Tipos de afiliados: qual a diferença entre afiliado autoridade e afiliado árbitro

Tipos de afiliados: qual a diferença entre afiliado autoridade e afiliado árbitro

São comuns os motivos que levam as pessoas a se tornarem afiliados e, consequentemente, um empreendedor digital: possibilidade de gerar renda extra, ter um negócio próprio, insatisfação com o emprego atual, desejo de viver de...

São comuns os motivos que levam as pessoas a se tornarem afiliados e, consequentemente, um empreendedor digital: possibilidade de gerar renda extra, ter um negócio próprio, insatisfação com o emprego atual, desejo de viver de suas paixões! Se você chegou até aqui, provavelmente está passando por uma dessas situações e ficamos felizes ao dizer: você chegou ao lugar certo!

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o universo dos afiliados, especificamente sobre os dois grupos que abrangem esses profissionais: o afiliado autoridade e o afiliado árbitro.

Essa é uma macro definição que diferencia a maneira como eles trabalham dentro de um programa de afiliados. Antes de conhecermos mais cada um, vamos entender exatamente qual a função de um afiliado e quais habilidades ele deve desenvolver para adentrar o mundo do empreendedorismo digital.

O que é um afiliado

Os afiliados surgiram há mais tempo do que podemos imaginar. Apesar de parecer um modelo de negócio atual, o primeiro programa de afiliados surgiu nos anos 90, logo depois da internet. A Amazon foi um dos primeiros e-commerces a notar o potencial de escalar suas vendas através de divulgadores da marca. Quando um site indicava um produto da Amazon, por exemplo, seu administrador ganhava uma comissão por venda realizada.

Ou seja, um afiliado é um promotor/divulgador de produtos de terceiros. Atualmente, é possível ser um promotor de produtos digitais ou físicos. Ainda é válido lembrar que, no caso de produtos físicos, a logística fica completamente a cargo do fornecedor.

Para entender mais sobre programas de afiliados, acesse nosso post sobre o assunto.

Quais habilidades um afiliado deve ter

Assim como um produtor digital ou dono de e-commerce, o afiliado também é um empreendedor. Isso porque ele deve gerir seu próprio negócio, desenvolver habilidades de vendas e produtividade.

Mesmo que você decida trabalhar apenas em suas horas extras, o que já é um grande passo, deverá ser comprometido com o seu negócio. Veja quais características um afiliado deve ter para alcançar resultados satisfatórios:

Assiduidade: tornar-se um afiliado significa não ter um chefe para lhe dizer o que fazer. Dessa forma, você deve programar uma frequência de trabalho que o mantenha focado.

Perseverança: um dos grandes problemas de se empreender é pensar que os resultados surgirão repentinamente ou com pouco esforço. De forma alguma essa é a realidade dos empreendedores. E, por isso, é importante ter muita dedicação e persistência para continuar trabalhando mesmo quando não houver resultados aparentes.

Resiliência: mesmo estudando e aplicando todas as técnicas em seu negócio, é possível que você encontre dificuldades pelo caminho. Nesse momento, o ideal éparar, analisar a situação, os números conquistados até agora e entender o que pode estar dando errado. Talvez seja a hora de mudar de estratégia. Pequenas modificações em suas táticas podem encaminhar seu negócio para uma nova e melhor direção.

Humildade: essa característica é fundamental para quem está começando ou já tem longa experiência com o universo empreendedor. O ser humano é intelectualmente incapaz de saber ou ser bom em tudo que existe. Por esse motivo, seja humilde para pedir ajuda quando preciso e para ouvir quando alguém fizer sugestões a você.

Ser sedento por aprendizado: definitivamente, o estudo deve ser seu aliado em uma jornada empreendedora. E, cá entre nós, em qualquer jornada profissional que pretenda seguir. Desenvolva o hábito da leitura e perceba como suas decisões serão cada vez mais perspicazes e embasadas.

Colocar em prática: não seja uma pessoa apenas teórica, pois só a prática e, muitas vezes, o erro, movimentarão seu negócio.

Poderíamos citar diversas outras habilidades para alcançar um mindset empreendedor, mas, a princípio, preocupe-se com as que foram citadas e, naturalmente, você descobrirá por conta própria outras qualidades que deverá desenvolver.

Tipos de afiliados

Existem diversas denominações, inclusive você poderá encontrar mais de 10 tipos de especialidades na internet. Mesmo com diversas características distintas, podemos dividir os tipos de afiliados em dois grandes grupos:

Afiliado autoridade

O afiliado autoridade foca seu trabalho em construção de audiência, seja através de blog ou redes sociais. É comum (e aconselhável) que se trabalhe as duas estratégias em conjunto. Com um bom volume de tráfego em seus canais, ele terá a oportunidade de criar relacionamento com sua audiência, construir uma base sólida de leads (oportunidades de negócio) e nutrí-los para encaminhá-los ao momento da conversão – venda.

