Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

O que é marketing internacional e quando devo começar a aplicá-lo?

O que é marketing internacional e quando devo começar a aplicá-lo?

5 dicas para se planejar e traçar uma boa estratégia para seu negócio

Certamente, quando você cria um negócio, quer que ele cresça, se solidifique no mercado e, posteriormente, alcance voos mais altos.

Graças a internet, é possível que esse voo chegue a distâncias que jamais poderíamos imaginar se fosse há algumas décadas atrás.

Hoje, essas distâncias são percorridas em apenas um clique e qualquer empreendedor, por menos ambicioso que seja, deve ter em mente um plano de marketing internacional para poder levar sua marca além de sua terra natal.

Quando falamos de marketing globalizado, não queremos que você já pense em atacar no mercado europeu, por exemplo, da mesma maneira que você age nacionalmente.

O que queremos mostrar aqui é que, pensando estrategicamente, você deve estar preparado para agir em outros países. Afinal, nunca sabemos quando esse tipo de oportunidade pode surgir.

Então, porque não se preparar antes para ter tudo sob controle desde o início?

Entendendo o marketing internacional

Quando falamos sobre marketing internacional, estamos nos referindo a estratégias de planejamento de ações de marketing, pesquisa de mercado, produção, divulgação e promoção de seu produto ou serviço numa esfera internacional adequados a públicos e culturas diversas.

Parece complicado, mas vamos dar um exemplo para ficar mais claro:

O Uber, app estadunidense de transporte, percebeu uma oportunidade em outros países para fazer a diferença no que diz respeito à locomoção.

E como isso foi possível?

Apenas depois de muita pesquisa para perceber quais eram os outros países que tinham problemas semelhantes ao país de origem do aplicativo e que ainda não tinham uma solução para esse problema.

Mas não pense que o Uber não precisou se adequar às culturas dos países onde entrou.

No Brasil, por exemplo, foi necessário entender questões políticas, culturais, econômicas e até sociais para oferecer o serviço de transporte. E, depois de algumas adequações (que continuam sendo feitas), a empresa conseguiu se estabelecer no território.

Mas não pense que o marketing internacional só foi possível depois da internet.

A Coca-Cola, por exemplo, está há anos no mercado global e são poucos países que não possuem em sua economia a gigante marca de bebidas americana.

Porém, com a automação e aceleração que algumas ferramentas permitem, agora, é possível que você pense desde o começo de seu negócio em maneiras de globalização.

Qual é a hora exata para internacionalizar

Saiba que o momento de expansão da sua marca pode ser um grande desafio.

Há dois grandes erros que muito empreendedores acabam cometendo:

  1. Deixam escapar a oportunidade de atacar um determinado mercado;
  2. Internacionalizam antes de estarem realmente preparados.

Para evitar esses problemas e achar o momento exato de globalizar seu negócio é preciso ter algumas coisas em mente:

Pesquise se aquele mercado necessita de sua marca

  • Há campo para seu crescimento naquele país?
  • Quem são seus concorrentes?
  • Quais são as peculiaridades daquele público?

Você precisa entender que as populações dos países são totalmente diferentes umas das outras. Por isso, investigue a fundo o novo mercado antes de ir para lá.

Tenha certeza de que você já tem um público fiel em seu país

É preciso ter uma base consolidada em seu mercado para poder se investir fora.

Negócios que vão muito cedo para outros países se perdem no meio do caminho justamente por não ter um público fiel que o sustente na hora da expansão.

Avalie a lealdade desse público e o lucro que ele deu a você no último trimestre (ou um período maior) para entender se você tem mesmo o investimento financeiro necessário para expandir.

Mantenha sua equipe motivada e preparada para atuar em outro país

Isso significa que você deve deixar claro sua intenção de ir para outro lugar e ver quem deseja estar ao seu lado nessa nova jornada.

Seu time precisa estar ciente das novas responsabilidades, dos desafios e saber que será um novo começo para a empresa, num lugar totalmente diferente de onde ele está habituado.

Suas finanças devem estar organizadas

Se você ainda passa por um processo de reestruturação desse setor, é melhor manter a calma.

A economia mundial pode ter imprevistos que uma finança não estruturada pode não ser capaz de superar.

