Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar A Hotmart está concorrendo ao <b>Prêmio Época ReclameAQUI</b> na categoria Serviços Online!

A Hotmart está concorrendo ao Prêmio Época ReclameAQUI na categoria Serviços Online!

Clique aqui e vote na gente!

Como o web analytics contribui com o meu negócio? Entenda tudo sobre análise de dados digitais

Como o web analytics contribui com o meu negócio? Entenda tudo sobre análise de dados digitais

Entenda a importância e como começar a medir e analisar as métricas de suas campanhas no marketing digital.

Qualquer pessoa que queria investir um empreendimento na internet tem que saber levar em conta uma série de dados para melhor orientar seu negócio.

Resumidamente, essa é a definição de web analytics. Essa estrutura de análise ajuda o usuário a tomar decisões a partir da experiência do público de sua ferramenta online.

É cada vez mais relevante saber analisar as métricas de produtividade fornecida de seu site ou redes sociais.

Elas permitem saber como seu público-alvo se comporta e, por isso, determinar como sua campanha de marketing vai agir para atrair esse público ao seu conteúdo na internet.

Podemos dizer, em outras palavras, que a web analytics te ajuda a deixar sua campanha mais objetiva e sem margens para tiros no escuro, com resultados muito mais seguros a partir de dados que ajudam a entender o comportamento do usuário.

Você pode ainda melhorar produtos e serviços, adaptando ao gosto e necessidade do seu consumidor.

Como fazer um web analytics de qualidade?

Conseguir esses dados para que se possa analisar e criar uma boa campanha não é difícil. Grande parte das ferramentas online (site, blogs, redes sociais) já possuem em suas plataformas, maneiras de obter dados de navegação do usuário, como o Google Analytics e o Youtube Analytics.

Redes sociais como Facebook e Instagram também possuem suas próprias plataformas de dados, o que ajuda muito produtor digital voltado a métricas de mídias sociais.

Outros bons exemplos de plataformas que ajudam a coletar dados e oferecem suporte para uma boa análise são a Hotmart Analytics e o Google Search Console.

São nessas plataformas de dados que buscamos analisar como o usuário se comporta: o que ele acessou, qual foi o tempo que ele permaneceu no site, qual o horário de maior acesso de sua rede social…

Enfim, são inúmeros os dados que te permitem focar numa ação e alcançar novos usuários.

O grande desafio na web analytics não é necessariamente extrair dados de navegação de um usuários, mas sim, como analisar essas informações para uma campanha verdadeiramente forte na internet.

É preciso ter em mente, desde a concepção de uma campanha, o objetivo dela. Pode ser:

  • quem você quer atingir,
  • para que ela deve existir;
  • o que você espera dela.

Como esse processo é uma tanto quanto mais complexo, vamos detalhar algumas dicas que poderão te ajudar a construir uma estratégia forte de marketing digital. Vamos nessa?

Defina quais são as métricas mais relevantes para seu negócio

Repetimos ao longo do texto que a web analytics leva em conta uma série de dados nas mais diversas plataformas existentes na internet. Por isso, é preciso filtrar todos esses dados.

Ainda há pouco, dissemos que é preciso estabelecer um objetivo claro para sua campanha e citamos algumas perguntas que podem ser importante para estabelecer quais são os dados realmente importantes para sua estratégia.

Primeiramente, aqui precisa definir coisas importantes como: quem é a sua persona. É assim que você define a abrangência da região. E também os objetivos da campanha é para atrair seu público ao site ou para efetivamente adquirir seu produto…

Inclusive, os objetivos da sua campanha precisam estar bem definidos. Existem algumas possibilidades:

  • Quer aumentar seu tráfego em quantos porcentos?
  • Quer ter mais quantas curtidas/seguidores em suas redes sociais?
  • Qual o percentual de crescimento que você quer ter em suas vendas?

Todas essas perguntas devem estar bem claras para que você possa determinar o quê tirar dos dados que serão analisados.

Além de métricas, você deve estar atendo a outro dado super importante para uma boa análise, o KPI.

O KPI (Key Performance Indicator) lhe fornece as variáveis que medem o desempenho para se alcançar as metas que se deseja numa campanha. Por isso, saiba como definir seu KPI e como utilizá-lo para melhorar sua estratégia.

Extraia os dados e separe o que realmente importa

Agora que você já sabe o que quer em sua campanha digital, já dá pra saber quais os dados realmente são relevantes para ela.

É neste momento que você deve obter esses dados e filtrar o que vai ser importante para sua estratégia. É nessa hora que você deve definir qual a plataforma usar para extrair esses dados.

