FecharNotificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

FecharNewsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

FecharFire 2018

Hoje é o último dia para comprar o ingresso do FIRE com o preço atual.

Não perca mais tempo e garanta sua presença nessa experiência única!

Quero garantir meu ingresso

Treinamento empresarial: como ter uma equipe de alta performance

Treinamento empresarial: como ter uma equipe de alta performance

O passo a passo para capacitar seus colaboradores!

Hoje em dia, a maioria das pessoas que gere um negócio sabe da importância de investir em treinamentos internos para melhorar o desempenho de seus colaboradores e alcançar suas metas.

Diante de um cenário no qual a educação a distância tem ganhado cada vez mais espaço, muitas empresas têm enxergado os cursos online como uma opção prática e acessível para treinar, desenvolver e capacitar suas equipes.

Independentemente do formato escolhido, para criar um conteúdo assertivo, é imprescindível conhecer todas as etapas envolvidas na criação do treinamento empresarial e saber como colocá-lo em prática.

Se você tem interesse no assunto, continue com a gente!

Neste texto vamos mostrar as diferenças entre os formatos presencial e online e ensinar o passo a passo para você criar sua própria capacitação.

Por que aplicar um treinamento em sua empresa?

Se você ainda não faz nenhum treinamento em sua empresa, pode ser que esteja se perguntando por que é tão importante investir nisso.

Confira só alguns dos benefícios que o treinamento empresarial pode trazer para seu negócio.

Capacitar funcionários

Um dos principais objetivos de um treinamento interno é capacitar os funcionários para que eles realizem suas funções da melhor maneira possível.

Por mais que os processos de recrutamento e seleção tenham sido eficazes na contratação de colaboradores, sem um treinamento adequado é difícil garantir que eles serão capazes de usar todo seu potencial e gerar resultados para a empresa.

Manter os profissionais atualizados

Muitas empresas erram ao acreditar que o treinamento empresarial serve apenas para treinar novos colaboradores.

A capacitação também deve ser usada para atualizar os profissionais que estão há mais tempo na empresa com as melhores práticas do mercado e garantir a melhoria constante de seu desempenho.

Alinhar os colaboradores com as metas da empresa

Para que uma empresa atinja suas metas os funcionários devem estar alinhados com os objetivos estratégicos organizacionais.

Não adianta seus colaboradores serem os melhores no que fazem, se suas ações não estão contribuindo para o alcance das metas estipuladas para seu negócio, certo?

Otimizar processos e corrigir falhas na rotina de trabalho

No dia a dia, em meio às várias atividades e aos horários apertados, pode ser difícil corrigir falhas ou implementar mudanças para otimizar as ações dos funcionários.

O treinamento acaba sendo a oportunidade ideal para mostrar o que pode ser feito para melhorar, apresentar soluções e aumentar o rendimento das equipes.

Treinamento online ou presencial?

O treinamento empresarial pode ser tanto online quanto presencial.

Para você encontrar o modelo ideal para seu negócio, vamos falar das vantagens e desvantagens de cada um.

Treinamento presencial

Este formato de treinamento é o mais comum, já que a implementação da educação a distância no ambiente organizacional ainda é relativamente recente.

Vantagens

Fazem parte das vantagens:

Oportunidade de interação entre os colaboradores

Por ser realizado em um ambiente físico, o treinamento presencial possibilita que os colaboradores interajam, troquem informações, experiências e conhecimentos. Principalmente em empresas maiores, com muitos setores, este pode ser um dos únicos momentos de interação entre funcionários de equipes diferentes.

Possibilidade de tirar dúvidas em tempo real

Durante o treinamento pode ser que surjam questionamentos ou que o colaborador queira fazer algum comentário para enriquecer o curso.

O formato presencial permite que isso seja feito em tempo real, o que evita que as dúvidas sejam esquecidas ou que a comunicação seja unilateral.

Ambiente propício para dinâmicas

Outra vantagem do treinamento presencial é a possibilidade de criar dinâmicas práticas.

Com todos os funcionários reunidos no mesmo espaço o instrutor pode propor atividades em grupo para quebrar o gelo e mostrar a aplicação prática do conhecimento transmitido.

