Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Black Week Hotmart

Quer fazer mais vendas? Participe da Black Week Hotmart. Nos últimos anos, os números foram impressionantes: aumento de 200% em vendas em um único dia!

Quero participar

Como fazer transmissão ao vivo pela internet

Como fazer transmissão ao vivo pela internet

O checklist para não errar!

Deixe a gente adivinhar: você é comunicativo, age naturalmente na frente das câmeras, sabe como fazer uma transmissão online, mas nem sempre consegue atingir os resultados esperados.

Acertamos? Essas características são comuns entre produtores de conteúdo.

Na maior parte das vezes, essa falta de resultados ocorre quando a pessoa não segue à risca todas as etapas necessárias para fazer uma transmissão ao vivo pela internet.

Gravações online precisam ser planejadas com cuidado para gerarem bons retornos. Neste post, você vai conhecer um checklist de todas as fases de uma transmissão de qualidade. Vamos conferir?

Com o que se preocupar ao começar a fazer transmissões ao vivo?

Antes mesmo de irmos para a parte prática, é bom sempre lembrar que, assim como em qualquer outro projeto, o planejamento é a base de tudo.

É por causa dele que todas as etapas de uma transmissão ao vivo (pré, durante e pós-transmissão) ganham forma e geram resultados satisfatórios de acordo com os seus objetivos.

Por falar em objetivos, o que você deseja alcançar com as lives? Quer captar mais leads qualificados? Diversificar suas estratégias do marketing digital? Ou apenas aumentar a sua visibilidade online?

É importante ter os objetivos claros bem antes de começar a transmissão. Além de permitir um melhor direcionamento de conteúdo, isso também influencia a escolha do ambiente, os tipos de equipamentos necessários e a forma de divulgação do conteúdo, entre outros.

Veja, a seguir, mais detalhes sobre cada uma das etapas.

Pré-transmissão

1. Trace o roteiro

A criação de um roteiro é o primeiro passo da pré-produção. É ele que vai nortear o restante da live para evitar qualquer tipo de deslize ou fuga do tema central da transmissão.

É claro que, no final de tudo, é você quem vai conduzir a transmissão ao vivo.

No entanto, por ser uma comunicação em tempo real, não existe a história de “regravar ou editar o vídeo”.

Portanto, é interessante que você roteirize os principais temas que quer tratar, como um cronograma.

Na hora da transmissão, você poderá acrescentar toques divertidos ou de improviso.

2. Fique atento aos equipamentos

A escolha dos equipamentos vai depender dos objetivos e das estratégias que você definir.

De modo geral, o básico que você precisa para fazer uma transmissão profissional é uma câmera, um microfone e uma boa iluminação.

É claro que a quantidade e a qualidade de cada tipo de equipamento podem variar de acordo com o cenário e o número de participantes na live. Uma transmissão rápida e mais simples, normalmente, não exige tantos equipamentos como um webinário, por exemplo.

Então, tenha em mente a sua realidade para fazer as melhores escolhas, tudo bem?

3. Prepare-se para imprevistos

Internet lenta, falta de luz, excesso de barulho no local, problemas com a câmera… Muitos imprevistos podem acontecer em uma transmissão ao vivo.

Por isso, a melhor dica é sempre ter um plano B para substituir qualquer coisa que seja essencial para sua live ocorrer normalmente.

Durante a transmissão ao vivo

4. Mantenha um diálogo fluido

Quando você já estiver no ar, mantenha um diálogo fluído para oferecer uma experiência atrativa e acolhedora para os telespectadores.

Uma boa dica é utilizar a estratégia de storytelling para contar histórias.

Basta você compartilhar o seu conteúdo a partir de uma história autêntica, criativa e com teor emocional. Esse método é excelente para aumentar a conexão com o público, fazendo-o interagir ainda mais com a sua live.

5. Acompanhe os comentários

É claro que você não precisa ler todos os comentários — afinal, alguém precisa conduzir a transmissão — mas é fundamental mostrar que você se preocupa com os usuários.

Sendo assim, faça algumas pausas durante a sua produção para selecionar comentários e responder de forma breve e objetiva.

6. Saiba onde fazer a divulgação

Não basta divulgar a transmissão ao vivo em qualquer mídia social da internet.

Para fazer a sua live bombar com o público certo, você deve publicá-la nos canais de comunicação que ele está mais conectado.

Não adianta nada fazer a divulgação exclusivamente no Facebook, por exemplo, se a maioria dos seus potenciais clientes preferem utilizar o Instagram.

Pós-transmissão

7. Mantenha contato com os mais engajados

Achou que o trabalho tinha terminado? Ainda temos dicas importantes!

A pós-transmissão é o momento para entrar em contato com as pessoas que mais interagiram na live.

Por fazerem parte da parcela de telespectadores que realmente se interessou pelo seu conteúdo, você ainda tem mais chances de fidelizá-los para as suas próximas transmissões na internet.

Vale destacar que esse é o melhor momento para você pedir feedbacks, a fim de melhorar ainda mais o seu conteúdo no futuro.

8. Analise os resultados

Por fim, chegou a hora de conferir os resultados da sua transmissão ao vivo na internet para saber se você realmente está indo pelo caminho certo.

E como fazemos isso?

Analisando as métricas disponíveis na plataforma ou rede social que você faz a live, tais como:

  • Quantidade de visualizações;
  • Número de usuários alcançados;
  • Taxa de engajamento.

Quais são as principais vantagens da transmissão ao vivo?

São muitas etapas para planejar, não é mesmo?

Mas não desanime! É muito mais simples do que parece.

Além disso, depois que todo o trabalho estiver concluído da maneira correta, você poderá aproveitar uma série de vantagens da transmissão ao vivo.

Confira as principais a seguir:

Maior alcance

Uma das maiores vantagens da transmissão ao vivo pela internet é que ela não impõe um limite de pessoas que podem acompanhar a live — diferentemente de quando você dá uma palestra em um local fechado, por exemplo.

Isso permite um alcance muito maior do público, o que, estatisticamente, aumenta as chances de conversão.

Conexão com o público

As transmissões ao vivo têm a capacidade de gerar conexão com o público, principalmente quando o conteúdo é envolvido em várias histórias atrativas e envolventes.

Incentivo à interação

Por acontecer em tempo real, lives acabam gerando muito mais interação entre os usuários do que um vídeo comum.

Dependendo do tipo de streaming, os espectadores podem enviar comentários e dúvidas pelo chat a qualquer momento para o produtor de conteúdo.

A transmissão ao vivo pela internet é uma estratégia eficiente para divulgar o seu conteúdo e alcançar leads qualificados.

Mas, para que ela atinja todos os seus objetivos, não basta apenas pegar o celular e começar a filmar, é preciso planejar um roteiro, preparar os equipamentos, pensar nas estratégias, entre outros passos que descrevemos neste checklist!

Quer aprender como uma transmissão ao vivo funciona na prática? Então, acompanhe nossos webinários semanais!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.