador) quando alguém realiza uma busca.

Quando bem realizado, o mobile SEO aumenta as chances de seu site alcançar as primeiras colocações na SERP (Search Engine Result Page), que é a página de resultados do Google. E você já sabe que, quanto mais próximo do primeiro lugar, mais cliques um conteúdo recebe.

A diferença entre o SEO para mobile e o SEO tradicional não é tão grande quanto parece. As diretrizes básicas, como o uso de palavras-chave e linking building, também estão presentes aqui.

Porém, como os usuários mobile têm hábitos de navegação muito diferentes de usuários tradicionais, é preciso levar essa diferença em conta na hora das otimizações.

Por que o mobile SEO é importante?

“Quer dizer que, além de me preocupar com o SEO tradicional, voltado para desktops, agora tenho que fazer SEO para mobile?”

Sim, é isso mesmo! Se você ainda acha que dá para ignorar essa estratégia, separamos alguns motivos para você mudar de ideia.

Pesquisas em dispositivos móveis não param de crescer

Como falamos no começo do texto, o tráfego por dispositivos móveis é cada vez maior. Praticamente todo mundo tem um smartphone em mãos e passa grande parte do dia conectado por esses aparelhos.

Só para você ter uma ideia, segundo um relatório do Hitwise, 58% de todas as pesquisas realizadas no Google são feitas em celulares.

Tudo isso significa que é muito provável que seu público-alvo esteja usando dispositivos móveis para encontrar seu conteúdo. Assim, melhorar seu mobile SEO é ajudar esses usuários a acessar suas páginas.

SEO para mobile afeta buscas por voz

Junto com o aumento das pesquisas em celulares, outro fenômeno tem afetado o SEO para mobile: as buscas por voz. De acordo com o Google, mais de 20% das buscas em celulares são feitas dessa forma.

Com a popularização das assistentes virtuais, como Google Assistente, Siri e Cortana, é mais simples e rápido pegar o celular e falar em vez de digitar o que estamos procurando. E não é só isso. Também cresce o número de assistentes pessoais, como Amazon Echo.

Sendo assim, você precisa levar em conta a maneira como o público está fazendo as pesquisas para otimizar seus conteúdos da melhor maneira.

O Google prioriza conteúdo mobile

Em 2017, o Google anunciou o mobile-first index. Desde então, o algoritmo de buscas sugere como resposta sites que têm como principal versão aquela voltada para dispositivos móveis. Até então, a versão principal considerada pela plataforma era a de desktops.

Então, se você não se preocupa em otimizar suas páginas para o mobile SEO, corre o risco de não aparecer na SERP. E se sua audiência não te encontrar no Google, é provável que seu negócio perca vendas.

O que é o Google mobile-first index?

Esse termo pode ser traduzido como “mobile em primeiro lugar”. Na prática, significa que a versão principal de uma página será aquela voltada para dispositivos móveis.

Ou seja, quando um usuário pesquisa um determinado termo, os robôs do Google procuram em suas bases de dados as versões mobile das páginas para determinar se elas são ou não relevantes para o usuário.

Se antes ter um site responsivo era só mais um item de SEO, agora, o cenário é diferente. O mobile se transformou em regra.

Como fazer mobile SEO e otimizar conteúdos?

Depois de todos os dados que apresentamos, você já deve ter percebido como o SEO para mobile é importante. Agora, é hora de colocar a mão na massa e otimizar seus conteúdos. Veja!

1. Tenha um site mobile friendly

Para ter sucesso com o SEO para mobile, seu site ou blog precisa, pelo menos, funcionar corretamente em dispositivos móveis. 

Já pensou se seus visitantes dão de cara com uma versão em miniatura de seu site para desktop? É provável que eles não voltem nunca mais.

Se você não tem uma versão mobile friendly, pode optar por uma das três sugestões do Google:

  • Design responsivo: usa o mesmo HTML e URL, independentemente do dispositivo utilizado (computador, dispositivo móvel ou tablet), mas a renderização da página se adapta com base no tamanho da tela.
  • Exibição dinâmica: usa a mesmo URL, independentemente do dispositivo, mas gera uma versão diferente de HTML para dispositivos diferentes.
  • URL separados: são códigos diferentes para cada dispositivo e URL separados. A configuração detecta o dispositivo do usuário e o redireciona para a página correta.

