FecharNotificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

FecharNewsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

O que é taxa de rejeição e como melhorar a sua?

O que é taxa de rejeição e como melhorar a sua?

A taxa de rejeição é uma métrica muito valiosa para blogueiros e empreendedores digitais. Descubra mais sobre o assunto!

A taxa de rejeição é um tema muito importante quando se trata de criar um site de sucesso.

Aqui no blog, já enfatizamos várias vezes a importância da interpretação de métricas e dados estatísticos para empreendedores do universo digital.

No entanto, é comum observar que algumas pessoas ignoram certos dados, como a taxa de rejeição, seja por desconhecimento ou porque não sabem as melhores estratégias para reduzi-la ao máximo.

Por isso, explicamos abaixo o que é a taxa de rejeição e como melhorar a do seu website.

Vamos lá?

O que é taxa de rejeição?

A taxa de rejeição é uma métrica muito valiosa para blogueiros e empreendedores digitais, porque ajuda a determinar o posicionamento de suas páginas nos mecanismos de busca, como Google.

Esses dados mostram a porcentagem de visitantes que entram e saem do seu site sem ter interagido com outras páginas dentro dele.

Segundo o próprio Google:

“Uma rejeição acontece quando em um site ocorre uma sessão de uma única página. No Analytics, uma rejeição é calculada especificamente como uma sessão que só aciona uma solicitação no servidor do Analytics, por exemplo, quando um usuário abre uma única página em seu site e sai sem ativar qualquer outra solicitação no servidor do Analytics nessa sessão.”

Em outras palavras, a taxa de rejeição é um dado que serve para detectar qual é o número de usuários que deixam um site sem interagir com outras páginas desse mesmo site, por vários motivos, como:

  • Porque não acharam o conteúdo interessante;
  • Porque não era o que buscavam, ou, em alguns casos;
  • Porque aquela página foi suficiente para esclarecer todas as dúvidas e não foi necessário continuar navegando pelo site.

Conhecer a porcentagem de rejeição do seu site permite medir o nível de satisfação de seus visitantes e pode ajudar a melhorar suas estratégias de conteúdo, o layout da sua página, otimizar a usabilidade e outros fatores determinantes para conseguir que um usuário permaneça um bom tempo em seu site, interaja mais e tenha uma experiência de navegação satisfatória.

Como encontrar a taxa de rejeição no Google Analytics?

A taxa de rejeição é um dado que você pode obter de forma muito fácil com a ferramenta do Google Analytics.

Para encontrá-la, clique em Comportamento no menu à esquerda.

Em seguida, selecione a opção Conteúdo do site e, finalmente, Todas as páginas.

taxa-de-rejeicao - imagem indicando o botão "comportamento" no Analytics

Depois de selecionar Todas as páginas, você verá todo o conteúdo da sua página ou blog e poderá analisar as seguintes métricas para cada post:

  • Número de visualizações de páginas;
  • Número de visualizações de páginas únicas;
  • Tempo médio nas páginas;
  • Entradas;
  • Taxa de rejeição (bounce rate);
  • Porcentagem de saídas.

taxa-de-rejeicao - imagem da tabela de trafego orgânico no Analytics

Ao analisar os principais posts da sua página ou blog, você pode ver quais são aqueles que têm maiores taxas de rejeição e tentar pensar em ações para que o leitor queira ir para outro conteúdo de seu site.

É importante que você desenvolva estratégias para reduzir esse número o máximo possível. A ideia é garantir que cada visita recebida seja aproveitada ao máximo e que as chances de gerar uma conversão sejam cada vez maiores.

Outros dados importantes que você deve analisar

Embora a porcentagem de rejeição pareça, a princípio, algo negativo, é necessário analisar outros dados para entender se seu valor realmente é preocupante ou não em cada contexto.

O tempo médio na página, por exemplo, é algo que o Google também considera ao definir se seu post é interessante ou não para o usuário que está procurando uma palavra-chave relacionada ao seu conteúdo.

Por exemplo:

Se você perceber que a taxa de rejeição de um post é muito alta e, além disso, os leitores ficam pouco tempo em sua página, você provavelmente tem um problema.

No entanto, se a porcentagem de rejeição for alta, mas os usuários permanecerem muito tempo em seu post, talvez eles tenham encontrado um conteúdo muito bom e você tenha conseguido fornecer todas as informações necessárias, sem que eles tenham que ir para outro conteúdo.

Outro exemplo em que a taxa de rejeição pode não ser negativa é quando você tem apenas uma página.

Então, se podemos dar um conselho é que sempre que você analisar seus dados, faça isso de uma forma crítica e considere todas as outras informações para entender melhor o que é certo e o que é errado.

