Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Descubra como ganhar mais visualizações com tags para YouTube

Descubra como ganhar mais visualizações com tags para YouTube

Aprenda como atrair mais audiência para seus vídeos!

O YouTube é a maior plataforma de vídeos online da internet. Não é à toa que essa ferramenta já faz parte de muitas estratégias de marketing digital. Mas não adianta postar conteúdo de qualquer jeito. É importante otimizar os vídeos para que eles sejam encontrados com facilidade pelo público, e uma forma de fazer isso é usando as tags para YouTube corretamente.

Quem trabalha com produção de conteúdo sabe que quem controla o que é exibido ou não para cada usuário é um algoritmo. E com os vídeos não seria diferente! 

A plataforma analisa vários detalhes de cada vídeo para classificar e ranquear o conteúdo. E entre eles estão as tags.

Se você quer melhorar o SEO de seu canal e ganhar visualizações em seus vídeos, continue lendo este artigo. Reunimos tudo o que você precisa saber para usar as tags para YouTube da melhor maneira possível. Confira!

O que são tags para YouTube?

Você deve estar se perguntando o que são, afinal, as tags para YouTube. Elas são palavras ou termos curtos que indicam o assunto, a categoria ou outros detalhes do vídeo.

Essas tags permitem aos algoritmos do YouTube e do Google identificar do que se trata o conteúdo, indicando o vídeo a usuários que possam se interessar por ele.

Se você costuma acessar o YouTube, já deve ter notado a sessão de vídeos recomendados que aparece ao reproduzir algum conteúdo.

Cada uma das sugestões é selecionada pela plataforma depois que seu algoritmo rastreia e analisa as tags para identificar se o conteúdo é ou não pertinente ao vídeo que o usuário estava assistindo.

Por que você deve usar tags em seus vídeos?

O algoritmo do YouTube (ainda) não consegue assistir a um vídeo para entender seu conteúdo. Para fazer isso, ele precisa analisar uma série de outros dados complementares, como a descrição, título e, claro, as tags.

Com isso, a plataforma é capaz de identificar o tema do vídeo e sua relevância, ranqueando o conteúdo para os termos de busca relacionados ou na sessão de vídeos recomendados dos usuários.

Ou seja, quanto melhor for a sua estratégia de tags para YouTube, melhor será a posição de seus conteúdos nas pesquisas dos usuários, atraindo mais visualizações, alcance e seguidores.

De fato, essa é uma das principais estratégias de SEO para YouTube e que você não pode deixar de aplicar.

Como escolher e usar as melhores tags para YouTube?

Muito mais grave do que não usar tags nos vídeos do YouTube é usar termos aleatórios, sem qualquer relação com o conteúdo. Além de não trazer os resultados esperados, essa prática pode prejudicar sua estratégia de SEO.

Usar termos aleatórios e sem relação com o conteúdo pode confundir o algoritmo da plataforma e evitar que o vídeo alcance boas posições nas buscas e seja exibido para o público-alvo.

Por isso, é muito importante saber selecionar as tags para YouTube que indiquem o tema do vídeo e, ao mesmo tempo, tenham potencial de trazer resultados.

O primeiro passo é contar com uma persona bem definida. Assim, fica mais fácil descobrir as palavras-chave mais buscadas pelos usuários em seu nicho de mercado.

Separamos abaixo algumas técnicas para você colocar em prática na hora de escolher quais tags usar.

1. Use a palavra-chave principal do vídeo como primeira tag

Na hora de analisar os critérios de SEO, o algoritmo do YouTube presta muita atenção nas primeiras tags de um vídeo. Principalmente a primeira, que ganha um peso muito maior.

Portanto, certifique-se de que sua primeira tag seja exatamente a palavra-chave principal para a qual você quer ranquear.

Por exemplo, se você quer que o um conteúdo ranqueie para a palavra-chave “omelete vegetariano”, precisa usar o termo exato como primeira tag.

2. Mescle tags abrangentes e específicas

Quando falamos em palavras-chave, podemos dividi-las em dois tipos:

  • Head tail, que são termos mais abrangentes e genéricos, geralmente compostos por uma só palavra. Por causa disso, apresentam um maior volume de buscas e de competição.
  • Long tail, termos mais específicos e compostos por mais de uma palavra. Apresentam um volume menor de buscas e menos concorrência.

Essa mesma lógica pode ser aplicada nas tags para YouTube.

Imagine um vídeo com a receita de bolo de cenoura vegano que utiliza a tag “receita vegana”.

Quando um usuário pesquisar por esse termo no YouTube terá como resultado vídeos com outras receitas além do bolo de cenoura.

Por outro lado, ao utilizar a tag “receita bolo de cenoura vegano”, os resultados serão mais específicos, exibindo apenas vídeos com receitas de bolo de cenoura vegano, excluindo outras receitas.

