Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

9 dicas fundamentais para vender pelo WhatsApp [e o que não fazer neste aplicativo]

9 dicas fundamentais para vender pelo WhatsApp [e o que não fazer neste aplicativo]

Saiba como aumentar suas vendas com esse aplicativo.

Quando você tem um negócio próprio, é fundamental utilizar todas as formas possíveis para divulgar seu produto ou serviço e, assim, conseguir atingir um público maior e vender mais.

Aqui no blog, já falamos de diversas estratégias essenciais para aumentar o alcance de sua marca, como:

Porém, o que não tínhamos falado ainda é sobre como vender pelo WhatsApp, um aplicativo tão conhecido e utilizado por milhões de pessoas no mundo todo. Um bilhão de usuários diários ativos, para sermos mais exatos.

Como você já sabe, é muito importante estar onde seus clientes em potencial estão, afinal, você precisa divulgar seu negócio para quem possivelmente comprará de você.

Por isso, é necessário fazer uma pesquisa e entender os canais de comunicação mais utilizados por sua persona. Assim, você  poderá investir tempo e esforços suficientes em uma divulgação que poderá realmente trazer resultados.

Mas como já dissemos, o WhatsApp é um canal de comunicação muito usado.

Então, aproveite também essa estratégia e veja, a seguir, 9 dicas essenciais para vender pelo WhatsApp.

Índice
  1. Tenha um aparelho celular comercial
  2. Utilize o WhatsApp Web
  3. Solicite os contatos telefônicos
  4. Divulgue seu número de WhatsApp
  5. Cadastre os números de seus clientes
  6. Crie listas de transmissão
  7. Utilize gatilhos mentais
  8. Envie conteúdos interessantes
  9. Crie um cronograma de envio de mensagens

1. Tenha um aparelho celular comercial

Antes mesmo de criar estratégias de conteúdo ou divulgação, você precisa pensar na parte prática das vendas pelo WhatsApp.

O primeiro passo para começar a usar esse aplicativo em seu negócio é ter um aparelho celular e um número apenas para assuntos comerciais.

Parece óbvio, mas é muito importante que você separe o que é da empresa daquilo que é de sua vida pessoal, e isso não pode ser diferente para o uso do WhatsApp.

Imagine que você não tenha um número corporativo/comercial.

É bem provável que seus clientes façam ligações ou mandem mensagens em horários em que você não esteja trabalhando, o que pode afetar seu dia a dia fora de seu negócio.

Além disso, se você não tiver essa separação muito clara, pode ser que você cometa algum deslize e acabe enviando uma mensagem particular para algum cliente ou então uma mensagem comercial para um familiar ou amigo.

Uma grande vantagem de ter um aparelho celular com um número apenas comercial é que você pode designar a função de vender pelo WhatsApp para outras pessoas.

Caso o número que você use seja o seu particular, é bem provável que você não queira que funcionários tenham acesso a suas conversas nesse aplicativo.

2. Utilize o WhatsApp Web

Além do aparelho celular, é possível também utilizar o WhatsApp Web, que é uma extensão para acessar sua conta deste aplicativo pelo computador.

Para isso, basta que você tenha o aparelho celular conectado à internet e próximo ao computador que utilizará para escanear o QR Code que aparecerá assim que você acessar a página do WhatsApp Web.

Como vender no Whatsapp: exemplo de um QR code do whatsapp web

É sempre recomendável que você se conecte a uma rede wi-fi, para reduzir o uso de seu pacote de dados, além de ter mais estabilidade no aplicativo.

O interessante de usar essa versão do WhatsApp é que você ou a pessoa designada a efetuar vendas por esse aplicativo poderá enviar mensagens através de um computador.

Dessa forma, você consegue evitar alguns erros comuns de digitação, além de conseguir acessar com mais facilidade outros canais de seu negócio enquanto manda mensagens para seus clientes.

Sem contar que é possível que uma pessoa utilize o celular enquanto outra usa o computador.

3. Solicite os contatos telefônicos

De nada adianta ter uma estratégia para vender pelo WhatsApp se você não tiver contatos suficientes para manter essa divulgação rodando.

É por isso que você precisa criar maneiras de solicitar os contatos telefônicos das pessoas que já compraram com você ou que têm interesse em seu conteúdo.

Para isso, crie um campo em seus formulários de cadastramento para que a pessoa deixe o telefone. Isso pode ser feito em uma landing page, na assinatura da newsletter de seu blog ou em outro canal de comunicação que seu público utiliza (falaremos mais sobre isso no tópico a seguir).