Como melhorar a taxa de rejeição

Se você já analisou a porcentagem de rejeição de seu site e o que você viu até agora são números negativos, não se preocupe. A seguir, mostramos algumas formas de melhorar sua taxa de rejeição pouco a pouco.

É importante que você leve em conta que, quando se trata de melhorar a taxa de rejeição de uma página ou site, é necessário realizar o método de tentativa e erro. Ou seja, fazer modificações programadas, medir novamente e analisar os dados periodicamente.

Só então você pode descobrir, em detalhes, o que está errado em seu site.

Melhorar a velocidade de sua página

Quando o tempo de carregamento de um site aumenta, a taxa de rejeição também cresce.

Se um usuário acha que sua página demora muito para ser carregada, pode ser que ele a abandone rapidamente, sem visitar outros links de seu site.

Para determinar se a velocidade de seu site é boa ou ruim, você pode utilizar a ferramenta Webmaster do Google.

Ter um texto escaneável

A escaneabilidade de um texto é importante e benéfica quando se pretende melhorar a taxa de rejeição.

É essencial oferecer conteúdos que sejam fáceis de interpretar e atrativos para seus visitantes. Por isso, recomendamos que você confira nosso post com dicas para escrever textos escaneáveis.

Responder às dúvidas do usuário

Quando um usuário sente que o site não é capaz de responder suas dúvidas ou atender suas necessidades, ele sai imediatamente.

Pesquise quais são as motivações de seus usuários e ofereça conteúdo valioso para eles.

Incluir imagens e vídeos que chamem a atenção

Sejamos honestos: quem gostaria de entrar em um site saturado de textos e sem recursos gráficos? Ninguém.

Portanto, certifique-se de que seu site tenha boas imagens e vídeos que complementam o conteúdo e chamem a atenção do usuário.

(Leia também nosso post com 5 opções gratuitas de banco de imagens que podem te ajudar a melhorar a apresentação de seu conteúdo e chamar a atenção dos usuários.)

Colocar links para conteúdos úteis

Colocar links internos permite que você dê ao usuário mais opções de conteúdo.

Temos certeza de que oferecer conteúdo variado ao leitor e a possibilidade de pular de um texto para o outro, sem fazer muito esforço, permitirá que ele se interesse muito mais com o site e passe mais tempo navegando nele.

Incluir infográficos para resumir o conteúdo

Os infográficos não podem faltar quando se quer oferecer conteúdo de qualidade.

Além disso, eles servem para resumir conteúdos muito extensos ou facilitar o entendimento em temas que podem ser muito técnicos ou complicados.

Garantir uma boa usabilidade da página

Melhore a usabilidade e a maneira como você organiza seu conteúdo.

Pense em seus usuários e evite que eles percam tempo. Ofereça-lhes um site amigável no qual todas suas funcionalidades estejam 100% operacionais.

Utilizar um layout que seja claro e agradável

Páginas com um layout ruim costumam ter altas taxas de rejeição. A razão para isso é porque um layout pouco amigável e complicado de usar, geralmente, gera desconfiança no visitante.

Portanto, é importante que você analise o layout de seu site e verifique se ele é claro, responsivo e agradável para quem o visita.

Ter cuidado para não incluir muitos pop-ups e propagandas

Se existe um elemento irritante que um usuário nunca quer ver enquanto navega na internet é um pop-up invasivo.

Sabemos que os pop-ups são excelentes ferramentas para aumentar as conversões de um site. No entanto, é importante que você esteja ciente do uso desse recurso e o coloque apenas no momento certo e com a mensagem correta.

Utilizar um bom CTA

O CTA ou call to action é necessário para indicar o próximo passo que você deseja que um visitante faça em sua página.

Certifique-se de incluir um CTA chamativo em seu conteúdo, usar verbos imperativos, fazer textos curtos e fáceis de entender e criar urgência no leitor.

Fique de olho na taxa de rejeição!

Como você deve ter notado, a taxa de rejeição é uma métrica muito importante quando se trata de desenvolver um site de sucesso.

Porém, evite fazer comparações com outros sites, já que esse é um dado que está baseado em função do objetivo pelo qual o site foi criado.

O essencial é avaliar a taxa de rejeição de seu site e melhorá-la constantemente, para que seus usuários fiquem sempre satisfeitos e haja maiores conversões em suas páginas.

E se você acha que precisa aprender um pouco mais sobre ferramentas para analisar as métricas de seu site, não perca nosso guia completo sobre o Google Analytics e veja como usar essa ferramenta para conhecer seu público e aumentar suas vendas.

Até logo e boa sorte!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.