Fechar
Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Qual a importância da psicologia organizacional em sua empresa?

Qual a importância da psicologia organizacional em sua empresa?

Descubra como a psicologia organizacional pode ajudar seu negócio.

Em um mercado cada vez mais competitivo, encontrar maneiras de desenvolver estratégias práticas para negócios é um dos maiores desafios do empreendedor. E entre os melhores caminhos para isso está o uso da psicologia organizacional.

A cada dia que passa, cada vez mais empreendedores entendem que é fundamental conciliar a busca por lucro com as necessidades dos colaboradores por um ambiente de trabalho mais adequado e com relações mais sadias.

Nesse sentido, a psicologia organizacional ajuda a promover a qualidade vida dos profissionais e explorar oportunidades de negócios com mais facilidade. Quer saber mais sobre esse processo e como ele pode ajudar seu negócio? Então continue lendo este post.

O que é psicologia organizacional?

A psicologia organizacional é uma área da Psicologia que se ocupa do trabalho. Seu principal foco é alinhar os interesses da empresa e as necessidades dos colaboradores. Com isso, busca promover qualidade de vida e melhores condições para que os profissionais sejam mais produtivos e eficientes.

A lógica é bastante simples. Quando os funcionários se sentem bem no ambiente de trabalho, produzem mais e com mais qualidade.

Diversos fatores influenciam nisso, como o respeito aos horários de pausa e descanso, segurança no ambiente de trabalho, boas relações entre os funcionários e gestores, ética profissional, entre outros.

Todos esses elementos, quando devidamente respeitados, aumentam o bem-estar do trabalhador e criam as condições perfeitas para que ele tenha um rendimento maior.

E é aí que entra a psicologia organizacional, representada nas empresas pelo setor de RH. Seu papel é criar as condições necessárias para melhorar o ambiente organizacional e estimular a produtividade. Ela ainda atua como um mediador entre os interesses da organização e dos colaboradores.

Em quais áreas a psicologia organizacional atua?

O trabalho da psicologia organizacional vai muito além do que simplesmente resolver os conflitos internos da empresa. De fato, ele se volta para diversas áreas distintas.

Recrutamento e seleção

Quando pensamos no papel de um psicólogo dentro de um contexto organizacional, logo pensando no recrutamento e seleção de colaboradores.

Afinal, esse profissional tem os conhecimentos necessários para identificar as características e potenciais de um candidato e avaliar se ele se adequa às vagas disponíveis.

Durante os processos de recrutamento e seleção, o psicólogo coloca em prática todos os conhecimentos que adquiriu durante sua formação em Psicologia por meio de entrevistas, dinâmicas de grupo, provas e testes psicológicos.

Esses métodos permitem reunir informações suficientes para escolher o candidato que melhor se encaixa nas exigências do cargo e na cultura da organização.

Pesquisa de clima organizacional

Uma das ferramentas estratégicas mais importantes para melhorar a gestão de uma empresa é identificar o clima organizacional. Esse processo permite revelar pontos de dificuldade ou insatisfação da equipe, além do alinhamento entre a cultura definida pela empresa e as ações desenvolvidas diariamente.

Compreender como os funcionários se sentem diante das situações da empresa é fundamental para melhorar os pontos negativos e reforçar os positivos. E quanto maior a satisfação, motivação e o engajamento dos colaboradores, mais produtivo o ambiente de trabalho será.

Testes comportamentais

Outro campo em que a psicologia organizacional pode atuar é na aplicação de testes comportamentais.

Eles servem para identificar as principais competências e a personalidade de cada colaborador. Dessa maneira, é possível garantir a colocação dos profissionais em cargos mais alinhados com suas características.

Avaliação de desempenho

Para que os colaboradores e a empresa alcancem os resultados esperados, é muito importante identificar seus pontos fortes e aqueles que precisam de melhoria. E é justamente para isso que servem as avaliações de desempenho.

Realizada de maneira individualizada ou em equipes, a avaliação pode ser utilizada tanto para a seleção de novos profissionais como para a promoção interna.

Treinamentos e desenvolvimento de pessoal

Outra área de atuação da psicologia organizacional é o treinamento e o desenvolvimento de pessoal, algo que impacta diretamente no sucesso e no desempenho da companhia e a projeta no mercado.

Com o mercado cada vez mais competitivo, é fundamental que as organizações invistam na capacitação de seus funcionários por meio de cursos presenciais e online, palestras, reuniões, entre outras ferramentas.

Análise de cargos e tarefas

Definir os procedimentos, instrumentos, funções e requisitos de cada cargo ou tarefa desenvolvida dentro da empresa é outro campo de atuação da psicologia organizacional.

O psicólogo ainda cria instrumentos que facilitam o acompanhamento e análise dos resultados objetivos em cada função.

Por que a psicologia organizacional é importante para sua empresa?

São muitos os benefícios em investir na psicologia organizacional.

De cara, ela ajuda a resolver com mais eficiência os problemas e obstáculos do ambiente de trabalho. E essas soluções são construídas de maneira coletiva, com a ajuda dos próprios colaboradores.

Além disso, a psicologia organizacional também promove diversas medidas para aprimorar a qualidade de vida dos profissionais, como ergonomia, resolução de conflitos e melhoria nas condições de trabalho.

Outro fator importante é que a psicologia organizacional ajuda a mapear a cultura da organização e traçar estratégias para que ela seja reforçada. Isso contribui para a  manutenção de um ambiente saudável.

Todos esses fatores ajudam a reduzir a rotatividade da empresa (também chamado de turnover), aumentando a produtividade dos colaboradores e reduzindo os custos com novas admissões e afastamentos.

Como implementar a psicologia organizacional em sua empresa

Para fazer da psicologia organizacional um hábito dentro da organização, é preciso formar uma equipe com psicólogos organizacionais e profissionais de Recursos Humanos.

Outra opção é contratar uma consultoria externa e realizar os processos sugeridos por esse grupo. Mas é importante lembrar que a consultoria apenas sugere mudanças, cabendo à organização promover a continuidade dessas medidas.

E não importa se a empresa escolhe montar um time interno ou contar com uma consultoria externa. Alguns custos são inevitáveis na hora de colocar em prática as medidas orientadas pelos psicólogos organizacionais. Detalhes como mão de obra, pesquisas e testes precisam ser considerados.

Entretanto, a melhora na qualidade de vida no trabalho e o aumento de produtividade compensam o investimento inicial.

Como deu para perceber, a psicologia organizacional não é um luxo, mas um processo estratégico e que pode ajudar você a aprimorar os processos internos e o bem-estar da equipe.

Com tantas vantagens e benefícios para a organização e os colaboradores, está mais do que evidente que a psicologia organizacional é fundamental para que todo empreendedor alcance seus objetivos e metas.

E por falar nisso… Você sabe como estipular metas e definir objetivos viáveis para seu negócio? Então não deixe de ler nosso conteúdo e confira 10 dicas práticas para estabelecer metas realistas.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.