Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Como fazer suas primeiras vendas pelo Instagram?

Como fazer suas primeiras vendas pelo Instagram?

Vender pelo Instagram não é um bicho de sete cabeças, mas é preciso ter estratégia.

Já tem tempo que o Instagram não é apenas uma rede social — pelo menos, no mercado de produtos digitais. Para esse universo, o Insta é uma ferramenta poderosa para profissionalizar seu negócio: para conversar com sua audiência, entregar conteúdos de valor, atrair público qualificado e, é claro, realizar vendas.

Se você já usa a rede social como parte da sua estratégia, ótimo! Você está no caminho certo. Se ainda não usa, pode ser a hora de apostar nas melhores práticas para vender no Instagram de uma vez por todas.

Fato é que não basta ter um perfil por lá para compartilhar links em qualquer oportunidade. É preciso refinar a maneira como você se comporta na plataforma. Vender é possível, mas precisa respeitar o processo.

Por isso, organizamos algumas dicas fundamentais para você que não apenas quer vender pelo Instagram, mas quer organizar uma estratégia infalível para otimizar o seu processo de vendas. Vamos lá?

Como começar no Instagram do zero?

Antes de qualquer coisa, é importante alinhar que não existe mistério; existem boas práticas. E a primeira delas é garantir que o perfil utilizado seja uma conta comercial. Caso a sua não seja, basta ir até as configurações e fazer essa alteração. Simples!

Mas e se a sua conta for pessoal e você não souber se quer fazer isso por lá? Bom, aí você precisa decidir se vai usar o perfil que você já tem ou se vai criar um novo. O que vai guiar essa decisão é o seu objetivo.

Se você já produzia conteúdo sobre determinado nicho para uma audiência engajada no seu perfil pessoal, é uma boa mantê-lo. Mas, se você quer separar as coisas, a melhor pedida é fazer uma conta novinha em folha.

Em ambos os casos, é importante lembrar de deixar seu perfil público para que as pessoas possam ver tudo o que você tem para oferecer por ali antes mesmo de te seguir. E não se esqueça de criar uma identidade forte no seu perfil.

Para te ajudar nisso, preste atenção nos seguintes elementos:

  • Imagem: essa é a cara do seu perfil. Por isso, invista em uma opção que mostre o seu rosto e que caracterize o nicho em que você atua. Por exemplo, se trabalha com o universo da gastronomia, por que não usar um chapéu de chef?
  • Bio: essa é a descrição do seu perfil. Nela, você precisa organizar as informações mais importantes da sua atuação profissional. Deixe claro seu objetivo, sua experiência, seus diferenciais e tudo o que achar relevante de contar logo de cara.
  • Link: esse é o seu objetivo. Aqui, você precisa incluir todos os links mais importantes sobre o seu negócio. Se é o produto que você vende, se é um grupo fechado, se é a página de vendas, é aqui que você deve colocá-lo em destaque. Assim, não tenha medo de colocar um CTA que leve as pessoas a clicarem nesse endereço. Caso você tenha mais de um link importante, use o Linktree para organizá-los em uma árvore de destinos para seus seguidores.
  • Destaques: esses são os tópicos mais relevantes para a sua apresentação. Uma boa ideia é começar com as seguintes:
    • Auto-apresentação: você explicando quem você é, quanto tempo de experiência tem, por que você é especialista no que faz e o que mais for relevante para o seu público.
    • Produto: você explicando o que você oferece em termos de produtos ou serviços digitais.
    • Tira-dúvidas: você compartilhando e respondendo as principais perguntas que você recebe sobre você ou sobre seu produto.
    • Depoimentos: pessoas que já compraram de você dizendo o porquê de terem feito isso ou compartilhando como suas vidas foram transformadas.
    • Materiais complementares: dicas de e-books, links, sites, perfis que possam contribuir com a jornada de aprendizado dos seus seguidores.
  • Feed: esse é o seu conteúdo. Você deve decidir como organizar suas publicações de maneira visualmente agradável. Assim, você consegue mostrar para o seu público que você leva a sério aquele canal.

Quer entender na prática como começar no Instagram? Dá só uma olhadinha nas dicas que preparamos:

Como crescer rápido no Instagram?

Você deu aquele tapa no seu perfil do Instagram e agora quer fazê-lo chegar ao maior número de pessoas possível em pouco tempo, certo? Antes, responda uma coisa! Qual é o seu foco: ter muitos seguidores ou fazer muitas vendas?

Em qualquer um dos casos, é essencial ter em mente que você não deve chamar a atenção de todo mundo, mas deve lidar com as pessoas certas — a sua persona. Não adianta ter um perfil lotado de seguidores que não interagem; assim como não é interessante ter poucas pessoas acompanhando o que você publica, compartilha ou divulga.