Características fundamentais de um afiliado autoridade:

  • Criar conteúdo valioso e de qualidade para sua audiência (veja aqui como criar um blog);
  • Ter forte presença online nos canais mais estratégicos para seu nicho;
  • Ser especialista em determinado nicho;
  • Desenvolver ótimas habilidades de nutrição de leads através de email marketing;
  • Ser carismático e ter credibilidade com seu público;
  • Desenvolver boas estratégias de SEO;
  • Manter uma boa frequência na entrega de conteúdos.

Vantagens:

O afiliado autoridade é reconhecido por seus seguidores e, por isso, passa muita credibilidade ao recomendar um produto. A taxa de conversão é maior em relação ao afiliado árbitro, pois o ativo que promove sua autoridade é seu conteúdo valioso.

Quanto maior sua base de contatos interessados em ouvir o que você têm a dizer, maior a chance de realizar vendas.

Estratégias de SEO bem desenvolvidas podem lhe render oportunidades por um longo tempo, pois permitem que você seja encontrado mais facilmente nas ferramentas de pesquisas, atraindo mais visitas organicamente.

Pouco ou nenhum dinheiro é necessário para começar a gerar conteúdo sobre determinado mercado.

Desvantagens:

É um trabalho longo e contínuo, que depende de disciplina e muito estudo para gerar resultados.

As primeiras vendas podem demorar um tempo considerável para acontecerem.

Afiliado árbitro

O afiliado árbitro é completamente focado em estratégias para conversões imediatas. Isso quer dizer que ele investe dinheiro em anúncios e campanhas pagas que direcionem todo seu target para a compra de um produto. Ele não precisa ser reconhecido ou ser especialista em um nicho.

Características fundamentais de um afiliado árbitro:

  • Conhecer ferramentas de gerenciamento de campanhas;
  • Ser um bom copywriter;
  • Saber analisar muito bem seus números;
  • Medir o retorno sobre investimento (ROI);
  • Saber segmentar sua audiência;
  • Estar sempre antenado ao mercado e atualizações das diversas ferramentas.

Vantagens:

O afiliado árbitro obtém resultados mais rápidos e, como mencionamos, não precisa investir em apenas um nicho. Por isso, pode escolher diversos produtos que acredite serem promissores.

Quanto mais dinheiro investir, maior será seu alcance e mais vendas poderá realizar.

Poder utilizar diversos canais para anunciar.

Desvantagens:

Obterá resultados enquanto houver campanhas de divulgação rodando. A partir do momento que ele para de investir, suas vendas também cessam automaticamente.

Deverá investir uma quantia inicial para, então, conseguir um retorno.

Ter conhecimento prévio das estratégias e ferramentas de gerenciamento de campanhas.

Quero começar do zero, qual tipo de afiliado devo ser?

Para adentrar o universo de afiliados, é preciso definir estratégias e metas. Com base nisso, será mais simples escolher qual o melhor tipo de afiliado você será.

Se não existe a possibilidade de investir dinheiro algum em anúncios, a melhor estratégia é começar a construir uma audiência, para, a longo prazo, começar a divulgar os produtos aos quais é afiliado.

Se precisa de resultados mais imediatos, estude a fundo as plataformas e estratégias para colocar no ar suas primeiras campanhas. Não arrisque-se sem antes pesquisar muito! O Facebook, Google Adwords, Youtube são ótimos canais para divulgar produtos. Experimente pesquisar sobre Native Ads, uma estratégia que vem gerando muita conversão, principalmente àqueles que conhecem as técnicas de copywriting.

Ainda há a possibilidade de atrelar as duas estratégias e aumentar as chances de rendimentos. É claro que construir uma audiência e ainda ser um bom anunciante demandará mais dedicação, estudo e disciplina. Então é recomendável que se crie mais experiência antes de administrar as duas formas de afiliação.

A vantagem é que você poderá segmentar suas campanhas de acordo com sua audiência do blog ou redes sociais, medir quais ações estão gerando mais resultado e onde deve focar seus esforços.

 

Por fim, independentemente do método que decidir utilizar, a primeira recomendação é que comece estudando e já colocando em prática à medida que for aprendendo. Registre cada ação e meça os resultados!

Se nosso artigo foi útil para você, aprenda agora 5 passos para fazer sua primeira venda como afiliado.