Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

5 técnicas de growth hacking para aumentar o tráfego no seu site

5 técnicas de growth hacking para aumentar o tráfego no seu site

Dicas rápidas e práticas para quem quer mais visitas em seu site.

Growth hacking é expressão do momento, por onde você andar na internet, com certeza vai acabar ouvindo alguém dizer que está implementando essas técnicas em seu negócio ou, até mesmo, encontrar quem já está colhendo os frutos dessa nova experiência.

Mas, afinal de contas, o que é growth hacking?

Bem, antes de saber exatamente o que é, é importante saber o que não é:

Growth hacking não é uma sequência de determinadas ações que melhoram o seu negócio. Ponto.

Na verdade, trata-se de uma técnica baseada em teste. Ou seja, o growth hacking é uma maneira de trabalhar o crescimento do seu negócio, seja com mais tráfego ou mais vendas, de maneira empírica, sempre buscando implementar as melhores práticas.

Práticas estas que você chegará somente após testar várias hipóteses diferentes. Quer dizer, você utiliza o método científico de tentativa/erro para descobrir o que – de fato – pode funcionar para a sua empresa.

Mas, se é assim, você deve estar pensando: então como você vai me dar 5 técnicas, sendo que eu preciso construir na base da tentativa/erro?

Calma lá, o que acontece é que a gente já realizou, muito mesmo, esses testes e as técnicas de growth hacking que vamos passar para você são aquelas que, na prática, apresentaram melhores resultados.

Ou seja, se você quer se valer do dessa estratégia para aumentar o tráfego do seu site, nós já realizamos a parte difícil e, agora, você só precisa aplicar as técnicas que você vai descobrir (se continuar lendo este artigo) e ver seu faturamento crescer!

01 – Material gratuito

Todo mundo gosta de receber presentes e a sua audiência não é diferente.

Quando você surpreende o visitante do seu site com algum bônus gratuito, mas gratuito mesmo – não peça nem o email em troca – isso ajuda a somar alguns pontos positivos para a sua marca.

Por exemplo, digamos que você atue no segmento de emagrecimento e vida saudável. Naturalmente, acabará oferecendo a sua audiência, além de artigos e vídeos, um ebook como isca digital, e não há nada de errado nisso.

Mas, além dessa isca, que o usuário de internet médio já está ciente de que irá se inscrever em uma lista e através dela receber promoções, procure oferecer materiais igualmente ricos, de vez em quando, sem pedir que seja necessário esse “cadastro”.

Por exemplo, você leu algum livro estrangeiro, difícil de conseguir por aqui e traduziu? Coloque um link para download direto, sem rodeios e sem pedir nada em troca. Clicou, baixou.

Pode parecer bobagem, mas a audiência já está acostumada a ter que dar seu email em troca de algo – quando não, pagar por isso – e dessa vez, você simplesmente presenteou-os. Foi de fato um presente.

Isso cria uma excelente impressão, além de aumentar a probabilidade do usuário compartilhar o seu site com outras pessoas que também tenham interesse naquele conteúdo.

Quer dizer, se você ia usar aquilo para gerar uma lista e da lista gerar tráfego, você encurtou o caminho e, mesmo assim, vai gerar tráfego, talvez, até de maior qualidade e fidelidade.

Agora, nada impede que você vá um pouco além e, ainda assim, capture o lead.

Após entregar o download, coloque um formulário onde o usuário pode ou não se inscrever e deixe claro que, caso ele queira mais conteúdo enriquecedor como aquele, se inscreva na lista para receber via email.

Ele já está confiando no seu negócio, pois você acabou de ajudá-lo sem pedir nada em troca, então, as chances de que você continue fazendo isso é grande.

Pronto, lead, divulgação e tráfego, tudo isso num golpe só e sem ser nenhum pouco pedante!

02 – Amor à primeira vista

Milhares de dados confirmam que cerca de 80% dos usuários que passam pelo seu site olham apenas o que acontece na primeira página, visualizando o conteúdo antes da dobra de página. Ou seja, a maioria não rola o site para baixo e, quando rola, não dá muita atenção ao conteúdo que lá está.

Portanto, procure concentrar o que há de mais convidativo no seu site na primeira dobra da primeira página que o usuário acessar, que não necessariamente será a home.

Por exemplo, se você tem um artigo ranqueado na busca do Google, procure colocar informações relevantes logo no início deste artigo. Assim que o usuário acessar, crie um motivo para que ele continue dando atenção ao que virá em seguida.

É como nós fizemos neste artigo, explicamos porque o growth hacking funciona e, agora, você está aqui dando seu precioso tempo para o nosso conteúdo.

Essa técnica simples melhora o tempo de permanência do usuário no seu site, colaborando para pegar as primeiras páginas do Google, aumentando assim – consequentemente – seu tráfego.

Além disso, se você casar essa estratégia com um conteúdo realmente de valor, entregue após conquistar a atenção da audiência, as chances de seu artigo ser recomendado, compartilhado e até mesmo linkado é muito grande.

