Tipos de liderança: conheça os principais e as características de cada estilo

Você conhece os diversos tipos de liderança e como identificar cada um? Confira neste post tudo sobre lideranças!

blogAprenda_tipos-de-liderança

Há quem pense que todo líder é igual. Mas, se as pessoas são tão diferentes, nada mais natural do que também existirem vários tipos de liderança, não é?

Essas diferenças dependem da personalidade de quem está na posição, do estilo da empresa e também das características da equipe liderada. 

Veja quais são os principais tipos que existem para saber qual é o seu estilo, ou do seu líder, e identificar o que funciona melhor em cada negócio!

Quais são os tipos de liderança?

Liderança liberal

Líderes que assumem uma postura mais liberal costumam ter mais facilidade para delegar tarefas.

Uma equipe madura e que sabe o que precisa ser feito pode se beneficiar desse tipo de liderança, já que precisará de tantos direcionamentos e seus integrantes serão mais capazes de fazer uma autogestão.

Com o poder descentralizado, é comum haver menos burocracia para tomar decisões. O time fica com mais liberdade para opinar, agir e resolver problemas, sem a sensação de ser microgerenciado a todo tempo.

No entanto, um dos pontos de atenção nessa liderança é o feedback. 

É fundamental que líderes liberais não se esqueçam de dar feedback e orientações para a equipe sempre que necessário, pois assim as pessoas terão mais recursos para trabalhar de forma mais alinhada aos objetivos do negócio.

Liderança autocrática

A liderança autocrática é praticamente o contrário da liberal. Aqui, o líder assume o papel que geralmente associamos a um “chefe” e é responsável por todas as decisões.

Como o poder é centralizado, as outras pessoas da equipe não participam tanto (ou até mesmo nada) das decisões.

Em alguns casos, esse tipo de liderança é considerado vantajoso por possibilitar uma tomada de decisão mais rápida. Afinal, depende apenas de uma pessoa.

Mas a exclusão do restante do time nesse processo pode ser desmotivador, gerar insatisfação e impedir o surgimento de ideias inovadoras e benéficas para o negócio.

Esse tipo de liderança é mais comum em empresas mais tradicionais e que seguem modelos mais antigos de gestão. 

Atualmente os negócios têm reconhecido os benefícios de investir em lideranças que fortalecem e incentivam mais a sua equipe, até mesmo por exigência das novas gerações. 

É cada vez mais comum que os próprios colaboradores cobrem essa autonomia para se sentirem desafiados e desenvolverem seus potenciais no ambiente de trabalho.

Liderança democrática

Equipes com uma liderança democrática participam mais das decisões, além de terem mais espaço para compartilhar sugestões e ideias.

O líder se preocupa com a satisfação do time como um todo, por isso interage mais com as pessoas e cria um espaço acolhedor.

Nesse formato, a equipe acaba tendo mais responsabilidade, já que o líder confia nas pessoas e trabalha para garantir que estejam satisfeitas com o que fazem. E isso, muitas vezes, significa envolvê-las nos processos e decisões.

Esse tipo de liderança funciona bem em equipes com um bom entrosamento e maturidade.

Liderança motivadora

A liderança motivadora é aquela que dá mais atenção para as pessoas, focando bastante no lado emocional.

Líderes que assumem esse posicionamento são bons para estimular a equipe, mesmo em situações adversas. 

Sabe aquele(a) chefe que sempre tem uma frase inspiradora e consegue recarregar as energias em dias difíceis? É desse tipo de liderança que estamos falando!

Pessoas que ocupam esse papel precisam ter cuidado para não serem mais amigas do que líderes no ambiente de trabalho. É importante que não deixem de compartilhar também feedbacks, mesmo que sejam negativos, e orientações mais técnicas quando necessário.

Liderança coach

A liderança coach é baseada nas técnicas de coaching e um de seus principais objetivos é desenvolver o potencial da equipe.