Para contribuir com sua estratégia, uma boa ideia é investir em anúncios pagos. Criar campanhas para atrair tráfego dessa natureza costuma ser um processo mais rápido, mas é preciso pensar bem no que fazer. Tem interesse? Então, olha só 4 dicas para você criar anúncios eficientes:

  • Tenha um objetivo claro: por que você quer atrair pessoas? Você quer compartilhar um conteúdo específico? Quer aumentar o número de seguidores? Quer ter mais curtidas? Uma boa ideia é usar conteúdos que já deram certo de forma orgânica para atrair mais pessoas de forma paga. Sabe aquela publicação que te rendeu muita interação? Pois use ela na sua campanha.
  • Reforce sua relação com quem já te segue: pensar em quem já te conhece e já interagiu com você é uma ótima pedida. Você pode oferecer algum material gratuito ou convidar para algum espaço em que você já troque com sua audiência — por exemplo, uma comunidade.
  • Diferencie os públicos: para gerar vendas, é preciso criar campanhas distintas para quem já te conhece e para quem ainda não. Lembre-se de usar as opções de públicos similares para atrair pessoas com comportamentos similares àquelas que já mantêm relação com você.

Faça o Desafio Primeira Venda: a criação de anúncios pode ser bem desafiadora. A boa notícia é que temos um curso rápido e 100% gratuito para que você consiga criar suas primeiras campanhas. Por lá, você vai aprender de partes técnicas, como usar o Gerenciador de Anúncios, a partes estratégicas, como fazer remarketing.

Como criar conteúdo para o Instagram?

O Instagram é uma rede social e é também uma plataforma de compartilhamento de conteúdos. Por isso, é fundamental disponibilizar informações que gerem engajamento com as pessoas que te seguem. A melhor forma de fazer isso é planejando suas ações em um feed organizado: crie editorias, explore formatos, defina sua lógica de produção.

Uma boa ferramenta para esse processo é o Canva. Nele, você consegue buscar templates, imagens, ícones, cores, paletas, elementos gráficos e tipografias para dar aquela incrementada na identidade visual das suas postagens. Assim, você padroniza o seu conteúdo para que seus seguidores batam o olho e já saibam que se trata de uma publicação sua.

Além disso, você pode usar o Canva para apostar no formato de carrossel — uma ótima ideia para compartilhar conteúdos que precisam de explicações um pouquinho mais longas. Mas como construir um carrossel eficiente? Siga a ordem:

  • 1ª imagem: aposte em um título atrativo e em uma imagem que chame bastante atenção;
  • 2ª imagem: faça um resumo do que está por vir;
  • Próximas imagens: exponha o conteúdo em si — usar o formato de listas é excelente para dar um ar de passo a passo;
  • Última imagem: uma chamada para a ação que convide seu seguidor a cumprir o objetivo com o seu post — clicar em um link, seguir o seu perfil, comprar um produto…

Depois disso, capriche na legenda das suas publicações. É preciso que o conteúdo compartilhado seja relevante para a persona, entregando valor e transformação a cada nova ação. Para o Instagram entender que seus posts estão cumprindo seu propósito, é essencial que as pessoas se enxerguem ali e que interajam da forma como quiserem. O segredo é gerar identificação.

Como criar uma estratégia de vendas no Instagram?

Você quer transformar o seu Instagram em uma máquina de vendas, certo? Isso quer dizer que você precisa publicar apenas conteúdos focados em vender? Muito pelo contrário! É necessário combinar os objetivos das suas publicações. Lembre-se da regrinha: 80% de conteúdos de valor e apenas 20% com foco em vendas.

Com isso em mente, é hora de organizar suas ideias: coloque no papel tudo o que você pretende abordar nas suas publicações, desde temas até cronogramas. E uma boa ferramenta para isso é o calendário editorial. Nele, você consegue estabelecer prazos, responsáveis, etapas e tudo o que você precisa acompanhar durante a produção do seu conteúdo — inclusive os formatos e a frequência de publicações.

Na definição dos formatos, é importante entender quais funcionalidades o Instagram oferece e quais são as mais adequadas para cada etapa do seu funil de vendas. São elas:

  • Feed: fotos e vídeos na timeline;
  • Stories: fotos e vídeos que ficam disponíveis por tempo limitado;
  • IGTV: vídeos de até 15 minutos;
  • Reels: conteúdos curtinhos que permitem edição no momento da gravação;
  • Lives: vídeos ao vivo que podem contar com pessoas convidadas;
  • Guias: organização de publicações, produtos e lugares em um único lugar.

Já, para definir a sua frequência de postagens, você deve criar uma rotina de acordo com as suas possibilidades. Se consegue publicar um conteúdo por dia, ótimo! Consegue um por semana? Tudo certo! A questão é se adaptar aos recursos que você tem disponíveis.

Mas não se esqueça que, quanto maior é a sua frequência, mais você cresce no Instagram — afinal, o objetivo da plataforma é manter as pessoas por lá. Então, monte a estratégia que mais se encaixa nas suas necessidades.

Ao montar o seu planejamento, não se esqueça de usar as ferramentas próprias do Instagram para que você possa programar as publicações, usando o Creator Studio, e entender o comportamento do seu público, acompanhando-o via Analytics.

Prontinho! Agora, você tem as principais informações para começar a vender mais no Instagram. Basta colocar em prática tudo o que você aprendeu por aqui. E, se quiser aprender de uma vez por todas como fazer suas primeiras vendas, o Desafio Primeira Venda está disponível gratuitamente.

Acelere suas vendas o quanto antes!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.