03 – Amor à última vista

Ok, o usuário acessou o site, consumiu o conteúdo e agora vai embora.

Mas, por que tão cedo? Você, com certeza, ainda tem mais a oferecer e ele precisa saber disso, antes de partir.

Portanto, procure criar aqueles pop-ups que alertam o usuário no momento em que ele decide subir o mouse para deixar a página.

Nestes pop-ups, indique outros conteúdos semelhantes ou complementares que podem interessar a sua audiência ou até mesmo uma promoção, isca digital e, porque não, um presente (de verdade), como vimos na primeira técnica de growth hacking.

Essas ações melhoram o tempo de permanência, colaboram para ranquear seu site, aumentam as chances de alguém compartilhar seu conteúdo ou acabar comprando algum produto com o qual você trabalha.

Só cuidado com a quantidade de pop-ups, eles atrapalham seu ranqueamento no Google.

Em todas essas situações, seu tráfego irá aumentar substancialmente, junto com o seu faturamento.

04 – Quanto antes, melhor!

Pois bem, você decide criar um material fantástico no qual vai ensinar técnicas incríveis de emagrecimento – por exemplo – para a sua audiência.

O problema é que, para que isso aconteça, você vai precisar de umas duas semanas de desenvolvimento.

Agora, disponibilizado esse conteúdo matador, você começa a divulgar e aí demora mais uma ou duas semanas para que ele comece a receber acessos significativos e conquiste seu espaço.

Então, acabou levando praticamente um mês para começar a colher alguns poucos resultados da ideia genial que você teve.

Com o growth hacking, descobrimos uma maneira de diminuir esse tempo, além de melhorar significativamente o seu tráfego: inverta o processo.

Ao invés de começar a divulgar o conteúdo para o seu público quando ele já estiver disponível, adiante as coisas e já informe aos seus seguidores e visitantes do seu site que, logo logo, vai vir aí um conteúdo incrível.

Basicamente, você informar que está trabalhando em algo que vai revolucionar a maneira como ele lida com um determinado problema.

Dessa maneira, quando publicar o material, já vai ter gente na fila de espera para consumir.

E, acredite, essa fila vai ser maior do que os acessos que você conseguiria disponibilizando posteriormente. Pois, com esses primeiros, você utilizou o gatilho mental da expectativa. Eles ficaram curiosos e querem ver do que se trata, como será e o que você irá entregar.

Assim, de quatro semanas, você diminuiu para duas o tempo de retorno. E em quatro, você já terá todos os acessos de quem já estava esperando mais os acessos daqueles que virão devido a sua divulgação posterior (que era somente o que você faria antes).

05 – Eles sabem o que querem

Não tem jeito, conteúdo é rei e a melhor maneira de aumentar o tráfego do seu site é fornecendo conteúdo de qualidade.

Mas isso não é segredo nenhum. O que ainda fica meio vago para algumas pessoas é o que pode ser considerado um conteúdo de qualidade.

Pois bem, existem diversos fatores para se analisar isso, mas a maneira mais rápida de descobrir o que publicar é ouvindo o que a sua audiência diz.

Deixe que eles digam qual conteúdo querem consumir.

Nesse momento, pode estar passando pela sua cabeça em fazer aquelas pesquisas de mercado ou até mesmo perguntar nas redes sociais. Mas, isso não funciona tão bem.

O que funciona extremamente bem e descobrimos através do de técnicas de growth hacking é ver o histórico da sua audiência.

Por exemplo, qual conteúdo seu foi mais consumido? Qual curso, no seu segmento, vem sendo mais vendido na Hotmart? Qual é o conteúdo deste curso?

Responda a essas perguntas e você terá uma lista infindável de conteúdo de qualidade para produzir nos próximos meses.

E uma dica bônus dentro deste tópico é não apenas criar aquilo que gera busca direta, mas o que eles indiretamente irão precisar.

Tenha visão e entenda as demandas futuras! Calma, vamos explicar como fazer isso.

Digamos que o conteúdo sobre como anunciar no Facebook é o que mais teve acesso no seu site e os cursos de como fazer isso também vendem muito bem. Perfeito, o que uma pessoa que – agora – está anunciando no Facebook vai precisar?

Ensine-a sobre público-alvo, segmentação, ferramentas para melhorar a gestão de anúncios, dicas de imagens que convertem bem nesses anúncios, fale sobre testes a/b… Enfim, faça como no xadrez e antecipe o próximo passo de quem está consumindo aquele conteúdo.

Dessa maneira, além do tráfego direto na busca, você ainda terá tráfego secundário devido aos conteúdos relacionados, poderá entregar presentes, inserir pop-ups e anunciar novos materiais, criando a expectativa que vimos acima.

Ou seja, faça um combo de tudo que você aprendeu aqui e melhore os acessos do seu site.

Ah, não vai esquecer de compartilhar este conteúdo com seus parceiros e colegas de negócio. Esse tipo de ação fortalece o seu networking e vai galgando seu caminho rumo à autoridade dentro do seu nicho.

Guest post produzido pela equipe da Leadlovers

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.