O papel desses líderes é identificar e fortalecer competências e habilidades. Mas também é necessário mapear os pontos fracos das pessoas e orientá-las adequadamente para que se desenvolvam, melhoram o que precisa ser melhorado e sejam profissionais cada vez mais estratégicos para o negócio.

Líderes que usam esse modelo de liderança costumam compartilhar muito feedback com a equipe e trabalhar constantemente para garantir a aprimoração de seus liderados.

Liderança técnica

Um líder técnico é aquele que sabe muito sobre a sua área de atuação. As suas habilidades técnicas são excepcionais e muitas vezes essa pessoa é reconhecida por isso dentro da empresa.

Esse papel de especialista muitas vezes faz com que a equipe veja o líder como um exemplo e realmente se inspire nele para fazer o seu melhor no trabalho.

Por saber muito sobre o trabalho feito pelos colaboradores, lideranças técnicas conseguem orientá-los melhor nas ações do dia a dia e enxergar falhas nos processos.

O que esse tipo de líder não pode fazer é se esquecer de desenvolver também competências essenciais para a gestão de pessoas. 

O seu conhecimento técnico também não deve ser usado para enrijecer o trabalho ou impor regras, e sim para direcionar e agregar valor à equipe.

Liderança carismática

Líderes carismáticos costumam ser boas pessoas para conversar, o que pode contribuir bastante para o engajamento da equipe e um bom clima organizacional.

Pessoas que conseguem liderar com carisma influenciam o restante do time e costumam ser vistas como mais receptivas, abrindo espaço para uma participação mais ativa de seus liderados. 

Além disso, é difícil imaginar uma equipe desarmoniosa com um líder carismático, certo? Geralmente ele tem mais habilidade para gerenciar conflitos, o que é um excelente diferencial para pessoas em cargos de gestão!

Mas não confunda carisma apenas com alegria e bons momentos! 

Líderes carismáticos devem saber dosar seus comportamentos para transmitir seriedade nos momentos de crise e contribuir com eficácia para o desenvolvimento da equipe e os resultados dos negócios.

Liderança situacional

Lideranças situacionais são aquelas que se adaptam às diferentes situações e equipes.

Em um time, é comum ter profissionais muito variados, com personalidades distintas e níveis diferentes de maturidade e conhecimento técnico. 

Com alguns, pode ser necessário ter uma postura mais firme e dar mais orientações para que exerçam as suas atividades. Outras pessoas já trabalham melhor com lideranças que dão mais liberdade.

Esse modelo de liderança consegue adequar a sua conduta para garantir que todos recebam o acolhimento e o direcionamento que precisam para entregar o que é esperado no trabalho.

Cenários de mudanças também são menos difíceis para esses líderes, que conseguem pensar em respostas de forma rápida e adaptar o que for necessário para que cada situação tenha a melhor solução possível.

Startups e negócios que estão em constante transformação podem se beneficiar desse tipo de liderança.

Qual é o melhor tipo de liderança?

Todos os tipos de liderança têm vantagens e desvantagens, por isso não dá para dizer que um único modelo é o melhor para todas as pessoas, equipes e negócios.

Formatos mais rígidos e autocráticos de liderança não combinam muito com ambientes mais modernos, formados por equipes jovens e que prezam autonomia, liberdade e participação no trabalho, por exemplo. 

Enquanto isso, empresas tradicionais podem não se adaptar ao perfil de líderes muito liberais ou carismáticos.

O importante é sempre analisar o contexto e a cultura do negócio para definir qual é o tipo de liderança mais indicado. 

Após essa definição, será mais fácil entender os talentos que as pessoas devem desenvolver para entregar o resultado esperado.

E se o seu objetivo é se desenvolver cada vez mais na sua carreira, confira também as nossas dicas sobre o que fazer para alcançar o crescimento profissional!

Autor
Luiza Alexandre

Luiza Alexandre

Redatora apaixonada em aprender algo novo todos os dias.