Fechar

Aprenda passo a passo como anunciar no YouTube Ads

Confira como anunciar na maior plataforma de vídeos no mundo!

YouTube Ads: imagem um megafone sobre um player de reprodução de vídeos do YouTube

Já pensou em divulgar seus produtos e serviços na maior plataforma de vídeos online? Anunciando no YouTube Ads você consegue!

É uma plataforma que, definitivamente, não pode ser ignorada por quem investe em mídia paga. Afinal, estamos falando do segundo site mais visitado no Brasil, na frente do Facebook inclusive.

Além disso, como você já deve ter notado, vídeos estão dominando a internet. E os fatos não mentem: anúncios em vídeo aumentam e muito suas chances de conversão.

Para quem deseja investir em YouTube Ads, uma boa notícia: De acordo com o Think With Google, 95% dos anúncios no YouTube são visualizados até o fim, enquanto nas outras plataformas, essa média fica em 66%.

Quer conhecer mais sobre o YouTube Ads e como anunciar na plataforma? Então continue lendo este conteúdo!

Post index MenuÍndice
O que é YouTube Ads? Vale a pena anunciar no YouTube Ads? Os principais formatos de anúncios Qual formato escolher Passo a passo para fazer seu anúncio
Voltar ao Índice

O que é o YouTube Ads?

O Youtube Ads é uma ferramenta de mídia paga do Google, que funciona dentro do Youtube. São os criativos promocionais, exibidos antes ou durante os conteúdos que assistimos na plataforma.

Nesse espaço, é possível divulgar produtos e serviços, geralmente por meio de vídeos, para alcançar mais pessoas, com o auxílio da ferramenta de distribuição do Youtube Ads.

Vale a pena anunciar no YouTube Ads?

Como mostramos acima, os dados não mentem. Os vídeos são a grande tendência na era digital e o YouTube é a melhor plataforma nesse segmento. O site já conta com mais de 1,5 bilhão de usuários ativos todos os meses e apresenta uma taxa de crescimento anual de 50%.

Segundo dados do próprio YouTube, cada usuário gasta, em média, 15,4 horas por semana assistindo vídeos, 90% a mais do que 3 anos atrás. São 400 horas de conteúdo novo postadas a cada minuto. Somente no Brasil, 80% dos internautas acessam o site diariamente.

De olho nesses números, diversas empresas descobriram que anunciar no YouTube Ads é uma excelente estratégia de divulgação. E são muitas as vantagens dos anúncios nesta plataforma:

  • As campanhas podem ser segmentadas por região, faixa etária, interesses e muitas outras opções. Assim, é muito mais fácil focar no público que mais interessa à sua estratégia de vídeo marketing.
  • A plataforma emprega os melhores algoritmos do mundo. A gigante dos vídeos investe pesado no que há de melhor em inteligência artificial. Ao anunciar na plataforma você terá a seu favor os excelentes algoritmos da Google.
  • O pagamento só acontece após o usuário realizar a ação determinada na sua campanha A cobrança pode ser feita por CPV (Custo por Visualização) ou por CPC (Custo por Clique). Você também escolhe o valor máximo a ser pago por ação e o orçamento total da campanha. Isso representa controle total sobre os seus anúncios.
  • Anunciar no YouTube Ads resulta em aumento no número de seguidores. Pessoas que têm acesso à sua marca através de anúncios podem curtir, compartilhar e se inscrever no seu canal. Investir em propagandas dentro do próprio YouTube é uma ótima maneira de divulgar o canal da sua empresa.

262

Formatos de anúncios no YouTube Ads

Agora que você já conhece as vantagens de anunciar no YouTube, é hora de conhecer a fundo como funcionam as campanhas na plataforma.

Basicamente, existem cinco formatos de anúncios no YouTube. Vamos conhecer mais sobre cada uma delas:

1. Bumper Ads

Sabe aqueles anúncios curtos, que aparecem no começo dos vídeos e que não podem ser ignorados? São os chamados bumpers e são voltados para aumentar o alcance a identificação da marca.

Têm seis segundos de duração ou menos, e devem apresentar uma mensagem simples e direta. Sua cobrança é realizada com base a cada 1 mil visualizações.

É uma opção mais recente, implementada pela plataforma em Agosto de 2016. Mas já vem se tornando um dos formatos mais queridos das grandes empresas e profissionais de marketing.

E os números não mentem. Dados da Google mostram que os Bumper Ads proporcionam um aumento de 48% na lembrança do anúncio. Além disso, palavras-chave destacadas nos vídeos apresentam 123% a mais de interesse em pesquisas.

2. Anúncios TrueView

Os anúncios TrueView, por sua vez, não cobram por impressões incompletas ou aleatórias. O pagamento só é efetivado quando o internauta assiste a todo o conteúdo ou realiza um dos seus comandos.

