Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar Hotmart Start

¡Hotmart ha llegado a México y queremos encontrarnos contigo en un momento increíble!

México ¡Me interesa!

Como segmentar suas campanhas de email marketing

Como segmentar suas campanhas de email marketing

Se você está inserido no marketing digital, precisa saber que segmentar campanhas de email marketing é uma estratégia valiosa para seu negócio. Convidamos a equipe da Rock Content para falar mais sobre o assunto, confira!

Por muito tempo, o email marketing era diretamente atrelado a ideia de envio de mensagens sem importância, que não eram lidas pelos destinatários, e na maioria das vezes iam diretamente para a lixeira ou caixa de spam.

Ao que tudo indica, os tempos mudaram, e hoje é considerado uma das ferramentas mais eficientes de marketing digital, inclusive para você que trabalha com venda cursos online.

Para se ter uma ideia, de acordo com a CampaignMonitor, um mensagem de email pode ser até 40 vezes mais efetiva para aquisição de novos clientes em relação as redes sociais, como o Facebook e Twitter. Confira outras 78 estatísticas sobre o email marketing essenciais para uma campanha.

Além disso, é uma ferramenta que tem o custo reduzido e permite alcançar usuários certos, de acordo com seu público-alvo. Sem contar com a possibilidade de mensurar os resultados, que podem ser analisados para que as próximas campanhas sejam alinhadas sempre com o que tem dado mais certo. 

Mas para ter resultados realmente positivos em uma campanha de email marketing, é preciso estar atento em alguns pontos, principalmente na segmentação. A seguir vamos explicar o que é segmentar campanhas de email marketing e te ajudar a como alcançar os melhores resultados, acompanhe!

Afinal, o que é segmentação de emails?

Sua empresa tem um público-alvo, que tem características semelhantes, mas você sabe as particularidades de cada Persona, dentro desse grupo? Basicamente, segmentar campanhas de email marketing é isso: entender a necessidade de cada cliente do seu negócio, como único.

É claro que não dá para enviar mensagens personalizadas para cada pessoa, mas é importante distinguir determinadas características para poder separar as preferências em Personas dentro do público-alvo. Dessa forma, os emails serão enviados com muito mais assertividade de acordo com o que o consumidor realmente deseja receber.

Como a segmentação pode me ajudar a alcançar melhores resultados?

Já falamos no tópico anterior, que a segmentação vai ajudar na assertividade no envio de emails, pois aumenta a chance de enviar a mensagem para a pessoa que realmente pode se interessar pelo que você manda.

Imagine uma loja virtual que venda roupas, tanto femininas quanto masculinas, e faz uma campanha enviando descontos para os vestidos de festa. Faz sentido enviar isso para homens? É fácil perceber que não!

Além de enviar para o público certo, a segmentação impede que você envie diversos emails para pessoas que não tem interesse naquele assunto e acabe colocando você para ir direto para a caixa de spam, e ai quando você realmente enviar um conteúdo que poderia ser útil para esse usuário, ele dificilmente verá sua mensagem.

Quando falamos de Marketing de Atração, precisamos nos certificar que os envios serão pertinentes ao público.

Como fazer a segmentação de emails de maneira correta?

Depois de entender sobre o que é a segmentação de emails e porque ela é tão importante, chegou a hora de aprender como fazê-la de maneira correta. Abaixo separamos algumas dicas que são fundamentais nesse processo.

Colete informações sobre seus clientes e visitantes

O primeiro passo é tentar coletar informações do seu cliente. Você pode começar a segmentar com os dados fornecidos com o próprio cadastro dos clientes que já realizaram alguma compra.

Nesse início você pode estar com uma base pequena de usuários para o envio de emails, mas não caia na tentação de comprar listas, elas não funcionam e podem até acabar com a reputação da sua empresa enviando emails sem autorização, e ainda gastar dinheiro para isso. Antes de começar os envios, é fundamental que a pessoa autorize o recebimento de emails. E isso serve também para a lista dos clientes que já compraram na sua loja.

Uma das melhores estratégias para conseguir informações dos seus clientes e visitantes é através de uma excelente estratégia de Marketing de Conteúdo. A produção de materiais ricos somado a um bom uso de formulários para a aquisição dos materiais pode gerar muitos contatos novos para a sua empresa.

Atente-se aos tipos segmentação

São várias maneiras de segmentar campanhas de email marketing. Você precisa definir de que formas serão feitas. Existem dois tipos de segmentação:

  • Segmentação por dados: aqui você separa as pessoas em grupos com base em informações como renda, região, sexo, idade, categoria de produtos comprados, quantidade de pedidos efetuados, etc. Quanto mais informações, melhor;
  • Segmentação por comportamento: nesse tipo de segmentação, o que vale é a interação das pessoas em relação aos emails enviados por você. Por exemplo: quem abre mais ou nunca abriu os emails, quem mais clica nos botões que direcionam o usuário para uma outra página, entre outros. Dessa forma, você pode fazer o reenvio de ofertas especiais para os usuários que por alguma razão não abriram o email.