Você pode, inclusive, criar um call to action em seu site com foco no atendimento pelo WhatsApp, assim, você consegue mais contatos telefônicos.

O mais importante nessa etapa é pedir a autorização para adicionar os usuários em seu WhatsApp e deixar bem claro nesses campos de solicitação de contatos que eles receberão mensagens. Isso porque você precisa ter como foco as pessoas, e nem sempre elas gostam de receber mensagens de desconhecidos.

Então, além de informar que você usará o aplicativo para enviar mensagens, deixe seu número também disponível em todos seus canais para que os usuários saibam que se trata de sua marca quando as mensagens chegarem.

4. Divulgue seu número de WhatsApp

Como dissemos no tópico anterior, é necessário que as pessoas identifiquem seu número no WhatsApp para que elas realmente leiam suas mensagens.

Por isso, você precisa divulgar essa sua nova estratégia de vendas em todos seus canais de comunicação com seu público.

Deixe seu contato em seu site, blog, redes sociais e, se você achar necessário, crie até mesmo uma campanha de e-mail marketing divulgando seu número. O importante é alcançar o máximo de pessoas possível.

Quando você divulga seu contato, deixa a decisão de adicionar seu número ou não nas mãos do usuário.

Mas para ele tomar essa decisão, é necessário já deixar claro antes o tipo de conteúdo que você irá oferecer através daquele canal de comunicação.

Com isso, você consegue ganhar a confiança das pessoas que adicionaram seu número porque estão realmente interessadas no conteúdo que você quer enviar, o que diminui a taxa de insatisfação e bloqueios.

O único problema dessa estratégia é que você não conseguirá saber quem te adicionou no WhatsApp se as pessoas não enviarem uma mensagem para seu contato.

Por isso, ao divulgar o número, lembre-se de solicitar que os usuários enviem uma mensagem com um texto confirmando o cadastro naquele canal de comunicação. Assim, você consegue interagir com esse novo contato e incluí-lo em alguma lista de transmissão (ainda falaremos sobre isso neste texto!).

É por isso que é tão importante ter um número corporativo. Imagine divulgar seu número particular assim? Não seria viável ter tantas pessoas com acesso a seu WhatsApp pessoal, não é mesmo?

5. Cadastre os números de seus clientes

Agora que você já agilizou toda a parte prática de suas vendas pelo WhatsApp, é o momento de começar a pensar nas estratégias para usar esse aplicativo.

O primeiro passo é salvar o número de telefone de seus clientes com seus respectivos nomes.

No princípio, isso tomará um tempo grande de seu dia, principalmente se você já tiver um público que tenha disponibilizado os contatos telefônicos.

Porém, com o tempo, você perceberá que esse cadastro será mais rápido, pois não precisará salvar todos os números de uma só vez.

É importante colocar o nome e o sobrenome de todas as pessoas para que o atendimento seja bem personalizado e, assim, você consiga criar uma boa experiência para seus usuários.

Caso você tenha mais de um produto ou serviço, uma boa dica é acrescentar no final do nome de seus clientes o produto pelo qual eles se interessam, para que você encaminhe mensagens sobre temas que eles realmente gostam.

6. Crie listas de transmissão

Lembra quando falamos para você indicar na frente do nome dos usuários o produto que eles têm interesse (caso você tenha mais de um produto)?

Isso será muito útil na hora de criar uma lista de transmissão para vender pelo WhatsApp.

As listas são ótimas porque elas te ajudam a poupar tempo, principalmente quando o conteúdo enviado for o mesmo para mais de uma pessoa.

Porém, um ponto negativo dessa estratégia é que se a pessoa não tiver seu contato salvo no celular, ela não receberá seu conteúdo. Por isso, é importante divulgar seu número antes, para que os usuários interessados já salvem seu contato.

A forma mais simples de criar listas é dividindo seus contatos entre pessoas que já compraram algum produto e pessoas que ainda não fizeram uma compra. Mas ainda assim é possível ir além para que seu conteúdo seja mais assertivo.

Como montar uma boa lista de transmissão?

Na hora de criar uma lista para envio de conteúdo, você precisa dividir as pessoas de acordo com o estágio do funil de vendas em que cada uma se encontra.

E por que fazer isso? Porque nem todas as pessoas estão preparadas para a compra.

Isso significa que, se você enviar ofertas o tempo inteiro para um público que ainda não está familiarizado com seu produto, ao invés de encantá-lo, vai fazer com que as pessoas rejeitem seu produto antes mesmo de conhecê-lo.

Por isso, pense nos 3 estágios de um funil de vendas:

1. Descoberta

Esta é a primeira etapa do funil.