Ele se divide em dois tipos, video discovery e In-Stream. Vamos conhecer cada um dos dois:

In-Stream puláveis e não puláveis

Os anúncios In-Stream puláveis são aqueles exibidos antes, durante e depois dos vídeos. Aqui o usuário tem a opção de pular a exibição após 5 segundos de visualização. A cobrança acontece quando o espectador assiste a 30 segundos do seu vídeo ou interage com ele, o que acontecer primeiro.

Já o In-Stream não pulável tem a duração de 15 segundos ou menos e também é exibido antes, durante ou depois de outros vídeos. Nesta opção, o espectador não tem a opção de pular e você paga com base nas impressões, ou seja, sempre que o anúncio é exibido.

3. Video Discovery

Já os anúncios vídeo discovery são utilizados em locais de descoberta, como acima da lista de vídeos relacionados do YouTube.

É basicamente uma imagem em miniatura do seu vídeo, acompanhada de um texto convidando o usuário a assisti-lo. Anúncios assim também podem aparecer entre os resultados de pesquisa e na página inicial do YouTube para celulares.

O conteúdo também só é cobrado quando os usuários clicam no seu anúncio e assistem ao vídeo.

4. Anúncios de masthead

Esse tipo de anúncio permite que o seu produto ou serviço seja anunciado, por meio de um formato de anúncio nativo, que será exibido no feed da página inicial do YouTube em todos os dispositivos.

Segundo artigo de suporte da Google, esse modelo de anúncio é indicado para negócios com o objetivo de:

  • Ter um grande alcance ou reconhecimento de marca;
  • Planejar as compras com antecedência e não depender do leilão;
  • Mostrar a marca em um lugar de destaque dentro do Youtube.

Os anúncios do tipo masthead podem não ser compatíveis ou ter pouca compatibilidade com vídeos em 360º, campanhas de instalação de apps e vídeos de estreias no Youtube.

5. Video action

Esse é um modelo de anúncio criado em junho de 2020. Sua criação foi muito influenciada pela situação de isolamento social e o impacto da pandemia no mercado.

Como muitas empresas tiveram que migrar ou aumentar a sua atuação no ambiente digital, esse anúncio foi uma alternativa de divulgação mais direta, para as marcas divulgarem seus produtos e serviços no Youtube.

O recurso permite acesso a um catálogo de produtos, podendo visualizar imagens e preços e, ainda, clicar em um call to action, o “shop now”. Clicando nesse botão, o usuário é direcionado a uma página específica de compra.

Qual formato de anúncio escolher?

Com tantas opções disponíveis, bate aquela dúvida: qual formato de anúncio é o mais indicado? Não existe uma resposta pronta. A escolha vai depender dos objetivos de público e conversão da sua marca.

Para ajudar você na hora de fazer o seu anúncio, separamos alguns pontos importantes:

  • Anúncios que podem ser pulados, como os In-Stream, possuem maior engajamento. Isso acontece porque o usuário está escolhendo assistir ao seu conteúdo. Mas a conversão com esse tipo de propaganda pode ser um pouco difícil. É preciso prender a atenção do espectador logo nos primeiros cinco segundos. Ao escolher essa opção, apresente as ideias mais importantes primeiro, e vá revelando o restante ao longo do vídeo.
  • Anúncios video discovery são ótimos para construir confiança em seu público. Como esse tipo de anúncio envolve uma ação por parte do usuário, é ideal para vídeos que abordam assuntos ou problemas vivenciados pelo espectador.
  • Anúncios de busca também permitem que sua empresa se conecte com usuários em diferentes etapas da jornada de compra. Identifique os clientes e as palavras-chaves utilizadas e que indicam interesse em saber mais sobre os seus produtos. Aproveite essa oportunidade para apresentar a sua marca e as soluções que ela oferece no momento certo.

Cada um dos formatos de anúncio pode ser utilizado em sua campanha. Avalie bem os objetivos de vídeo marketing do seu negócio e escolha a melhor forma de se conectar com a sua audiência.

>> Conheça a aba de Comunidade do YouTube e aprenda a se aproximar ainda mais da sua audiência.

Passo a passo para anunciar no YouTube Ads

Agora que você já sabe o grande alcance que essa ferramenta traz e as diferentes possibilidades de anúncios que podem ser criados, chegou a hora de aprender, na prática, como anunciar no youtube.

Siga as instruções abaixo:

1. Crie um canal para a sua empresa

Antes de mais nada, você precisa ter um canal para o seu negócio. O Youtube é um dos recursos do Google, portanto, é necessário ter uma conta no Google para ter um canal no Youtube. 

Neste caso, se você ainda não a tem, é importante criar uma conta separada do seu login pessoal, para a sua empresa e ela será, automaticamente, vinculada ao seu canal do Youtube.

2. Crie uma conta Google Ads e vincule-a ao seu canal

Para criar anúncios, também é necessário criar uma conta no Google Ads. Logo, o próximo passo é criar essa conta e vinculá-la ao canal do Youtube da sua empresa. 