Desvantagens

Apesar de ser o modelo mais comum, o treinamento presencial possui algumas falhas em sua aplicação. Conheça as principais.

Dificuldade de conciliar as agendas

Para realizar um treinamento presencial todos os funcionários precisam estar disponíveis no mesmo horário. Em empresas com uma equipe enxuta isso pode até ser simples, mas em organizações com muitos funcionários pode demorar bastante para conseguir conciliar tantas agendas.

Gasto com aluguel de espaço, instrumentos e alimentação

São poucos os negócios que dispõe de um espaço grande e adequado para a realização de treinamentos. Na maioria das vezes é necessário alugar salas ou auditórios para caber todos os funcionários. Além do espaço, são necessários vários recursos, como projetores, quadros, impressão de materiais, além da alimentação dos participantes.

Cansaço dos participantes

Em treinamentos presenciais, as pausas não são feitas individualmente, o que faz com que todos os colaboradores tenham que seguir o mesmo ritmo, o que aumenta as chances desse formato ser mais cansativo e desgastante para os participantes.

Treinamento online

As empresas, independentemente do ramo, estão cada vez mais conectadas na internet e isso aumentou bastante a procura pelo modelo online para realizar os treinamentos. Veja algumas das características deste modelo.

Vantagens

Veja os benefícios de adotar o modelo EAD em seus treinamentos.

Praticidade

O treinamento empresarial online é fácil de ser elaborado, pois só é necessário contar com a pessoa que tem o conhecimento, uma plataforma para hospedar o conteúdo e os instrumentos necessários para a escrita ou gravação do material.

Economia

O modelo online, além de prático, é econômico. Não é necessário gastar com aluguel de espaço, coffee breaks, transporte e recursos tecnológicos para dar as aulas.

Se a capacitação for no formato de videoaulas, por exemplo, a empresa precisará apenas de um computador, uma câmera, um microfone e internet. Já os colaboradores poderão acessar todo o conteúdo direto do próprio computador, smartphone ou tablet.  

O conteúdo tem um alcance maior

Para dar uma capacitação interna online é necessário elaborar o conteúdo apenas uma vez e repassá-lo para múltiplos funcionários, quantas vezes forem necessárias, sem a necessidade de criar tudo novamente. A não ser, é claro, que haja a necessidade de uma atualização nos processos.

Flexibilidade de horário

Com o treinamento online os funcionários ganham a liberdade de realizar o treinamento quando for conveniente, sem ter que se deslocar ou interromper outras atividades importantes do trabalho.

Além disso, o formato permite que os usuários façam pausas nas aulas quando quiserem, o que diminui o cansaço e facilita a absorção das informações.

Desvantagens

Fique atento às desvantagens do modelo online para entender se ele é o mais adequado para sua empresa.

Baixo engajamento

Como os colaboradores ficam livres para acessar o treinamento quando quiserem, sem nenhum tipo de fiscalização, pode ser que muitos não se sintam motivados o suficiente para se dedicar e se engajar com o conteúdo.

No entanto, se a empresa estabelecer um prazo máximo para a realização do treinamento e acompanhar o progresso de seus funcionários, esse problema pode ser facilmente contornado.

Pouca interação

É comum que nos treinamentos online os participantes interajam menos do que em capacitações presenciais, já que cada um organiza o seu tempo e estudo individualmente.

Entretanto, essa desvantagem pode ser solucionada com a criação de fóruns e comunidades, que são recursos encontrados na maioria das plataformas EAD, como o Hotmart Club.

Dificuldade em medir a curva de aprendizado dos participantes

No treinamento online, o responsável pelo curso e os participantes ficam distantes, fisicamente, o que torna mais difícil o processo de mensurar como o conteúdo está sendo absorvido pelos alunos.

A responsabilidade pelo aprendizado acaba se concentrando nas mãos dos colaboradores, que precisam se engajar e se dedicar para fazer um bom proveito do material.

Por outro lado, provas e quizzes online permitem medir o nível de conhecimento de cada participante, contribuindo para que a empresa acompanhe o desenvolvimento de seus funcionários.