Para o Google, o design responsivo é a melhor opção, além de ser a mais simples de aplicar. Entretanto, vale a pena avaliar cada formato para ver qual é mais adequado para as necessidades de seu negócio.

2. Fique de olho na velocidade de página

O próximo passo é acelerar o carregamento de seu site ou blog. Acredite, isso é muito importante.

De acordo com o Google, 53% dos visitantes abandonam um site se ele demora mais que 3 segundos para carregar. Além disso, metade dos internautas espera que as páginas carreguem em até 2 segundos.

Uma boa maneira de saber se você está no caminho certo é utilizando o Test My Site, um serviço do Google que verifica a velocidade de carregamento em dispositivos móveis.

É bastante simples. Basta inserir a URL e iniciar o teste. Ao final, você confere um relatório e algumas sugestões para acelerar o carregamento do site. 

3. Não bloqueie recursos do site para usuários mobile

Há alguns anos, era comum bloquear alguns recursos do site para usuários de dispositivos móveis como, por exemplo, impedir o carregamento de javascript.

Essa prática fazia bastante sentido. Afinal, bloquear esses recursos ajudava a carregar as páginas mais rápido em celulares e tablets. E, em algumas situações, melhorava a experiência do usuário.

Entretanto, isso mudou, principalmente com a implantação do mobile-first index.

Agora, como o Google considera a versão mobile como a versão principal, se um conteúdo está bloqueado para usuários mobile, ele corre risco de não ser indexado ou rastreado corretamente.

4. Otimize títulos e meta descrições para a mobile SERP

Outra técnica de mobile SEO é otimizar o título e a descrição de seus conteúdos especificamente para a página de resultados de busca em dispositivos móveis, ou mobile SERP.

Esses são os primeiros elementos de seu conteúdo com que os usuários têm contato. Logo, precisam apresentar, de maneira clara e em poucos caracteres, o assunto abordado por seu site ou página.

Um fato curioso é que o Google exibe mais caracteres na versão web da página de resultados. Ou seja, você tem mais espaço ainda para apresentar seu conteúdo.

Veja só:

Desktop

Título: Por volta de 70 caracteres

Meta descrição: Por volta de 155 caracteres

Mobile

Título: Aproximadamente 78 caracteres

Meta descrição: Aproximadamente 155 caracteres

Embora seja tentador usar todo esse espaço, tenha calma. Elabore títulos e meta descrições dentro dos limites para desktop, preferencialmente. Assim, você garante que o texto será exibido sem cortes tanto em computadores como em celulares.

5. Otimize seu site para pesquisa local e busca por voz

Além de melhorar o tempo de carregamento e as tags de título e descrição da página, é importante otimizá-la para pesquisa local e pesquisa por voz.

É cada vez maior o número de usuários que estão buscando por negócios locais em seus smartphones. Isso representa uma grande oportunidade para que sua marca seja encontrada.

Fazer isso é bastante simples. Padronize seu nome, telefone e endereço, além de manter essas informações sempre atualizadas. Além disso, adicione os horários de trabalho para que os visitantes saibam quando sua loja ou ponto de venda está aberta.

E não se esqueça de inserir seu número de telefone. Dessa maneira, os usuários móveis poderão ligar para seu negócio com um clique.

E como a pesquisa por voz está cada vez mais popular, é importante otimizar seu site para palavras-chave de cauda longa, que se parecem mais com a linguagem natural.

Comece a colocar o SEO para mobile em prática

Assim como no SEO tradicional, o segredo é criar conteúdos de qualidade e que oferecem informações relevantes para o usuário. Afinal, muito mais do que números ou termos técnicos, o Google quer que os internautas tenham a melhor experiência possível, não importa o dispositivo.

Adaptar seu conteúdo para as necessidades do usuário é cada vez mais necessário. Portanto, transforme o SEO para mobile em uma rotina diária e coloque em prática todas as dicas que trouxemos neste texto.

E se você é um Afiliado e quer ter mais visibilidade na rede, não deixe de conferir nosso guia completo de SEO para Afiliados.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.