3. Adicione uma nova campanha no Google Ads

Depois de criar a sua conta no Google, seu canal no Youtube e uma conta no Google Ads, acesse a página inicial do Google Ads e clique no botão azul “+” e, então, clique em “Nova campanha” para adicionar uma nova campanha.

4. Escolha o objetivo do seu anúncio e onde ele será exibido

Após isso, aparecerá opções de objetivos do seu anúncio. Aqui, você vai escolher dentre as opções, quais são as suas metas, por exemplo: vender, captar leads, aumentar o tráfego no site, aumentar o alcance e reconhecimento de marca etc.

5. Defina o tipo de anúncio

Com o objetivo definido, é preciso selecionar o tipo de campanha que será feita. Nesta fase, você pode escolher o tipo “Vídeo” ou “Display”. Ao clicar em vídeo, você escolhe qual é o tipo de anúncio melhor para te atender.

6. Configure a sua campanha 

Essa etapa é muito importante, pois você vai fazer as configurações de como e onde o seu anúncio será veiculado. Logo no início, é recomendável que você crie um título para nomear aquela campanha, para que você a identifique posteriormente.

Você precisa, também, definir qual é a estratégia de lances da sua campanha, porque existem diferentes maneiras que o Google distribui e cobra sobre o seu anúncio. Com isso, é importante escolher o que fará mais sentido, pensando no seu objetivo.

O suporte do Google traz algumas dicas para o anunciante, que podem ajudar a tomar essa decisão. Abaixo estão as orientações, segundo a plataforma:

  • Se você quer que os clientes realizem uma ação direta no seu site e está usando o acompanhamento de conversões, o ideal é se concentrar nas conversões. O Lances inteligentes permite fazer isso.
  • Caso você queira gerar tráfego no site, o foco em cliques pode ser ideal. Os lances de custo por clique (CPC) podem ser a melhor opção para sua campanha.
  • Para aumentar o reconhecimento da marca, o foco em impressões é uma boa estratégia. Você pode usar os lances de custo por mil impressões visíveis (vCPM) para mostrar sua mensagem aos clientes.
  • Se você exibe anúncios em vídeo e quer aumentar o número de visualizações ou interações com eles, use os lances de custo por visualização (CPV) ou por mil impressões (CPM).
  • Se você exibe anúncios em vídeo e sua meta é aumentar a consideração do produto ou da marca, use o lance de custo por visualização (CPV).

7. Defina as configurações do grupo de anúncios

Outra fase fundamental nesse processo é o grupo de anúncios. Porque, neste tópico, você vai escolher o público o qual vai ser impactado pelo seu anúncio. 

Então, você vai determinar algumas características demográficas, como: idade, sexo, região, faixa de renda etc. Também, terá opção de escolher quais são os interesses desse público. Logo, é importante que você conheça bem a sua persona

Além de tudo isso, você também poderá escolher em quais canais o seu anúncio vai ser exibido. 

8. Faça upload do arquivo do anúncio

Por fim, faça o upload do arquivo que será exibido no anúncio. Caso ele já esteja no seu canal do Youtube, basta copiar a URL do vídeo na barra de busca. 

Não se esqueça de incluir também, os links de CTA do seu anúncio, que vão levar o navegante para onde você deseja que ele seja direcionado.   

9. Acompanhe os resultados

Depois que a sua campanha já está no ar, é necessário estar sempre acompanhando o seu desempenho. Para isso, o próprio Google Ads apresenta métricas em tempo real da sua campanha.

Outra maneira de mensurar os resultados de suas campanhas é o Youtube Analytics, que também apresenta dados detalhados sobre o seu canal no Youtube como: tempo de visualização de vídeos, informações demográficas, origem de tráfego etc.

Comece a anunciar no YouTube

Como vimos, o Youtube é um espaço publicitário com grande potencial para promover a sua marca e aumentar as suas vendas. Nele, você encontra diversas possibilidades para criar anúncios segmentados, para uma audiência que tem interesse em seu tipo de conteúdo.

Uma vantagem especial do Youtube Ads são as métricas em tempo real. Porque, quando você sabe como está o desempenho da sua ação, é possível mudar algum direcionamento, repensar alguns pontos e melhorar o seu posicionamento. 

Mas, a melhor forma de ter sucesso em suas campanhas é estar sempre pesquisando sobre o funcionamento das ferramentas. Porque, com o passar do tempo, a plataforma vai se atualizando e criando novas possibilidades de anunciar no Youtube.

Também, é cada vez mais necessário que os seus vídeos sejam feitos de maneira efetiva para atrair o público certo. 

Por isso, segue um convite importante para você: se inscreva no Aprenda Comigo Produção de Vídeos, lá você vai descobrir como criar vídeos ainda melhores e mais atrativos para o seu negócio.

É de graça! Então toque no botão abaixo e se inscreva!

262

Este post foi originalmente escrito em junho de 2020 e atualizado para conter informações mais completas e precisas.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.