O passo a passo para criar um treinamento empresarial  

Agora que você já entendeu como funciona o treinamento empresarial, está na hora de aprender como criar a capacitação ideal para sua empresa. Confira as etapas.

1.Identifique uma demanda da organização

O primeiro passo para criar seu conteúdo deve ser a identificação de uma necessidade na empresa, para que a capacitação interna seja realmente útil e agregue valor para a organização.

A demanda pode surgir pelos seguintes motivos:

  • Implementação de um novo procedimento ou instrumento de trabalho;
  • Criação de uma nova equipe ou projeto;
  • Identificação de falhas em algum processo;
  • Chegada de novos funcionários;
  • Necessidade de aperfeiçoar a desenvoltura em uma língua;
  • Necessidade de atualizar os colaboradores, entre outras.

2. Defina o objetivo geral do treinamento

Uma das maiores dificuldades dos profissionais de RH e líderes de equipe costuma ser mostrar para a direção que o treinamento interno pode interferir diretamente na produção dos colaboradores e, consequentemente, nos ganhos da empresa.

Sendo assim, é fundamental que o treinamento tenha um objetivo geral estabelecido, para que seja possível criar conteúdos realmente assertivos, que tragam os benefícios esperados e consigam ser mensurados posteriormente.

3. Defina o orçamento para a capacitação

Existem treinamentos de valores variados, dependendo dos recursos tecnológicos e materiais utilizados.

Antes de criar um curso para seus colaboradores, verifique quanto pode gastar e defina o orçamento para a capacitação. Assim fica mais fácil saber o que procurar e no que investir.

4. Estabeleça um conteúdo programático

Para que o treinamento fique exatamente como planejado é fundamental estabelecer um conteúdo programático.

Para isso, você deve elaborar um roteiro do curso e dividi-lo em partes, mantendo as informações reunidas por afinidade ou nível de dificuldade, por exemplo.

O importante é definir previamente os tópicos que serão abordados, as ferramentas necessárias para a elaboração das aulas, os dados que não podem ser esquecidos etc.

Fazer esse planejamento ajuda a criar um material sequencial, completo e realmente valioso.

5. Pense em avaliações ou dinâmicas para os participantes

Uma das formas de deixar o treinamento empresarial atrativo e fluido é elaborar dinâmicas para realizar com os participantes. Assim você transforma a capacitação em algo interativo, o que ajuda a aumentar o interesse dos colaboradores.

Criar avaliações também pode ser uma boa opção, pois, além de permitir que você verifique se o conhecimento foi absorvido, ajuda a motivar os participantes.

6. Escreva ou grave o material de apoio

Para ajudar os colaboradores a compreenderem e assimilarem o conteúdo compartilhado, crie materiais de apoio. Podem ser textos complementares, e-books, vídeos demonstrativos ou infográficos com tutoriais, o formato vai depender de seu objetivo.

Como extrair todos os benefícios do treinamento empresarial

O objetivo de todo treinamento é otimizar processos e rotinas de trabalho, portanto, é indicado mensurar os resultados no dia a dia dentro da empresa.

Uma maneira eficaz de fazer a mensuração é observar se, após a capacitação, houve redução do tempo e dos custos de produção. Para isso, é necessário ter dados do período anterior ao treinamento, para fazer uma comparação e verificar se houve melhora ou piora nos indicadores.

Outro fator importante de ser medido é o nível de satisfação dos funcionários. Ouvir o que eles têm a dizer sobre o que aprenderam e como estão aplicando o conteúdo em suas atividades é essencial para saber o que deu certo e o que ainda pode ser melhorado.

Para saber se eles estão adaptando o conhecimento à rotina de trabalho ou se notaram algum ganho em sua produtividade, por exemplo, podem ser realizados feedbacks periódicos, conforme a demanda da empresa.

Agora que você percebeu como é importante investir em treinamento empresarial, que tal criar seu próprio curso online para capacitar equipes? Confira neste nosso post como se planejar e definir um plano de curso completo.

 

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.