É no momento de descoberta que você consegue encantar os clientes em potencial. Eles ainda não sabem que têm um problema, por isso, é seu dever ajudá-los a descobrir quais são suas necessidades particulares.

Acrescente nessa lista as pessoas que ainda não conhecem seu produto e que precisam receber conteúdos educativos.

2. Consideração

Depois de reconhecerem que têm um problema, os usuários passam para a fase da consideração.

Para essa lista, você já pode começar a mostrar para as pessoas não apenas quais são os problemas que elas têm, mas também as possíveis soluções para eles.

Nesta etapa, é possível dar aquele empurrãozinho para mostrar que você tem o produto certo para suprir as necessidades de seu cliente em potencial.

Mas tome cuidado para não exagerar e tentar vender antes do usuário estar 100% preparado para efetuar uma compra.

3. Decisão

Aqui ficarão os contatos que já entenderam que têm um problema e sabem que seu produto pode ajudá-los a resolver essa questão.

Acrescente na lista de decisão pessoas que possivelmente comprariam seu produto e para as quais você pode mandar ofertas exclusivas.

Clientes recorrentes, geralmente, entram nessa lista.

7. Utilize gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são estratégias de vendas que levam em consideração o uso das emoções para influenciar pessoas.

Ao utilizá-los em sua divulgação, é como se você conseguisse fazer com que seu público tomasse determinadas ações de maneira automatizada, ou seja, sem pensar muito no que está fazendo.

A decisão de compras é um dos momentos ideias para aplicar gatilhos como a escassez, a reciprocidade, a razão, a curiosidade, a urgência e por aí vai.

Basicamente, o que você precisa fazer é pensar em maneiras de enviar mensagens que estimulem o subconsciente das pessoas a optarem pelo produto que você está oferecendo.

Mas não confunda isso com a manipulação!

Quando falamos sobre gatilhos mentais, queremos dizer que você precisa estudar sua audiência e entregar aquilo que eles querem, mostrando que seu produto é uma solução para algum problema. É por isso que você deve enviar sempre conteúdos interessantes.

Um exemplo de bom uso dos gatilhos mentais é o Lançamento Meteórico, técnica de vendas pelo WhatsApp criada por Talles Quinderé.

Para esse método são usados 3 gatilhos mentais específicos:

  1. Antecipação: envie mensagens informando que você tem um produto novo para lançar para criar uma expectativa nas pessoas. Assim, elas conseguem se preparar pois saberão que algo novo está por vir;
  2. Pertencimento: informe que apenas um grupo pré-selecionado terá acesso a esse produto, ou seja, mostre que somente as pessoas que estão na lista de transmissão do WhatsApp conseguirão comprar o produto;
  3. Escassez: no dia do lançamento, limite o tempo disponível para a compra e, de preferência, dê um tempo curto para que as pessoas tomem a decisão o mais rápido possível.

8. Envie conteúdos interessantes

Se você já usa o WhatsApp no seu dia a dia, sabe que essa ferramenta é muito utilizada para transmitir informações que nem sempre são verdadeiras.

Isso faz com que algumas pessoas não abram mensagens de números desconhecidos ou até mesmo que não acreditem no que é ofertado por meio desse aplicativo.

É por isso que você precisa pensar muito bem antes de enviar qualquer conteúdo para seus clientes via WhatsApp e, principalmente, para quem ainda não fez nenhuma compra em seu negócio e que não conhece bem sua marca.

É claro que, se você seguiu as dicas anteriores, só terá registrado números de telefones de pessoas que estavam dispostas a te dar esse contato e que autorizaram o envio de mensagens. Isso já é meio caminho andado, porque mostra que o usuário teve interesse em seu conteúdo.

Então, agora é o momento de você cativá-lo:

  • Envie conteúdos educativos relacionados a seu produto e nicho;
  • Dê suporte ao cliente pelo aplicativo até mesmo com mensagens de voz;
  • Encaminhe vídeos com informações úteis para seu público;
  • Escreva mensagens de texto com informações sobre promoções para quem acessar sua página de vendas pelo link do WhatsApp.

Tente contribuir ao máximo com o aumento de conhecimento de seu público. É isso que te ajudará a cativá-lo.

Só tome cuidado para não ser uma daquelas pessoas que envia mensagens o dia inteiro. Isso acaba afastando os usuários do WhatsApp ao invés de engajá-los.

9. Crie um cronograma de envio de mensagens

Assim como qualquer estratégia de divulgação, vender pelo WhatsApp exige também um planejamento, principalmente se você tiver várias listas de transmissão.