Obviamente, ela deverá ser aquela que atende as mídias envolvidas na campanha. Mas priorize aquela que te dará os resultados mais práticos.

Mesmo que você prevaleça uma ou outra mídia, não deixe de integrar os dados de todas para que você possa usufruir de mais informações possíveis.

É nessa hora que você pode, por exemplo, achar uma bela oportunidade de conversões, sobretudo se quiser atrair um público fiel de uma mídia para outra.

Lembrando sempre que nem todos os dados que você captar serão necessários para interpretar como seu público-alvo se comporta. Por isso, dispense-os.

Crie relatórios para que você possa visualizar a sua evolução

Criar relatórios é extremamente importante para você acompanhar sua campanha e ver se os resultados estão mesmo sendo alcançados.

São neles que você consegue vislumbrar pontos fortes e fracos da estratégia e ainda poder melhorar ou potencializar as ações.

Seu relatório deve ser elaborado em um software de planilhas. E a apresentação geralmente é utilizada em um documento como PowerPoint ou Prezzi…

Seja qual for, ele precisa ser eficiente. Por isso, algumas dicas são importantes:

Tenha informações organizadas

Seu documento precisa de um objetivo e uma condução clara e direta dessa apresentação.

Aliado a isso, vem a padronização das informações fornecidas, com layout bem determinado e que proporcione o entendimento daquilo que você apresenta.

Faça um panorama

Ao apresentar as ações, é importante que você disponibilize os resultados delas. Faça isso cronologicamente: o que foi alcançado até agora?

Meça isso por períodos (semestre, trimestre, mensal) para que, quem for ter acesso a esse relatório, possa acompanhar a efetividade da campanha ao longo do tempo.

Compare números de outros períodos:

Uma campanha bem sucedida, deve mostrar o que mudou desde sua aplicação. Se você tiver dados de ações passadas, compare esses números e veja o que mudou.

Numa apresentação, deixe claro a eficiência da campanha.

Seja intuitivo

Se você vai apresentar ou não seu relatório a outras pessoas, deve fazer isso de maneira intuitiva: crie gráficos simples que eles são sempre bem-vindos com relação a isso.

Além disso, são eles que mostram de maneira mais ilustrativa todos os dados da análise. Vai facilitar sua vida e de quem mais tiver acesso ao relatório.

Defina quais serão as estratégias a longo prazo

Estabelecido objetivos, quais os dados que serão usados em sua campanha e tendo todo o processo estruturado em relatórios, você já consegue ter diagnósticos de como sua ação anda.

É a hora de verificar o que está dando certo, o que precisa de melhorias e o que deve ser abandonado.

Nunca comece um projeto achando que ele não passará por reformulações. Aliás, é fundamental saber que hora essa mudança deve acontecer.

E para isso, é preciso muita análise e conhecimento total de suas ações e seus resultados.

Nessa hora, é o momento de mensurar e analisar o ROI. É ele quem determina se o retorno de seu investimento está bom ou não.

Por isso, verifique sempre se suas ações estão de dando respostas lucrativas, se é preciso melhorá-las ou simplesmente parar com elas.

Com uma base de dados bem determinado e construído, você não terá dificuldades de ter esses diagnósticos. Não tenha medo de explorar um potencial em suas ações e muito menos de abandonar uma que não deu certo.

Medir, medir, medir

Ainda que as coisas vão bem, não deixe de sempre de mensurar os dados que sua campanha gera. Compare sempre com períodos anteriores e veja o que gerou as mudanças dos números.

Determine um prazo para que você cheque as informações de seu plano de marketing e torne isso uma rotina.

Refaça todo o processo de uma ação, avalie seus métodos e resultados embasado nos relatórios que você tem à disposição.

Não se deixe enganar por números positivos e, se possível, potencialize o que dá certo. Só não fique estagnado sempre no mesmo processo.

Com um conhecimento bem solidificado das diversas possibilidades que a web analytics te permite, você consegue criar campanhas para um e-comerce que seja rentável, efetivo e objetivo, sem espaços para erros.

Ações com melhores estruturas de análises de dados são grandes facilitadoras e agregam muito ao seu negócio.

E não faltam possibilidades de entender como seu público-alvo se comporta na internet, por isso, não perca tempo para obter essas informações e compreender seu potencial consumidor.

A web analytics te permite criar um negócio sempre adaptado às mudanças que o mundo virtual te proporciona. Ela sempre vai te permitir antever possibilidades e fará seu empreendimento mais assertivo.

E por que não fazer que seu negócio seja mais previsível?

Já que neste post você aprendeu um pouco de análise de web analytics, saiba tudo sobre como fazer uma campanha objetiva e com resultados previsíveis na internet.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.