Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Vídeos tutoriais: como e por que fazer?

Vídeos tutoriais: como e por que fazer?

Entenda por que esse formato de conteúdo pode alavancar seu tráfego. E confira dicas de como produzir!

O que você digita quando vê aquela caixinha na página de buscas do Google?

Segundo essa gigante da tecnologia, as chances de sua frase começar com “o que é” ou “como fazer” são muito grandes!

Afinal, as pessoas consultam a internet hoje em dia para tirar suas dúvidas a respeito de uma infinidade de assuntos. Isso significa que existe uma enorme oportunidade de vendas para quem produz vídeos tutoriais.

Quer entender qual é a relação entre vídeos tutoriais e vendas?

Então, continue a leitura!

Vamos explicar qual é a importância desse tipo de conteúdo na estratégia de marketing e dar algumas dicas de como produzi-los. Acompanhe!

A importância dos vídeos tutoriais na estratégia de marketing

Pense na seguinte situação: até algum tempo atrás, quando as pessoas queriam aprender a fazer qualquer coisa — bolo de chocolate, trocar a resistência do chuveiro, declaração do imposto de renda — era um sufoco!

Em alguns casos, era necessário comprar livros ou fazer cursos. Em outros, era preciso encontrar algum amigo que entendesse do assunto para ensinar ou para a receita.

Com a internet, tudo isso mudou. O Google se tornou uma espécie de enciclopédia universal, onde as pessoas encontram respostas para tudo.

Embora, em alguns casos, seja necessário pagar para obter a informação, o que é justo, ainda assim é a web que hospeda todas essas soluções.

Por isso, os usuários da internet aprenderam a perguntar ao buscador tudo que precisam, inclusive o “como fazer”.

É nesse momento que os vídeos tutoriais se destacam. Afinal, se existe ali um passo a passo que a pessoa pode visualizar, a possibilidade de realmente aprender e conseguir fazer se torna muito maior.

Os vídeos também têm grandes chances de aparecerem na primeira página dos resultados, desde que eles sejam otimizados para SEO.

Além disso, esse é o formato de conteúdo do presente e do futuro. Então, por que não aproveitá-los?

Antes de continuarmos, é importante destacar um ponto que algumas pessoas confundem: o tutorial é diferente de um vídeo explicativo. Mesmo que esse último dê um direcionamento às pessoas e mostre mais ou menos como se faz alguma coisa, o tutorial é bem mais específico.

O tutorial é realmente um passo a passo, uma espécie de receita em vídeo. Ao assisti-lo, seu espectador precisa saber como fazer o que você se propôs a explicar mesmo que ele não entenda nada do assunto. É como ensinar o be-a-bá de uma tarefa ou atividade.

As vantagens dos tutoriais em vídeo

Disponibilizar tutoriais para o seu público tem uma série de vantagens. Em primeiro lugar, eles atraem muito tráfego! Para você ter uma ideia, um terço do tempo que as pessoas passam na rede é assistindo vídeos.

O consumo desse tipo de conteúdo nos dispositivos móveis tem dobrado anualmente. Portanto, é mais fácil atingir seu público.

Mais uma estatística interessante: o usuário não só consome os vídeos, mas como os compartilha. Nas redes sociais, os vídeos geram 1200% mais compartilhamentos que imagens e texto combinados. Essa é uma proporção incrível!

Além desses aspectos, os números comprovam que os vídeos:

  • aumentam vendas: 81% das pessoas são convencidas a comprarem um produto ou serviço depois de assistirem um vídeo sobre eles;
  • melhoram o posicionamento orgânico: como já dissemos, vídeos relevantes sobre um tema aparecem em destaque na primeira página dos resultados;
  • aumentam a taxa de ativação entre 40 e 80%: enviar um tutorial sobre os primeiros passos para utilizar um produto (especialmente digital) incentiva o consumidor a realmente iniciar o uso, o que promove sua satisfação e evita devoluções;
  • proporcionam uma solução escalável: um mesmo vídeo tutorial pode ajudar centenas, milhares ou milhões de pessoas, desafogando sua central de atendimento;
  • apresenta funções intermediárias ou específicas: muitas pessoas compram uma mercadoria e usam apenas as funcionalidades básicas — assim, elas nem conseguem perceber plenamente as vantagens do produto em relação aos concorrentes — o vídeo tutorial soluciona esse problema, pois mostra tanto para quem já comprou como para quem planeja comprar os benefícios daquele bem.