Uma boa estratégia que agrega todas essas dicas é o conceito de 4Ps do mix de marketing:

  1. Produto,
  2. Preço,
  3. Praça e
  4. Promoção.

Alinhe esses conceitos que você terá um bom panorama de como atingir um novo mercado.

Como começar seu marketing internacional

Se você chegou até aqui certo que está preparado para começar a investir fora, prepare-se para mais uma série de dicas que são fundamentais para começar a estruturar sua estratégia de marketing internacional:

1. Pesquise a cultura local

A gente está batendo nessa tecla? Sim. E é pra bater mesmo, porque essa é  parte mais importante de toda sua estratégia de marketing internacional.

Investigue sobre o povo local de seu novo mercado.

Não deixe de aprender sobre o idioma do lugar. Não apenas fale a língua nativa, mas mantenha sua presença na internet com aquele idioma.

Além disso, veja qual é o momento político do país, quais são os indicadores sociais e como o país se comporta na internet.

Tudo isso vai te ajudar na hora de agir nesse mercado novo.

2. Adapte sua marca ou seu produto

Conhecendo mais sobre a cultura local, você conseguirá perceber se sua marca pode agir de uma maneira diferente oferecendo novos produtos ou serviços que atendam uma nova demanda.

É preciso, portanto, adaptações.

Não tenha medo de se reinventar e saiba agir de acordo com o local onde está atuando.

3. Entenda as regras burocráticas do país

Palavrinha chata essa tal de burocracia, não é?

Mas ela é inevitável e você precisa entender o que deve fazer para que sua marca esteja de acordo com as leis de cada país em questão.

  • Quais documentos fiscais você precisa?
  • Quais são as taxas que deve pagar?

As regras para vender, empregar funcionários e distribuir seu produto variam em cada país. Nesse caso, ter um funcionário local pode ser uma solução eficaz.

4. Replique estratégias que funcionam

Como já dissemos, você precisa estar ciente de que seu negócio é bem consolidado em seu país.

Depois disso, verifique quais foram as estratégias que você usou e filtre aquelas que pode utilizar em outro lugar.

As estratégias replicáveis são aquelas que atendem uma demanda global de maneira igual. Por exemplo:

Mas não pense que tudo isso dará certo em qualquer país.

Como já dissemos, tudo depende da cultura local. Se você pesquisar o mercado e perceber que as pessoa não utilizam o e-mail constantemente, de nada adianta investir nessa estratégia, porque ela não trará nenhum retorno.

5. Segmente campanhas pagas

Falamos das redes sociais porque elas podem ser fundamentais para você estar presente naquele novo local.

Ou seja, antes de agir in loco, veja como o público reage bem em suas redes.

Mas não fique esperando apenas resultados orgânicos.

Invista em algumas campanhas segmentadas para aquele lugar. Avalie comprar tráfego em suas mídias, sem esquecer de outras dicas que já demos aqui (como a língua e a cultura do local!).

Aja com segurança e sem medo!

Com todas essas dicas, achamos que você pode conseguir ter sucesso nessa nova investida em sua carreira empreendedora.

Não deixe de arriscar quando você achar que consegue atender uma demanda que realmente necessita de seu produto ou de seus serviços.

Invista em uma estratégia de marketing forte que as chances de erros no exterior serão menores. Mas, como dissemos, tenha sempre certeza de que o momento é o ideal para você e que você está mesmo preparado para esse novo desafio.

Será um novo começo, mas que contará com sua experiência de negócio para superar cada desafio.

Isso vai te ajudar a estruturar cada passo dessa jornada, vai te auxiliar em pesquisas e a se manter mais perto daquele público que você quer atingir.

Veja cases de sucesso, aqueles que passaram por alguma dificuldade para se estabelecer em outros países e mesmo aqueles que deram errado. Assim, você poderá prever alguns possíveis obstáculos e terá tempo para pensar em como superá-los.

Você percebeu que o tempo todo falamos de um negócio que já tenha alguma experiência no mercado.

Se você se sentiu atraído em buscar novos desafios em outros países, mas ainda não tem seu próprio negócio e pensa que a internacionalização pode ser feita apenas por produtos físicos, saiba que há um mercado online inteiro para explorar.

Não sabe do que estamos falando?

Leia nosso post e aprenda tudo sobre empreendedorismo digital.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.