Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Garanta seu ingresso
Fechar 23 gatilhos mentais que vão aumentar suas vendas

23 gatilhos mentais que vão aumentar suas vendas

Entenda como influenciar sua audiência de maneira positiva.

Baixar ebook!

Separamos cinco livros sobre gatilhos mentais para você aprender mais

Separamos cinco livros sobre gatilhos mentais para você aprender mais

Inspire-se com essas dicas para aprender a usar melhor seu poder de persuasão.

Ah, o poder da persuasão! Com a incrível habilidade de influenciar pessoas, você pode chegar longe. Mas como fazer isso de forma natural e moderada?

Para você aprender essa estratégia valiosa, temos uma dica: estudar alguns livros sobre gatilhos mentais.

Você já ouviu falar nesse termo, não é? Pois bem, os chamados “gatilhos” são frases-chave que acionam uma reação no inconsciente de uma pessoa. Assim, podem levá-las a concretizar ações — como uma compra!

Mas, calma. Não estamos falando de nada tão dramático como uma hipnose ou uma manipulação. Trata-se apenas de um bom conhecimento do cérebro humano. Continue a leitura e veja como o estudo dos gatilhos mentais é interessante!

Afinal, o que são os famosos gatilhos mentais?

Para você entender ou se lembrar do que são os gatilhos mentais, vamos passear um pouco pela Psicologia, em que o termo “gatilho” é frequentemente abordado em casos de pacientes com estresse pós-traumático (TEPT).

Quando há o transtorno, um estímulo específico, como um cheiro ou um som, faz o paciente automaticamente ter um flashback da experiência traumática ou uma crise de ansiedade. Esse estímulo é, então, um gatilho psíquico ou mental.

Nesses casos, a reação do cérebro é negativa, mas o mesmo princípio pode ser usado para incentivar decisões. Por isso, existe uma infinidade de tipos de gatilhos mentais, como:

  • de pertencimento;
  • de reciprocidade;
  • de compromisso;
  • de urgência;
  • de escassez.

Com o estímulo certo, você consegue levar uma pessoa a ter uma emoção específica e, consequentemente, levá-la a uma ação automática e inconsciente.

De que forma os gatilhos mentais são úteis?

A estratégia dos gatilhos mentais é muito utilizada por profissionais de vendas e de marketing. O motivo não é nenhum mistério: nessas áreas, o objetivo é levar alguém a se interessar por um produto ou serviço. Mas não é só isso!

No seu dia a dia, o uso de elementos ou frases certeiras é de grande utilidade no exercício da autoridade e na oratória. Veja alguns dos principais resultados dos gatilhos mentais:

  • Vendas: na hora de divulgar um produto ou vender um serviço, um gatilho mental pode ser decisivo;
  • Autoridade: precisa afirmar sua autoridade no gerenciamento de uma equipe? Use o gatilho certo e terá mais chances de exercer influência;
  • Oratória: em uma exposição, os estímulos corretos podem fazer os ouvintes se entregarem ao seu discurso;
  • Persuasão: em uma discussão ou confronto de opiniões diferentes, os gatilhos ajudam a persuadir o ouvinte e possibilitam o convencimento.

Quais são os melhores livros sobre o assunto?

Pronto! Agora que você já se lembrou do que são os gatilhos mentais e viu como eles são úteis, que tal aprender a usá-los?

Foi pensando nisso que a gente fez uma seleção com excelentes livros sobre o assunto. Confira!

1. A Arte de Influenciar Pessoas

Capa do livro: A Arte de Influenciar Pessoas

O autor desse livro, Symon Hill, é um grande conhecedor das relações interpessoais e de liderança, com vários livros lançados e muito bem recebidos pela crítica.

Em A Arte de Influenciar Pessoas, ele mostra como gatilhos emocionais — que partem de uma participação compreensiva na comunicação — fazem toda a diferença no exercício da influência.

Na sinopse, o autor — que é brasileiro, apesar do nome — já mostra qual é o seu objetivo no conteúdo: ensinar como fazer as pessoas seguirem suas orientações “de graça”.

O que isso significa? Que você pode persuadir sem forçar a barra, de modo que os outros respondam espontaneamente a sua influência.

2. As Armas da Persuasão

Capa do livro: As Armas da Persuasão

Campeão de vendas, o livro de Robert Cialdini ensina como ser persuasivo sem se deixar influenciar. Ou seja, é um belo instrumento para que você aprenda a usar gatilhos mentais, mas também a reconhecê-los quando forem direcionados a você.

Em uma linguagem bastante clara e prática, o autor pretende mostrar seis princípios psicológicos que fazem a pessoa ser mais facilmente persuadida:

  • Reciprocidade;
  • Compromisso e coerência;
  • Aprovação social;
  • Afeição;
  • Autoridade;
  • Escassez.

3. QI de Persuasão

Capa do livro: QI de Persuasão

Esse livro é o fruto das pesquisas de Kurt W. Mortensen, uma das maiores autoridades sobre o assunto nos EUA. Após 17 anos de análises no Persuasion Institute, fundado pelo próprio autor, Kurt tentou medir o Quociente da Inteligência (QI) persuasiva.

O resultado se resume a 10 habilidades essenciais de alguém realmente influenciador, investigadas e descritas pelo autor.

No livro, Kurt mostra como você pode desenvolver ou evidenciar ainda mais esses traços, de forma a aumentar cada vez mais o QI persuasivo.

4. O Efeito Gatilho

Capa do livro: O Efeito Gatilho

Marshall Goldsmith é um dos mais conhecidos e bem-sucedidos coach de liderança. O profissional é autor de dezenas de materiais sobre o assunto, e um dos mais recentes pode ser o seu novo livro de cabeceira.

Em O Efeito Gatilho, Marshall fala sobre estímulos psicológicos e ambientais negativos.

Os gatilhos citados pelo autor são os responsáveis por frear o sucesso pessoal ou profissional de alguém.

No livro, aprendemos a identificá-los e a lidar com eles de modo a criar um verdadeiro plano de mudança inspirado nos casos de alguns dos executivos mais célebres do mundo.

5. Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Capa do livro: Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Mais voltado para o dia a dia, o livro de Dale Carnegie é praticamente uma Bíblia das técnicas de persuasão e de relacionamento interpessoal.

No sumário do livro, estão as seções:

  • Técnicas fundamentais em lidar com as pessoas;
  • Seis formas de fazer com que gostem de si;
  • Doze formas de atrair pessoas a sua forma de pensar;
  • Seja um líder: como mudar pessoas sem causar ofensa ou ressentimento.

A edição original é de 1936, mas o material continua sendo um best-seller e alcança números significativos de vendas. Até hoje, já foram mais de 50 milhões de exemplares vendidos.

Com tanto sucesso, vale a pena conhecer o conteúdo, não é?

E aí, já leu algum desses livros sobre gatilhos mentais?

Como você viu, a estratégia é muito inteligente e pode render ótimos resultados, então, vale a pena se aprofundar no assunto.

Com essas dicas de leituras, apostamos que você pode se tornar um expert da persuasão!

Gostou do post? Então, que tal compartilhar nas suas redes sociais para que seus amigos também aprendam sobre o assunto?

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.