Brasileiros aprenderiam mais fácil as línguas derivadas do latim?

Será que quem fala português tem facilidade para aprender outras línguas derivadas do latim? Descubra a resposta neste conteúdo!

Imagem de uma pessoa aprendendo uma das línguas derivadas do latim desde o computador.

Algumas das línguas derivadas do latim fazem parte do grupo de idiomas mais falados no mundo. Mas este não é o único motivo que leva os brasileiros a se interessarem por aprendê-las, sabia?

Como o português também é derivado do latim, tem muitas semelhanças com essas línguas, o que torna o processo de aprendizado um pouco mais fácil.

Mas será que elas são realmente assim tão parecidas? Saiba mais neste conteúdo e veja por que vale a pena aprender esses idiomas!

O que é latim? Um pouco de história

O latim surgiu em Lácio, na região central da Itália e, com o tempo, foi se espalhando e se transformando em dialetos diferentes devido às especificidades de cada povo e região.  

Antigamente, a língua latina era dividida em duas categorias: Latim Clássico e Latim Vulgar. A modalidade clássica era usada pelas classes mais altas, que seguiam todas as normas gramaticais.

Já o Latim Vulgar era a língua popular, comum entre as classes menos favorecidas, muitas vezes compostas de pessoas analfabetas. Esta modalidade do latim tinha muitas variações em relação à norma culta por ser mais simples e por incorporar alguns elementos estrangeiros.

As línguas derivadas do latim são as mais fáceis de aprender para os brasileiros?

O processo de aprendizado de um novo idioma depende de vários fatores, mas línguas que têm a mesma origem costumam ter muitos pontos em comum, o que facilita bastante o processo.

Estas semelhanças contribuem para a assimilação e o reconhecimento de estruturas e frases. Você já deve ter reparado que, muitas vezes, conseguimos até mesmo reconhecer algumas palavras faladas por nativos de outros países devido à afinidade com o nosso idioma.

Por isso, podemos dizer que, sim, quem fala português geralmente têm mais facilidade para falar outras línguas derivadas do latim! 

Contudo, é sempre importante considerar que cada língua tem as suas particularidades, e muitas palavras escritas da mesma forma podem ter sentidos totalmente diferentes. Mas isso só torna o processo de aprendizado ainda mais interessante, concorda?

Quais são as línguas derivadas do Latim mais fáceis de aprender?

5. Inglês

Vamos começar pelo inglês que, apesar de não ser uma língua latina, mas sim germânica, sofreu muita influência do latim e tem muitos termos provenientes do idioma.

A introdução do vocabulário latino no inglês contribuiu para que, hoje, o aprendizado da língua seja um pouco mais fácil para quem já tem o costume de se comunicar em português.

Pode até ser que ela não seja uma língua de tão fácil assimilação pelos brasileiros, principalmente se comparada aos idiomas realmente originados do latim. No entanto, esta forte influência latina somada à inserção do inglês e da cultura americana na nossa rotina faz com que muitas pessoas tenham uma certa facilidade para aprender o idioma.

4. Romeno

A língua romena é falada predominantemente na Romênia e na Moldávia, o que pode tornar estranha a ideia de que brasileiros têm facilidade para aprendê-la, não é?

Contudo, por ser uma das línguas derivadas do latim, o romeno tem vários pontos em comum com o português, por isto não poderia faltar nesta lista!

3. Francês

É comum pensarmos que o francês é um idioma muito difícil de aprender, mas repare que o maior desafio está na fonética, e não no vocabulário ou na gramática.

Devido às diferenças de pronúncia em relação ao português, brasileiros podem sentir mais dificuldade para assimilar os sons das palavras, principalmente no início do aprendizado.

No entanto, após conhecer as regras gerais e dominar os principais sons da língua, prepare-se para encontrar muitas semelhanças com o nosso idioma!

2. Italiano

O italiano é outra língua românica com muitas semelhanças gramaticais e também de vocabulário. Além disso, é comum que os brasileiros encontrem poucos desafios para aprender e reproduzir os fonemas italianos, já que são bastante similares aos nossos.

Mas não se esqueça de pesquisar o significado das palavras antes de sair se aventurando no italiano por aí, hein? Apesar das afinidades, algumas palavras têm significados completamente diferentes! 

A palavra “burro”, por exemplo, significa “manteiga” em italiano. E birra, que no Brasil é algo que pode incomodar bastante, na língua francesa significa “cerveja”.

1. Espanhol

Não é à toa que pessoas de países que não falam português, nem espanhol muitas vezes pensam que estas línguas são uma única coisa! Os dois idiomas têm muitas similaridades.

Na hora de aprender essa língua tão parecida com a nossa, uma das maiores dificuldades também são os falsos cognatos, ou seja, as palavras escritas da mesma maneira, mas com significados diferentes. 

O uso de pontuações como exclamação e interrogação, e as regras de uso dos artigos “lo” e “el” também podem gerar algumas dúvidas. Além disso, a proximidade entre as línguas costuma gerar confusões e transformar a fala em um verdadeiro “portunhol”. 

Isso não necessariamente é algo ruim, pois muitas vezes dá para se comunicar fazendo esta junção dos dois idiomas devido às suas semelhanças. 

Contudo, principalmente se o seu objetivo é se comunicar de forma fluente ou aprender espanhol para fins profissionais, é essencial saber diferenciar os dois idiomas e respeitar as particularidades de cada um deles.

Quais são as vantagens de aprender uma língua derivada do Latim?

Uma das principais vantagens é exatamente a similaridade entre os idiomas, mas essa não é a única.

Alguns dos idiomas derivados do Latim, como o espanhol e o francês, são falados em vários países, o que é excelente para quem pretende aprender novas línguas para conseguir se comunicar em viagens, se preparar para estudar fora ou para participar de reuniões de trabalho com colegas estrangeiros.

Além disso, ao aprender essas línguas tão próximas do português, você também terá a chance de descobrir um pouco mais sobre a história e a cultura de outros países. 

Aproveite para se aprofundar nas particularidades de cada um dos idiomas, entender o que difere do português e aprender mais detalhes sobre o surgimento e a evolução das línguas.

Por que aprender novos idiomas?

Estudar novos idiomas não precisa ser uma atividade reservada apenas para quem tem um objetivo específico, sabia? 

Mesmo se, no momento, você não tiver a intenção ou necessidade de viajar ou trabalhar com pessoas de outros países, por exemplo, esse aprendizado pode ser muito proveitoso!

O processo de aprender e praticar um novo idioma é uma excelente forma de expandir horizontes, se aventurar em outras culturas e exercitar o cérebro.

Ao conhecer e praticar novas palavras, você também trabalha a memória e a concentração, além de ampliar as possibilidades de lazer! 

Já imaginou ler livros ou ver filmes e seriados em francês, espanhol, italiano ou até mesmo em romeno sem precisar de legenda ou dublagem? Isto é o que você pode conquistar ao aprender uma (ou mais) língua derivada do latim. 

Que tal aproveitar para começar agora mesmo? Encontre o curso de idiomas ideal para você na Hotmart e bons estudos!

Autor
Equipe Hotmart

Equipe Hotmart

A Hotmart é a plataforma completa para quem quer aprender novas habilidades e adquirir cursos digitais em poucos cliques. No universo da Hotmart, as possibilidades são infinitas.