Para não ficar confuso na hora de enviar as mensagens, crie um cronograma. Assim, você consegue se organizar e decidir com antecedência qual conteúdo encaminhará para cada lista e quando a mensagem será disparada.

Além disso, esse planejamento ainda te ajuda a não enviar a mesma mensagem mais de uma vez.

Sem contar que é com o cronograma que você consegue pensar nos tipos de conteúdo que devem ser enviados de acordo com cada estágio do funil de vendas no qual as pessoas se encontram.

Erros que você deve evitar ao vender pelo WhatsApp

Como vender pelo whatsapp: um gif do chewbacca (personagem de Star Wars) balançando a cabeça em sinal de negatividade

Como você viu até aqui, é possível vender pelo WhatsApp e cativar seus clientes com esse aplicativo.

Porém, há alguns erros comuns que devem ser evitados para que o resultado dessa estratégia não seja o contrário do que você espera.

1. Não tente vender o tempo todo

Nós demos uma dica sobre o envio de conteúdos interessantes. Isso deve ser sempre levado em consideração, afinal, ninguém gosta de ser constantemente bombardeado apenas com propostas comerciais.

Então, pense com cautela quando você for enviar alguma mensagem para seus contatos.

Mesmo que seu objetivo final seja vender pelo WhatsApp, seu público precisa saber que você quer ajudá-lo com soluções práticas para o dia a dia.

Por isso, não tente apenas fazer vendas o tempo inteiro. Importe-se em enviar mensagens com informações realmente interessantes.

2. Não envie mensagens em massa

Você já reparou como é chato receber uma mensagem com textos muito grandes e que parecem que foram copiadas e enviadas para todos os contatos do telefone, sem ter nem ao menos alguma relação com a pessoa que recebeu?

Mensagens em massa, sem nenhum tipo de personalização, não são interessantes para essa estratégia.

Não estamos falando aqui para você escrever uma mensagem completamente diferente da outra, porque sabemos que isso é difícil, principalmente se seu número de clientes for muito alto.

Mas você pode (e deve!) enviar somente conteúdos que interessem cada usuário.

Mais uma vez, se você tiver mais de um produto, precisa separar seus contatos de acordo com o interesse deles, para enviar conteúdos relacionadas ao que eles gostam.

Além disso, evite enviar várias mensagens no mesmo dia ou uma atrás da outra. Isso pode acabar irritando sua audiência e fazer com que as pessoas até mesmo bloqueiem seu número.

3. Não ignore feedbacks

Você precisa ficar sempre atento aos feedbacks das pessoas com quem se comunica pelo WhatsApp.

Veja se elas têm algo a reclamar ou acrescentar e lembre-se de sempre tirar as dúvidas que aparecerem.

Esse aplicativo é um canal direto de você com seu público. Por isso, se você abriu esse tipo de interação, precisa responder com frequência e estar disposto a usá-lo não apenas para fazer vendas, mas também para conversar com sua audiência.

Além disso, fique atento a pessoas que solicitarem que você não mande mais mensagens para tirá-las de possíveis listas de transmissão.

Não é interessante insistir no WhatsApp com quem já mostrou desinteresse por esse canal de comunicação.

4. Não crie grupos

Criar um grupo com vários números de pessoas que provavelmente nem se conhecem é muito perigoso e ultrapassa o limite de confidencialidade.

Se uma pessoa informou o número do telefone para você é porque ela quer receber suas mensagens. Mas isso não quer dizer que ela queira que outras pessoas que também compram seus produtos ou serviços tenham acesso aos dados dela.

Quando você coloca pessoas desconhecidas em um mesmo grupo, todos têm acesso aos números de telefones que estão no grupo.

Isso pode fazer com que seus clientes sintam-se expostos por você e eles podem até mesmo ter receios de passar informações como o número do cartão em seu site ou página de vendas.

Afinal, se você expôs o contato telefônico, quem garante que não informará também o número do cartão?

5. Não aja de forma inoportuna

O WhatsApp comercial deve ser utilizado apenas para fins relacionados a seus produtos, serviços ou marca.

Por isso, não seja uma daquelas pessoas que envia correntes e mensagens pessoais para seus contatos.

Mais uma vez: conteúdo é tudo e é ele que cativa seus clientes. Por isso, lembre-se de ser sempre respeitoso e envie apenas informações relacionadas a seu negócio.

E então? Você já está preparado para vender pelo WhatsApp?

Saiba também que, além dessa forma de aumentar suas vendas, há várias outras maneiras de divulgar seu negócio. Para saber mais sobre esse assunto, não perca nosso post com outras estratégias de marketing para atrair clientes.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.