O recomendável é mesclar os dois tipos de termos, porém, dando especial atenção aos termos mais específicos, já que eles apresentam melhores resultados e a concorrência é menor.

3. Não exagere no número de tags

Mesmo que seu vídeo seja muito abrangente, abordando diversos temas, evite a tentação de usar dezenas de tags.

Ao fazer isso, você confunde o algoritmo do YouTube e pode prejudicar o ranqueamento do conteúdo.

Lembre-se que esses termos ajudam a plataforma a identificar o tema do conteúdo. E quanto mais tags diferentes forem utilizadas, mais difícil será para o algoritmo entender o que o vídeo aborda.

De maneira geral, o YouTube recomenda o uso de, no máximo, 120 caracteres para para as tags. Isso equivale entre 6 a 8 tags, aproximadamente.

Melhores geradores de tags para YouTube

Além das dicas que listamos, também existem programas e ferramentas que permitem encontrar os termos de busca mais utilizados, facilitando o trabalho de criar tags para YouTube.

Confira as 4 melhores ferramentas e como elas funcionam:

1. Autocompletar do YouTube

BLOG_tags-para-youtube-autocompletar

Nossa primeira sugestão não é uma ferramenta propriamente dita, mas uma funcionalidade integrada ao próprio YouTube: o autocompletar.

Sabe quando você começa a digitar alguma coisa no campo de pesquisa do YouTube e a plataforma oferece uma série de sugestões?

Acredite, elas não são frases aleatórias. Pelo contrário, representam os termos mais utilizados pelos internautas em buscas contendo a palavra-chave que você acabou de digitar.

Embora essa função tenha sido desenvolvida para agilizar o uso da plataforma pelos usuários, ela oferece insights valiosos sobre o que sua audiência está pesquisando.

Além de ficar sabendo das principais dúvidas que o público tem, com a função autocompletar, você ainda descobre variações da palavra-chave, termos que servem como excelentes tags para YouTube.

2. Keyword Tool

BLOG_tags-para-youtube-keyword-tool

O Keyword Tool é um dos serviços mais utilizados para pesquisar palavras-chave da internet, oferecendo centenas de sugestões em poucos segundos.

A ferramenta permite pesquisar pelos termos mais populares no YouTube, filtrando os resultados por países e línguas suportadas na plataforma. Assim, você consegue segmentar ainda mais sua busca, alcançando resultados melhores.

Além disso, o Keyword Tool também permite filtrar as buscas por questões, proposições e até hashtags que contenham sua palavra-chave.

É possível ter acesso a essas funcionalidades gratuitamente. Porém, o serviço conta com uma versão paga que oferece dados como volume de pesquisa, tendência de busca nos últimos 12 meses, estimativa de CPC e competitividade de cada palavra-chave.

3. VidIQ

BLOG_tags-para-youtube-vidiq

Outra ferramenta que conta com uma funcionalidade específica para pesquisar tags para YouTube é o VidIQ.

Assim como o Keyword Tool, basta inserir o termo desejado para ter acesso a uma lista com sugestões de termos relacionados.

O grande diferencial do VidIQ é que a ferramenta também oferece diversos dados relevantes sobre o termo. É possível descobrir o volume de buscas, a competitividade de cada tag, a tendência de pesquisa nos últimos meses, termos relacionados e até os vídeos mais bem ranqueados para essa palavra-chave.

A ferramenta é gratuita para usar, bastando criar uma conta. Porém, para ter acesso a todas as funcionalidades, é necessário contratar um dos planos pagos, que custam a partir de US$ 7,99/mês.

4. YouTube Analytics

Por fim, nada mais natural do que incluir a ferramenta oficial da plataforma, o YouTube Analytics, em nossa lista.

Por meio dos relatórios oferecidos pelo Analytics, você consegue descobrir exatamente quais são os termos utilizados pelos usuários para chegar até seu vídeo.

Para isso, basta acessar o YouTube Studio, clicar em “Estatísticas” e, em seguida, em “Alcance”.

Outra sugestão é conferir as buscas mais populares em toda a plataforma clicando em “Origem de tráfego”, no menu lateral esquerdo, e em “Pesquisa do YouTube”.

Conhecer e usar corretamente as técnicas de SEO é fundamental para que seu conteúdo tenha relevância e alcance na plataforma.

E para destacar seus vídeos entre os outros milhares que são postados diariamente na plataforma, não deixe de usar as tags para YouTube.

Com as nossas dicas, você será capaz de identificar quais são os termos mais relevantes e usá-los da melhor maneira possível.

E não pare por aí! Quer potencializar ainda mais o desempenho de seu canal e atrair mais views? Então, confira nosso artigo com um passo a passo completo para criar uma thumbnail matadora para seus conteúdos.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.