Cuidado com as imagens

Não é proibido que você use imagens no email marketing, até porque elas podem ajudar a chamar a atenção do usuário. O que não pode é apenas enviar uma imagem como corpo de email, pois na maioria das vezes, os serviços de emails vão bloquear esse tipo de mensagem, sendo provável que ele vá direto para a caixa de spam. Há outros cuidados também que você deve tomar caso use alguma imagem no seu email marketing, como:

  • Coloque links nas imagens, pois se elas não forem exibidas, pelo menos serão clicáveis;
  • Nada de imagens pesadas que demorem para carregar. Atenção ao tamanho;
  • Produza o email marketing em formato HTML e faça o conteúdo com textos e imagens.

Envie emails pessoais

Quem não gosta de se sentir importante e exclusivo? Para quem deseja dar um tratamento mais pessoal para cada cliente, é imprescindível que faça envios que chame-os pelo nome. Mas é somente isso que fará seu cliente se sentir especial, é preciso oferecer vantagens e benefícios que pareça ser feito para ele. Você pode fazer isso no aniversário do cliente, por exemplo. Envie uma mensagem parabenizando-o e junto presenteie com um cupom de compras, brindes ou descontos.

Como muitas lojas já utilizam essa estratégia de aniversário, é possível que na data o cliente seja “bombardeado” com esse tipo de email, nesse caso, vale enviar um pouco antes da data.  

Capriche no assunto do email

O assunto do email é tão importante quanto o conteúdo que está contido no email, afinal é ele que vai atrair o leitor a abrir a mensagem.

  • Algumas palavras-chave são negativas e mais fáceis de irem para caixa de spam como “promoção”, “grátis” ou “trabalhe em casa”, portanto evite expressões desse tipo;
  • Veja o histórico dos seus envios e analise quais os tipos de títulos geraram os melhores resultados para cada grupo de clientes;
  • Evite títulos longos, o ideal é não extrapolar 70 caracteres. Lembre-se menos é mais;
  • Experimente o uso de emojis, dependendo do que você está falando, eles podem chamar muita atenção.

Faça diferentes tipos de emails

Você não precisa utilizar a ferramenta de email marketing para fazer envios de apenas um tipo de conteúdo. Mais um ponto positivo do email marketing, é a possibilidade de criar diversos tipos de modelos para cada momento da compra e tipo de usuário. O newsletter, por exemplo, pode ser utilizado para envio de novidades ou notícias úteis que tenha relação com sua empresa, já os emails promocionais podem anunciar ofertas ou mesmo oferecer cupons de desconto.

Mas seja cauteloso e não envie uma grande quantidade de emails, gerando assim uma grande probabilidade de virar spam, seja pelo sistema de email que poderá te bloquear, ou pior, o usuário achá-lo inconveniente e colocá-lo na lista de destinatários que não quer receber mais mensagens. O ideal é que sejam enviados quinzenalmente ou mensalmente.

Para que você tenha controle da quantidade é interessante fazer um calendário de envios, dessa forma esse processo fica mais organizado e eficiente.

Envie no momento certo

Há dezenas de pesquisas realizadas a fim de determinar os melhores horários para enviar email marketing, mas a verdade é que o momento certo depende muito do público segmentado.

Dependendo da rotina da pessoa, é provável que ela cheque seus emails pessoais pela manhã, no seu horário de almoço ou mesmo quando chega do trabalho e fins de semana. É necessário segmentar também de acordo com o tipo de produto que você vende. Se for em relação ao lado profissional do consumidor, é possível que sejam abertos em horário comercial. Mas caso seja roupas ou viagens, por exemplo, as chances desse tipo de mensagens serem abertas ou lidas no trabalho é bem menor.

Portanto, é preciso detectar os perfis de seus clientes para que você se assegure de que esta enviando a mensagem na hora certa, de maneira que fique visível e não se perca em meio a  tantos outros emails que são recebidos diariamente pelos usuários.

Mensure os resultados

A possibilidade de mensurar os resultados das ações de email marketing não é só uma vantagem dessa estratégia, como deve ser uma obrigação nesse processo. É fundamental observar e analisar os resultados para verificar eventuais problemas e formas de melhorar a segmentação e assertividade nas campanhas. Veja algumas taxas importantes que você não deve deixar de mensurar:

  • Taxa de abertura de emails;
  • Taxa de cliques;
  • Taxa de novos clientes;
  • Taxa de inativação da lista.

Lembre-se que o email marketing é uma ferramenta poderosa no Inbound Marketing para fidelizar seus clientes, conquistar novos e aumentar seu faturamento, mas as práticas de segmentação precisam estar presentes para que você consiga enviar mensagens relevantes para o usuário, sem que seja invasivo e tenha como destino a caixa de spam.

E lembre-se: você pode usar o ListBoss para integrar seu provedor de e-mail marketing com a Hotmart e automatizar a migração dos seus leads nas listas, aumentando em até 8 vezes as suas vendas.

Gostou do nosso post e quer ver outro artigo relacionado ao assunto? Que tal conhecer as 29 ferramentas mais importantes de email marketing?

Esse post foi produzido pela equipe da Rock Content.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.