As técnicas para fazer bons vídeos tutoriais

Agora você já entendeu como o vídeo tutorial pode contribuir para atrair tráfego, convencer o consumidor a comprar seu produto, ajudá-lo a utilizar todas as funcionalidades e mantê-lo satisfeito.

Então, chegou o momento de aprender como produzir conteúdo de qualidade usando esse formato. Confira as dicas!

1. Defina o objetivo do vídeo

Antes de começar, responda à pergunta: o que a pessoa deve aprender a fazer nesse vídeo?

Planeje todas as suas ações com esse objetivo em mente. Coloque todos os elementos que o cenário precisa ter, os materiais necessários para executar a tarefa e assim por diante.

2. Planeje cada passo

Se você vai fazer um tutorial, é porque sabe como fazer alguma coisa. Porém, antes de começar seu vídeo, apague isso da sua mente.

Pense como quem não sabe realmente nada sobre o assunto, como se estivesse começando agora. Só então planeje o seu roteiro.

Comece explicando o que o espectador precisa fazer como preparação (se for o caso), os materiais que precisa ter ou separar, plugins que precisa baixar, e assim por diante. A seguir, mostre cada passo de forma bastante didática, como se você fosse realizar aquela atividade junto com a pessoa.

3. Confira dicas de produção e edição

Cada lugar exige técnicas diferentes de gravação. Então, informe-se sobre iluminação e posição das câmeras tanto no ambiente externo quanto no interno.

Estude para apresentar um material o mais profissional possível. Isso proporciona uma experiência agradável para as pessoas e evita que um bom conteúdo perca a credibilidade por aparentar amadorismo.

4. Ensaie antes de fazer o vídeo

Você não precisa acertar de primeira. Nem os profissionais que já estão no mercado há muito tempo fazem isso. Então, ensaie antes de fazer o vídeo.

É interessante gravar suas apresentações mesmo nessa etapa, para comparar os efeitos e resultados de cada tentativa.

Tente estabelecer uma conexão com seu público, usando a linguagem e características compatíveis com o estilo que eles gostam.

5. Saiba muito mais que o básico

Embora você tenha um roteiro básico, é muito importante ter mais conhecimento sobre o tema.

Seus espectadores podem perguntar outras informações, e eles vão esperar uma resposta convincente e bem embasada.

6. Seja criativo

Se você tem recursos para incrementar o formato, use a criatividade!

Aproveite técnicas como o screencast, animação e motion graphics para tornar seu tutorial ainda mais interessante.

Também não se esqueça de elaborar uma boa abertura de vídeo, pois ela pode se tornar a sua marca registrada.

7. Busque os melhores recursos

Você pode começar seus vídeos tutoriais com equipamentos muito simples e melhorar o seu arsenal de produção aos poucos.

Porém, mesmo no início, busque as melhores opções ao seu alcance. Informe-se sobre os melhores aplicativos para gravar, editar vídeo ou acrescentar efeitos nas suas produções audiovisuais. Há muitos deles por aí!

Os vídeos tutoriais no marketing digital

Os vídeos tutoriais são uma excelente alternativa para quem quer atrair tráfego, tirar as dúvidas dos consumidores de forma clara, convencê-los a comprar e, principalmente, ensiná-los a fazer o melhor uso possível do produto.

Então, comece a planejar os seus roteiros agora mesmo e incremente sua estratégia de marketing digital!

E já que o assunto é vídeo tutorial e falamos sobre os recursos para produzir o vídeo, veja nosso tutorial que ensina a editar vídeos no Shotcut (editor gratuito).

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.